1

Resumo do Livro Como Ter Um Dia Ideal, de Caroline Webb, em PDF

Você certamente já teve dias ruins. Todo mundo tem. A diferença é que algumas pessoas conseguem diminuir ou até mesmo superar o estresse e as dificuldades que nos levam a essa situação. Quer saber como? Isso é o que nos ensina a escritora Caroline Webb, em seu livro Como Ter Um Dia Ideal.

livro Como Ter Um Dia Ideal

Ela se apoia na Ciência Comportamental, Psicologia e Neurociência para entender melhor o funcionamento do nosso cérebro e o nosso processo de decisões. Afinal, garante, esse é um passo fundamental para aprendermos a lidar com os desafios do nosso cotidiano – os pequenos e os grandes também.

Em outras palavras, trata-se do caminho certo para você transformar um dia ruim em um dia bom. Então, você ficou interessado em saber mais sobre o assunto, ter dias melhores e maior produtividade? Fique com a gente!

Sobre a autora

Caroline Webb é a CEO da Sevenshift, uma empresa que ensina as pessoas como usar insights de ciência comportamental para melhorar a sua vida no trabalho. Ela é também consultora, economista e coach de liderança, com passagem por várias empresas, ajudando os funcionários a serem mais produtivos, enérgicos e bem-sucedidos. 

O livro Como Ter Um Dia Ideal

Essa é uma obra fascinante, com linguagem de fácil entendimento. Assim, ninguém precisa ser um especialista para entender os ensinamentos de Caroline Webb. Como Ter Um Dia Ideal foi classificado pela Forbes como um “livro de negócios de leitura obrigatória”. Segundo a Fortune, Trata-se de um dos principais livros de “auto-aperfeiçoamento por meio de dados”. Já a Inc incluiu a obra de Caroline Webb entre os melhores livros de desenvolvimento.

O livro recebeu outros reconhecimentos de peso. Por exemplo, foi elogiado pelos escritores Susan Cain como “extraordinário” e Cass Sunstein como “sábio e humano”. Já Tom Peters se referiu a ele como “magisterial” e Dan Pink como “inteligente, completo e eminentemente prático”.

Como Ter Um Dia Ideal foi publicado em 14 idiomas e em mais de 60 países. Então, deu pra perceber que trata-se de uma obra, realmente, imperdível, não é mesmo!

Os avanços científicos 

livro como ter um dia ideal

A autora de Como Ter Um Dia Ideal explica que alguns avanços na Ciência nos deram percepções importantes sobre como criar dias melhores. Alguns desses avanços são:

O nosso cérebro é baseado em dois sistemas opositores

O sistema deliberado é nosso pensamento consciente, lento e racional. Já o sistema automático é o subconsciente, rápido e instintivo. Por exemplo, o sistema deliberado calcula uma gorjeta de 15%, enquanto o sistema automático nos faz correr, antes que um carro nos atropele na rua.

Nossa mente e corpo estão interconectados 

Por exemplo, sabíamos que a felicidade nos leva a sorrir, mas não sabíamos que sorrir nos deixa mais felizes.

O eixo de descoberta-defesa

Estamos sempre nos movendo em um eixo, ancorados em uma ponta por uma perspectiva defensiva, esperando um ataque a qualquer momento. Ao mesmo tempo, na outra ponta, estamos ancorados por um estado de descoberta, procurando experiências recompensadoras.

7 conceitos importantes para que você tenha um dia bom

Além das descobertas científicas mencionada anteriormente, o livro Como Ter Um Dia Ideal garante que para ter um dia bom, você precisa estar atento aos seguintes conceitos:

  • Prioridades: definindo a direção intencional do seu dia.
  • Produtividade: utilizando suas horas do dia da melhor maneira.
  • Relacionamentos: mantendo interações produtivas e positivas.
  • Pensamento: fazendo boas escolhas, sendo criativo e esperto.
  • Influência: maximizando o impacto do que você fala ou faz.
  • Resiliência: superando obstáculos e aborrecimentos.
  • Energia: gerando entusiasmo e satisfação.

Objetivos, organização e planejamento

como ter um dia ideal pdf

É muito ruim chegar no final do dia com a sensação de ter desperdiçado longas horas com trabalhos improdutivos. Mas o livro Como Ter Um Dia Ideal ajuda você a minimizar esse sentimento. Veja as dicas da autora:

  1. Saiba claramente o que você quer alcançar ao final do dia. Depois, elimine todas as atividades que estiverem entre você e seus objetivos. Trata-se de hábitos de distração, como por exemplo, checar emails e mensagens a todo instante, visitar sites etc. Ou seja, foque em suas metas diárias.
  2. Organize os seus objetivos, utilizando linguagens positivas, também chamadas de metas de abordagens. Elas afirmam o resultado positivo que você quer conquistar, como por exemplo “tornar meu produto irresistível”. De acordo com o livro Como Ter Um Dia Ideal, o contrário disso seriam as metas evitáveis, como “parar de perder clientes”.
  3. Faça um plano “então, quando..” para se preparar para obstáculos que podem aparecer no caminho para seus objetivos.

Organizando o caos

como ter um dia ideal caroline webb

Agenda superlotada e desorganização consomem a energia de qualquer um e, é claro, afeta a produtividade. Então, o livro Como Ter Um Dia Ideal dá dicas de como fazer um plano e decidir por onde começar o combate ao caos. Veja:

  1. Pare e sente em algum lugar para se concentrar no seu objetivo. Coloque o foco em sua respiração para se acalmar e, assim, pensar com clareza.
  2. Comece o seu planejamento. Ou seja, escreva tudo que você precisa fazer nos próximos dias ou semanas, em vez de apostar na memória. Afinal, o cérebro tem uma capacidade de armazenamento limitada e ele precisa de energia sempre que precisamos buscar por uma informação, mesmo que seja uma coisa simples.
  3. Marque as tarefas mais importantes e tome uma atitude para completá-las no prazo estabelecido – não importa o tamanho delas.
  4. Você pode separar as tarefas maiores em passos menores e gerenciáveis, evitando assim ansiedades e, consequentemente, a procrastinação.
  5. Programe pausas para cada uma hora e meia, para recolocar o foco na direção certa. Afinal, a autora de Como Ter Um Dia Ideal explica que, no curso de 90 minutos, nosso cérebro passa de altamente focado para desatento. É por isso que, nos momentos que exigem concentração por mais tempo, acabamos nos distraindo com o celular ou uma rede social, por exemplo.

Invista nos relacionamentos

como ter um dia perfeito

Você não terá um dia bom se estiver cercado de pessoas chatas, com as quais você não consegue conviver. Então, a outra dica do livro Como Ter Um Dia Ideal é: ponha foco também nos relacionamentos. Veja o que você pode fazer, na prática:

  1. Construa relacionamento ao interagir com alguém do trabalho. Em outras palavras, não apenas esbarre em alguém na cozinha do escritório e se limite a um “bom dia”. Envolva-se em conversas e faça perguntas sinceras, como por exemplo, “o que você vai fazer no feriado”?
  2. Busque por interesses comuns, demonstre curiosidade genuína pelas pessoas. Afinal, desenvolver esse senso de conexão cria uma cultura de confiança e colaboração. Nesse caso, a autora destaca outras vantagens, ou seja, segundo ela, os empregadores são mais propensos a contratar alguém que seja semelhante a eles.
  3. Resolva qualquer tensão com seus colegas de trabalho, caso contrário, o seu entusiasmo e até mesmo a produtividade podem ir ladeira abaixo. A melhor maneira de lidar com isso é ser aberto. Explique a seu colega o que você está sentindo e o porquê. Seja firme, mas educado.

Utilize uma árvore de problemas, para ajudar na resolução

como ter um dia ideal download

Sempre que você se sentir muito sobrecarregado, a ponto de interferir na tomada de decisões importantes, siga os conselhos do livro Como Ter Um Dia Ideal e quebre um problema complexo em uma “árvore de problemas”. 

Essa árvore funciona assim: 

  • Anote o problema central – que será o tronco da árvore. 
  • Escreva as duas opções possíveis, que formarão os ramos da árvore.
  • Pense em ações concretas que ajudarão a realizar essas opções. 

Essas sugestões podem gerar mais ramos na árvore de problemas, até que eventualmente você terá mapeado muitas ações possíveis para resolver seu problema.

Outra dica de Caroline Webb é criar uma rotina versátil, válida em todas as situações. Não se trata de nada complexo, pelo contrário, essa rotina pode ser algo simples, como por exemplo, perguntar-se “quais são as alternativas e as desvantagens potenciais dessa escolha?”

Outra opção pode ser a rotina de buscar por feedbacks de pessoas próximas a você. Lembre-se que bons conselhos podem vir de qualquer um, não só de especialistas. 

Leve as pessoas a escutarem você

como ter um dia ideal pdf gratis

Alguma vez você fez uma apresentação e percebeu que tinha gente “viajando”, enquanto você falava? Isso certamente pode acabar com o seu dia. Mas, nesse caso, você também pode adotar técnicas simples para envolver o seu público nas próximas vezes. Conheça as dicas do livro Como Ter Um Dia Ideal!

  1. Faça seu público saber que ele tem algo valioso a aprender com a sua apresentação. 
  2. Enriqueça a sua apresentação com vídeos ou pôsteres que prendam a atenção do público. Procure ter sempre um quadro branco à disposição. Afinal, garante a autora, as pessoas vão internalizar melhor a sua mensagem, se você desenhar e escrever em tempo real, ao invés de só usar slides preparados.
  3. Use frases simples e curtas, de maneira fluida para prender a atenção do público. Além disso, enfatize porque o público deve se importar com o que você tem a dizer.

Fique motivado

livro como ter um dia ideal

Imagine que no dia seguinte você terá uma reunião com um cliente insatisfeito. O que fazer?

  1. Mantenha a calma e a distância da situação. Imagine que não é você, mas um amigo que precisa enfrentar o cliente. Qual conselho você daria a ele? Você pode também falar com você mesmo em segunda pessoa para ganhar alguma perspectiva distante.
  2. Pense em uma situação passada, em que você resolveu bem e se pergunte quais recursos o ajudaram a obter o resultado esperado. Talvez tenha sido sua destreza, temor ou amigos que o apoiaram. Tudo isso, provavelmente, pode ajudá-lo de novo.
  3. Transforme a situação em pensamentos positivos

Tente alguns desses truques quando estiver em uma situação complicada: 

  1. Identifique os padrões mentais, físicos e temporais e como eles afetam a sua energia. Por exemplo, é possível que você sempre se sinta letárgico depois do almoço.
  2. Descubra como aumentar sua energia nessas fases. Pode ser, por exemplo, dar uma volta rápida na rua.
  3. Tentar um exercício de gratidão. Pense em três coisas que aconteceram no seu dia para agradecer. Faça isso mesmo que sejam coisas pequenas.

Desenvolver rotinas positivas e aprender com o passado pode ajudar você a ter um dia melhor. O autoconhecimento também é uma opção para você recarregar suas energias e transformar um dia ruim em um dia bom.

Enfim…

Dias bons e dias ruins sempre vão existir. Você não tem como fugir totalmente dessa realidade. Mas é possível controlar a mente e o corpo e, assim, assegurar um dia melhor, mesmo em circunstâncias ruins. 

Ou seja, “mesmo com o pior que a vida pode nos causar, temos uma capacidade notável de nos adaptar às novas circunstâncias e voltar aos nossos níveis anteriores de felicidade.”

Em Como Ter Um Dia Ideal, Caroline Webb dá dicas simples para você promover transformações em sua vida. O livro, inclusive, é recheado de exemplos que podem ajudá-lo a entender melhor cada situação. Confirma no microbook, no 12min.

Frases do livro Como Ter Um Dia Ideal

Aprendizado contínuo

Então, você gostou dos ensinamentos de Caroline Webb, em Como Ter Um Dia Ideal? Deixe aqui os seus comentários.

E se você quer seguir o caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. 

Mas você pode está pensando que não tem tempo de ler tudo o que gostaria, não é mesmo? Se esse é o seu caso, a plataforma 12min disponibiliza para você os microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores.

Toneladas de conhecimento

Como Ter Um Dia Ideal

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Isso lhe permitirá absorver toneladas de conhecimento sobre carreira, negócios e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Agora, vai aí a sugestão de leitura que selecionamos hoje pra você! 

Mais Esperto que o Diabo – Napoleon Hill

livro Mais Esperto que o Diabo - Napoleon Hill

Se você quer vencer os seus medos e limitações, então, esse livro é uma indicação perfeita. Escrito em 1938, continua atual e inspirador. Nele, o autor Napoleon Hill destaca a importância de amarmos a nós mesmos e vivermos em harmonia com a nossa consciência.

A premissa inicial desta obra consiste em um interessante diálogo com o diabo, o mais terrível e maligno espírito que o mundo conhece. No entanto, segundo Hill, ele não tem chifres e nem uma cauda longa. Mas trata-se, na realidade, de uma presença malévola… em sua mente.

Outras sugestões:

Você deve gostar de ler também um post recente em nosso blog: “Resoluções de Ano Novo? 8 Livros Para Garantir o Hábito de Leitura em 2020“. E, ainda, o resumo do Livro Você Pode Curar sua Vida, de Louise Hay.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Como Ter um Dia Ideal pdf, e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resoluções de Ano Novo? 8 Livros Para Garantir o Hábito de Leitura em 2020

Levanta a mão quem já fez alguma promessa de mudança de hábito na virada do Ano! Você, certamente, está nessa lista ou conhece alguém, não é mesmo? Agora, pense bem: você realizou os seus desejos ou eles se perderam na correria do cotidiano? É por isso que preparamos esse post sobre como cumprir as resoluções de Ano Novo. 

resolução de ano novo

A proposta aqui é ajudar você a levar 2020 muito a sério e, assim, comemorar conquistas e mais conquistas. Ou seja, ano novo, vida nova de verdade. E, para isso, a dica de ouro é investir no hábito de leitura. Sabe por que? Porque os livros são ricos em informações e ensinamentos que podem ajudar você a dar uma reviravolta em sua vida.

Você pode estar pensando: mas por onde começar? Não se preocupe, porque a equipe 12min vasculhou a nossa biblioteca para selecionar as obras mais fascinantes e que lhe darão uma mãozinha rumo aos seus objetivos.

Ou seja, preparamos uma lista de livros reconhecidas pelo público, de autores renomados. São obras que já venderam milhões de exemplares pelo mundo afora e, com certeza, serão valiosas para você também.

Todos os livros selecionados estão no formato microbook e fazem parte da Playlist “Ano Novo, Novo Eu – Coloque suas resoluções de ano novo em prática”, que está disponível no app 12min.

Levando 2020 muito a sério

Habito de leitura

Todas as pessoas de sucesso apresentam algumas características comuns. Por exemplo, elas têm metas bem definidas e elas lêem muito – e leem de tudo. Você também pode lançar mão dessa receita e entrar para o time dos vencedores.

Ao fazer as suas resoluções de Ano Novo, você está indicando as mudanças que pretende implementar em sua vida e, ao mesmo tempo, apontando para onde quer seguir. A etapa seguinte é fazer acontecer. Ou seja, partir para a ação.

Os livros da playlist “Ano Novo, Novo Eu” serão seus fortes aliados nessa caminhada. Use-os a seu favor. Nós vamos falar um pouquinho sobre cada um deles, para que você tenha uma ideia da relevância dessas obras para todos nós, no nosso cotidiano.

Então, você está preparado para dar a largada rumo às suas metas? Vamos lá, conhecer os 8 livros que o ajudarão a cumprir as resoluções de ano novo 2020!

Resoluções de Ano Novo e Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker

livro Os Segredos da Mente Milionária

Provavelmente, você ouviu dos seus pais frase do tipo “dinheiro não nasce no fundo do quintal”. Se ouviu e concordou, provavelmente você se programou para ser pobre. Outros não aceitaram, rebelaram-se e foram atrás de acumular fortuna.

Esse é um dos exemplos que o autor do livro Os segredos da Mente Milionária usa para explicar porque algumas pessoas juntam dinheiro com facilidade e outras estão sempre no vermelho. T. Harv Eker garante que as causas estão no passado.

Segundo Eker, ser rico ou pobre não tem nada a ver com educação, inteligência, habilidades, hábitos ou carreira… O que faz a diferença é o modelo mental que usamos para pensar sobre dinheiro, que tem origem em nossas experiências de infância.

Esse modelo mental determina os nossos comportamentos e influencia na quantidade de dinheiro que conseguimos acumular ao longo da vida. E, segundo Eker, a pessoa dificilmente se desvia desses níveis automaticamente.

Isso significa que pobre está fadado a viver na pobreza para o resto da vida? Claro que não. A boa notícia é que as pessoas podem se reprogramar para avançarem de nível e se juntarem à galera do andar de cima. O caminho das pedras está no livro Os Segredos da Mente Milionária.

O livro começa abordando o condicionamento das pessoas em relação ao dinheiro – o nosso modelo mental. Em seguida, o autor apresenta relatos sobre como pessoas ricas pensam, agem e tocam a vida, que é exatamente o que devemos fazer, se quisermos acumlar riquezas.

Resoluções de Ano Novo e O Poder do Hábito, de Charles Duhigg

livro o poder do hábito

Você não vai usufruir do “Ano Novo, Novo Eu” se não mexer nos seus hábitos. E não caia na armadilha de pensar que tem o controle sobre a sua vida. Na verdade, na maior parte do tempo, você está apenas repetindo hábitos preestabelecidos.

Os seus hábitos ditam suas ações. Entendê-los é o primeiro e grande passo para tomar as rédeas do seu cotidiano, promovendo transformações significativas, seja no trabalho ou em sua vida pessoal.

No trabalho, os principais ganhos são na produtividade e, consequentemente, nos resultados.

De acordo com o autor, o nosso cérebro funciona como uma máquina e a todo instante busca maneiras de reduzir os esforços e automatizar as rotinas. Tudo isso para economizar energia.

O funcionamento de um hábito segue um fluxo de três etapas, que são:

  • Gatilho: alguma coisa que acontece e o cérebro entende como um chamado para entrar no modo automático e escolher qual a rotina usar;
  • Rotina: é uma ação física, emocional ou mental, que é automaticamente acionada pelo gatilho;
  • Recompensa: um estímulo positivo que ocorre e diz ao seu cérebro que aquela rotina funciona e por isso deve ser armazenada.

Se você quer ter o controle sobre você mesmo, é imprescindível entender como os gatilhos dos hábitos são acionados e como funcionam as recompensas. Ao desenvolver essa habilidade, você estará apto a alterar, adaptar e criar novas rotinas. Ou seja, você estará pronto para fazer valer as suas resoluções de Ano Novo.

Resoluções de Ano Novo e A Sutil Arte de Ligar o F*da-se, de Mark Manson

livro A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

Se você quer realmente melhorar a sua vida, aprenda a aceitar os seus limites e falhas. Afinal, nem todas as pessoas são excepcionais em tudo o que fazem. E o mais importante: não existe problema algum em não ser 100% perfeito.

Para o autor, ao assumir as suas imperfeições e medos, você encontra coragem e perseverança. E o que vale mesmo para todo mundo é descobrir o que realmente interessa e quais são os seus valores.

É claro que, de vez em quando, as coisa saem dos trilhos, mas você pode usar as falhas a seu favor. E, principalmente, não se sinta culpado, pelo contrário, orienta Manson, aprenda a se sentir confortável com essa situação.

Mas ele explica que não se trata de ficar “nem aí” para tudo e todos, levando uma vida apática. Não é nada disso. A recomendação é, em vez de ser indiferente, aprenda a se sentir bem com a diferença.

Em outras palavras, para seguir adiante com as suas resoluções de Ano Novo, pare de se importar com o que os outros pensam sobre a sua roupa ou a sua carreira, por exemplo, Defenda as suas escolhas frente às adversidades!

Para vencer a adversidade, você deve primeiro aprender a se importar com coisas maiores que a adversidade. Afinal, nós temos o controle sobre o que nos importa e é preciso escolher com o que queremos nos importar.

Em 2018, essa obra liderou o ranking do mercado editorial, na categoria de autoajuda, com 400 mil exemplares vendidos. E o livro se manteve no topo do pódio também no ano passado.

Resoluções de Ano Novo e O Milagre da Manhã, de Hal Elrod

livro O Milagre da Manhã

Felicidade, saúde, dinheiro, liberdade, sucesso, amor… Parece um sonho? O autor do livro O Milagre da Manhã, garante que você pode ter tudo sim. E suas conquistas não têm nada a ver com sorte.

Segundo Elrod, tornou-se um hábito para a maioria das pessoas contentar-se passivamente com o que a vida lhes oferece. Elas acreditam que ter uma vida mediana é aceitável e esperado.

No entanto, alerta, almejar o nível máximo de saúde, trabalho e relacionamentos deveria ser o desejo de todos nós. Ou seja, essa precisa ser a força que nos move a cada manhã.

Mas, na realidade, grande parte das pessoas (95%, segundo o autor) contenta-se com menos do que um dia sonhou. Por isso, elas sentem-se fisicamente exaustas, solitárias, deprimidas ou ansiosas.

Essas pessoas ganham menos do que gostariam, gastam mais do que deveriam e não conseguem manter as finanças e a vida em ordem.

Integrar o seleto grupo dos 5% restantes que maximizam o próprio potencial é uma escolha que só depende de você. Então, mãos à obra para comemorar o sucesso das suas resoluções de Ano Novo 2020.

Resoluções de Ano Novo e O Poder da Ação, de Paulo Vieira

livro O Poder da Ação - Paulo Vieira

Essa é uma leitura obrigatória para quem se sente acomodado ou vem culpando o azar, os contratempos e as outras pessoas por não ter chegado ao ponto que almeja. O livro O poder da Ação, destaca a importância do foco na autorresponsabilização por tudo o que acontece ao nosso redor.

Segundo Paulo Vieira, fomos criados para ter o que há de melhor no mundo. Para isso, foque no que realmente importa, olhe para frente e siga adiante. Afinal, é a capacidade de tomar as decisões corretas, de crer no nosso potencial, de realizá-las e de trabalhar intensamente até conquistar as metas é o que define a vida de todos nós.

E a principal intenção do livro O poder da Ação é levá-lo a provocar mudanças, para realizar aquilo que o move rumo aos seus objetivos, nesse caso, as suas resoluções de Ano Novo. E, para isso, o autor foge dos tradicionais conselhos e exemplos e parte para uma metodologia diferenciada, que estimula a ação.

Em síntese, se você ficar parado, vai assistir o tempo passar e ver as suas metas se distanciarem cada vez mais. Para evitar tudo isso, aprenda com o livro O Poder da Ação a tomar atitudes em prol do seu desenvolvimento.

Resoluções de Ano Novo e Seja Foda, de Caio Carneiro

livro Seja Foda

Nesse caso, FODA é um acrônimo com adjetivos que o autor considera indispensáveis para se ter sucesso. São eles:

  • Feliz;
  • Otimista;
  • Determinado e
  • Abundante.

Desenvolver essas características requer um tipo especial de inspiração e você deve estar disposto a sair do padrão, recusar as obviedades, superar expectativas, questionar as próprias crenças, sair da zona de conforto e fazer mais do que o necessário para chegar lá.

Deu para perceber, então, que você não será um FODA em 2020 se ficar de braços cruzados. O sucesso exige trabalho, iniciativa, persistência… exige visão e coragem para assumir riscos…

Você deve ter em mente que mudanças sempre vão existir em sua vida, seja no âmbito pessoal ou profissional. E elas são valiosas para o seu crescimento, mesmo quando as coisas parecem estar indo bem, ressalta Caio Carneiro.

Enfim, nessa obra, o autor – investidor e palestrante – aplica uma boa injeção de confiança e ânimo que vão ajudá-lo a  se focar em suas resoluções de Ano Novo e se tornar uma pessoa realmente FODA.

Resoluções de Ano Novo e O Poder da Autorresponsabilidade, de Paulo Vieira

livro O Poder da Autorresponsabilidade

Essa é mais uma obra do renomada autor Paulo Vieira que vai ajudar você a levar as suas resoluções de ano novo a sério. Aqui, ele nos convida a assumir o controle de tudo o que acontece em nossas vidas, lançando mão de uma ferramenta poderosíssima: a autorresponsabilidade. 

O autor garante que a autorresponsabilidade gera alta performance e resultados em pouco tempo. Mas isso não acontece em um passe de mágica. Pelo contrário, você precisa agir, e principalmente, agir de maneira certa.

Segundo ele, pessoas com muita inteligência emocional têm maior capacidade para realizar sonhos, sejam eles pessoais ou profissionais. Tendem a ser mais felizes, já que a felicidade exige maior controle emocional.

Mas todos nós podemos aprender a praticar a autorresponsabilidade. E para guiar o leitor, Paulo Vieira criou uma metodologia específica. Com ela, você poderá sair de um estado não satisfatório para uma vida de muito sucesso e abundância, aprendendo a calar-se em vez de criticar, dar sugestões em vez de reclamar, buscar a solução em vez de buscar culpados, fazer-se de vencedor em vez de vitimizar-se, aprender com os erros em vez de justificá-los e julgar atitudes sem julgar pessoas. 

Enfim, para o autor, o objetivo maior do ensino do controle da autorresponsabilidade é fazer com que todos possam descortinar suas fragilidades e ineficiências, tendo capacidade de assumir tudo o que é de sua alçada. Imperdível!

Resoluções de Ano Novo e Mindset, de Carol Dweck

livro Mindset

E, agora, vai uma última sugestão de leitura que deve ter lugar garantido na biblioteca de todas as pessoas que apostam nos livros como parceiros em suas resoluções de ano novo. A autora, que é professora de Psicologia, afirma que a sua atitude mental determina o seu sucesso em todas as áreas, inclusive, nos relacionamentos. 

A psicóloga explica como isso funciona na prática, de uma forma simples e didática. Assim, você vai entender a diferença entre as duas atitudes mentais – a fixa e a progressiva. Elas são mais decisivas para o sucesso do que as suas habilidades ou talento, segundo a autora.

Atitude mental fixa pode destruir você

Pessoas crescem e mudam todos os dias, mas uma pessoa com uma atitude mental fixa prefere acreditar que seus traços e talentos são fixos. Basicamente, ela pensa que não tem habilidade para promover mudanças. Como a perfeição é o objetivo da atitude mental fixa, elas tendem a se prender àquilo que já sabem para alcançar o sucesso

A atitude mental progressiva

Uma atitude mental progressiva pode fazer você mais feliz e capaz de controlar sua vida, alcançando o sucesso. Ela permite que as pessoas aceitem os fatos e se concentrem em como crescer, desenvolver e melhorar o seu “eu” constantemente. Ao contrário, uma atitude mental fixa faz com que elas foquem nas coisas negativas. 

Enfim,  escolher entre as duas atitudes mentais pode fazer toda a diferença em sua vida.

Ano Novo, Novo Eu

Agora, você tem em mãos a playlist com uma rica coleção de livros que vão guiá-lo rumo às suas resoluções de ano novo. Ou seja, autores renomados e experientes vão ajudá-lo a promover as transformações necessárias no seu próprio Eu, para mudar também a sua vida como um todo.

Mas as notícias boas não param por aqui. Baixe o App 12min em seu smartphone e ganhe um desconto de 44% em sua assinatura anual. E aí, gostou da novidade? Aproveite a oportunidade para explorar todos os títulos que lhe interessam e, assim, investir em seu desenvolvimento pessoal!

Resoluções de Ano Novo

Clique aqui para saber mais sobre o desconto de 44% que o 12min preparou para você!

E lembre-se: o 12min tem centenas de títulos de não-ficção, com novidades todas as semanas. Escolha os assuntos que mais lhe interessam e boa leitura! Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu as nossas dicas de leitura para cumprir as suas resoluções de ano novo, deixe aqui os seus comentários. E, se você tiver outras sugestões valiosas, que possam enriquecer a nossa lista, compartilhe-as conosco! 

Enfim, se essas informações foram relevantes para você, certamente serão importantes para os seus amigos também. Então, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Preciso Saber Se Estou Indo Bem, Richard Williams, PDF

Essa é uma história sobre a importância de dar e receber feedbacks em todas as relações interpessoais. Segundo o livro Preciso Saber Se Estou Indo Bem, oferecer feedback eficiente é uma das técnicas mais poderosas de comunicação. Quando desenvolvemos essa habilidade, estabelecemos um processo de compreensão, respeito e confiança. 

preciso saber se estou indo bem pdf

O autor Richard Williams afirma que é o feedback que determina como as pessoas pensam, sentem e reagem aos outros. Além disso, em grande parte, é o que determina como elas encaram suas responsabilidades no cotidiano.

Organizações no mundo inteiro investem tempo, esforços e muito dinheiro em programas para aumentar e manter a produtividade das suas equipes. No entanto, a maioria delas ainda não entendeu um princípio fundamental: todos os profissionais precisam de feedback para serem produtivos. 

Em outras palavras, se os funcionários não recebem retorno correto, eles tendem a criar problemas no trabalho. Nesse caso, o resultado para a empresa é a perda de tempo e dinheiro tentando solucioná-los.

Os 5 princípios básicos do feedback 

livro preciso saber se estou indo bem pdf

Para o autor de Preciso Saber Se Estou Indo Bem, o feedback é uma força vital para cada pessoa na empresa. No entanto, existem 5 princípios básicos que você deve conhecer. Veja:

A qualidade de uma relação

A qualidade da relação profissional ou pessoal depende da qualidade e da quantidade de feedback que cada pessoa recebe do outro. Se o feedback for pobre, a relação será igualmente pobre. Se for crítico ou ofensivo, assim será a relação. Mas, se for positivo, a relação também será positiva.

A cordialidade 

Esse é um tipo fundamental de feedback. Assim, dar bom-dia a um funcionário ou perguntar como foi o final de semana dele não é algo irrelevante. Pelo contrário, trata-se de um feedback de grande valor para a maioria das pessoas, tanto colaboradores e colegas, como amigos e familiares.

O contato visual

Quando não fazemos contato visual, é como se estivéssemos dizendo “Você não é importante o bastante para que eu perca meu tempo olhando para você”.

A manutenção alta

Pessoas de “manutenção alta” precisam de muita atenção e disponibilidade. Por isso, elas demandam mais feedback do que as demais. Você não deve fugir dessa responsabilidade, porque, caso contrário, estará piorando a situação.

A sonegação do feedback

Sonegar um feedback funciona como um castigo psicológico. Justamente por ser tão doloroso ao ser negado, o feedback pode ser, também, muito poderoso, quando aplicado de forma apropriada. 

Preciso Saber Se Estou Indo Bem e o “balde de feedback”

Preciso Saber Se Estou Indo Bem

Richard Williams criou uma metáfora para explicar a importância do feedback constante para o desenvolvimento, a autoconfiança e, é claro, para a alta performance das equipes. 

Segundo ele, todos nós temos um “balde” no coração, para onde vão todos os feedbacks que recebemos – positivos ou negativos. Assim, poderíamos acumular nossos feedbacks, se não fosse um detalhe: o balde tem alguns furos, alguns bem pequenos, outros muito grandes. Portanto, se após um tempo, não recebermos um novo feedback, o balde se esvaziará.

Os 5 grupos de pessoas que furam com mais frequência os nossos baldes

  1. Os pais 
  2. Os amigos
  3. Família
  4. Chefes
  5. Colegas de trabalho

Existem comportamentos que indicam baldes vazios e, de acordo com o livro Preciso Saber Se Estou Indo Bem, eles são: a linguagem corporal, a falta de iniciativa, as dificuldades em se relacionar e a baixa produtividade.

A boa notícia é que você pode mudar esse cenário. Ou seja, existem métodos para tampar os furos no balde. Por exemplo:

  • Delegar tarefas e decisões;
  • Celebrar realizações individuais ou coletivas
  • Reconhecer e elogiar, 
  • Oferecer feedbacks de alta qualidade;
  • Desenvolver maturidade emocional.

Tipos de feedback

“O feedback é um nutriente essencial para a vida. Não conseguimos ficar mais do que alguns minutos sem ar, alguns dias sem água e poucas semanas sem comida. Esses são os três nutrientes fisiológicos mais importantes para os seres humanos. Mas a maioria das pessoas não se dá conta de que o quarto elemento fundamental é o feedback.” 

O livro Preciso Saber Se Estou Indo Bem enumera 4 tipos de feedback e vale a pena você conhecer um pouco sobre cada um deles, para aprender a fazer a coisa certa. Vamos lá!

Feedback positivo

preciso saber se estou indo bem baixar pdf

“O feedback positivo pode ter efeitos curativos incríveis. Ele pode ajudar a pessoa a superar grandes obstáculos em sua vida. Isso acontece porque nosso cérebro é programado para dar preferência às coisas positivas. As pessoas mentalmente saudáveis parecem naturalmente desejar receber feedback positivo. Não se esqueça disso.” 

A função principal do feedback positivo, de acordo com o autor, é reforçar um comportamento que desejamos que se repita. Em outras palavras, quando alguém faz algo que nos agrada, é importante um feedback forte e positivo no balde do coração. Assim, a pessoa ficará motivada a fazer de novo.

Richard Williams explica que o feedback positivo impacta, inclusive, na autoestima das pessoas, criando uma espécie de brilho interior que se irradia pela expressão facial. Enfim, a dica do autor é “insistir mais no positivo e tomar cuidado com o negativo”.

Ao oferecer um feedback positivo, descreva:

  1. um comportamento específico;
  2. as conseqüências do comportamento;
  3. como você se sente em relação ao comportamento;
  4. por que você se sente dessa forma.

Feedback corretivo

livro preciso saber se estou indo bem

Este é o feedback mais difícil de todos, de acordo com o autor do livro Preciso Saber Se Estou Indo Bem. Afinal, trata-se de uma ação voltada para a correção de uma conduta ou comportamento. E isso é quase sempre um processo, principalmente, em situações difíceis.

Nesse caso, um problema é que, sem o devido treino, muitos não conseguem dar um feedback corretivo de maneira eficaz e acabam partindo para a imposição, persuasão e até mesmo a ameaça.

E o resultado disso não é bom. Por exemplo, explica o autor, quando alguém diz o quê, quando e como você deve fazer alguma coisa, isso gera profunda indignação. Os instintos naturais de defesa entram em ação, quando a pessoa sente que alguém está tentando “levá-la” no papo, despertando um sentimento de inferioridade ou desqualificação.  

Cinco passos para corrigir um comportamento

  1. Dê feedback positivo, antes de qualquer outra atitude;
  2. Faça perguntas cuidadosamente orientadas;
  3. Diga claramente qual a mudança necessária;
  4. Aplique a disciplina apropriada;
  5. Estabeleça um limite.

No entanto, Richard Williams ressalta que você precisa entender as outras pessoas e a maneira como elas reagem, para aprimorar a sua capacidade de dar retorno. 

Segundo o autor, fazer essa “leitura” não é uma habilidade natural, mas algo que deve ser desenvolvido. “É preciso tempo e prática para discernir o quanto de reforço de um comportamento é necessário em comparação com o reforço dos traços de personalidade desejáveis”.

Enfim, não caia na armadilha de ficar apontando erros e falhas do outro, sem reconhecer os acertos dele. Essa é a diferença fundamental entre feedbacks corretivos e feedbacks positivos.

“Se o feedback positivo não funcionar, passe para o corretivo. Se o feedback corretivo não funcionar, estabeleça um limite com um nível adequado de disciplina”.

Feedback Insignificante

preciso saber se estou indo bem ebook

Esse é um retorno tão vago ou genérico, com uma resposta mínima que, segundo o autor, a pessoa que o receber sequer entende o seu propósito. Muita gente usa esse tipo de feedback, acreditando que causará um enorme efeito positivo. Mas, pelo contrário, consegue apenas uma pequena resposta. 

Sem importância ou impacto em comparação com os outros tipos, esse feedback faz jus ao nome de insignificante.

Feedback Ofensivo

preciso saber se estou indo bem ebook

Aqui, a característica básica é o desprezo e ele pode prejudicar seriamente os relacionamentos. Nesse caso, o feedback desvaloriza a pessoa que o recebe, gerando submissão e colocando-a em posição de defesa e/ou gerando revides agressivos.

O feedback agressivo inclui todos os demais tipos de feedbacks que não se encaixam nas categorias Positivo, Corretivo ou Insignificante.

Desenvolvendo respeito e confiança

Como melhorar a relação de confiança entre você e sua equipe? De acordo com os ensinamentos do livro Preciso Saber Se Estou Indo Bem, oferecer feedback positivo é fundamental sim, mas não suficiente. Ou seja, o funcionário tem o direito de saber como você se sente a respeito do que acontece e quais os planos para o futuro. 

Preciso Saber Se Estou Indo Bem e as 10 dimensões do feedback

Segundo o autor, há 10 diferentes dimensões relacionadas à capacidade de oferecer feedbacks e garantir sua eficácia. Vamos falar um pouco de cada uma delas.

1ª Dimensão do Feedback: Elaboração de um Plano

A necessidade de elaborar um plano se justifica pela necessidade de refletir sobre o conteúdo que você deve ou não transmitir ao seu interlocutor.

Assim, o feedback deve ser ilustrado com exemplos claros e objetivos e, embora seja imprescindível considerar os seus desejos e vontades, você deve sempre ter uma solução na ponta da língua, levando em conta as necessidades e expectativas do outro.

2ª Dimensão do Feedback: 2. Abordagem Específica

Quando o seu feedback estiver relacionado a um fato concreto, você deve estar ciente do que realmente aconteceu. Dessa forma, você pode apresentar exemplos compreensíveis e claros. Evite, sobretudo, levantar suposições e mantenha a objetividade.

3ª Dimensão do Feedback: Foco em Comportamentos

Seu feedback não deve lidar com assuntos relacionados a preconceitos, atitudes ou personalidades. É altamente recomendável manter o foco somente em comportamentos específicos que podem ser mensurados e analisados.

4ª Dimensão do Feedback: Escolha de Hora e Local

Preciso Saber Se Estou Indo Bem

Não há nada tão importante em um feedback quanto a correta definição da hora e do local apropriado. Se possível, você deverá oferecer sua opinião imediatamente e em um ambiente tranquilo. Lembre-se, também, de nunca criticar alguém (principalmente, um subordinado) em público.

5ª Dimensão do Feedback: Feedback Equilibrado

Você deve equilibrar, tanto quanto possível, o feedback corretivo e o feedback positivo. Isso significa que deve ser capaz de, com a mesma agilidade e seguindo um mesmo padrão de comportamento, apontar erros e reconhecer acertos.

6ª Dimensão do Feedback: Feedback Relevante

Ao expressar suas opiniões e interagir com os outros, você não deve exagerar ou perder a cabeça. É imprescindível manter a serenidade e a objetividade. Os acontecimentos presentes são sempre mais relevantes do que aqueles que aconteceram no passado.

7ª Dimensão do Feedback: Técnicas Eficientes

O autor sustenta que as técnicas mais eficientes para oferecer feedbacks são:

  • ir direto ao ponto;
  • estabelecer contatos visuais;
  • se concentrar nas questões realmente importantes.

8ª Dimensão do Feedback: Estilo eficaz

É preciso dedicar certa quantidade de tempo para desenvolver um estilo eficaz. Contudo, Williams adianta dois princípios que o fundamentam: criar uma abordagem pessoal ao dar feedbacks e jamais oferecer conselhos que não tenham sido solicitados.

9ª Dimensão do Feedback: Descrição de Sentimento

Uma vez que nem todas as pessoas consideram fácil externar o que sentem, essa dimensão pode se tornar bastante complicada. Se esse for o seu caso, esforce-se para expressar os seus sentimentos, pois, além de serem impactantes, eles são muito poderosos, quando se combinam com um feedback adequado.

10ª Dimensão do Feedback: Capacidade de ouvir

Esta dimensão se refere ao ato de motivar o interlocutor a expressar suas opiniões e pontos de vista, ouvindo atentamente tudo o que ele diz. Para tanto, você deve fazer perguntas que estimulem o outro a se abrir ao diálogo.

Enfim…

O autor de Preciso Saber Se Estou Indo Bem alerta: “quando não damos nenhum retorno a uma pessoa, além de sentir os resultados dessa rejeição, ela pode realmente reagir com baixa produtividade e/ou comportamento inadequado”. 

Assim, Richard Williams aconselha observar a sua equipe. Ou seja, se ela não entrega a produtividade esperada ou apresenta comportamentos inapropriados, é bem provável que a causa implícita do problema esteja na qualidade e/ou quantidade de feedback que ela vem recebendo. Fique atento!

Continue aprendendo

Preciso Saber Se Estou Indo Bem

Então, você gostou dos ensinamentos de Richard Williams, em Preciso Saber Se Estou Indo Bem? Deixe aqui os seus comentários.

E se você quer seguir o caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. Ah, mas você não tem tempo de ler tudo o que gostaria? Não se preocupe! Se esse é o seu caso, a plataforma 12min disponibiliza para você os microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores.

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Isso lhe permitirá absorver toneladas de conhecimento sobre carreira, negócios e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Enfim, como sempre fazemos, ao final do nossos posts, preparamos para você indicações de leitura. Os livros são escolhidos a dedo e esperamos que eles realmente sejam valiosos para você.

Anote, então, as nossas dicas de hoje!

O Gerente Minuto – Ken Blanchard e Spencer Johnson

livro o gerente minuto

Esse é um clássico de gestão para enriquecerá a sua biblioteca. Nele, você vai aprender como utilizar três ferramentas essenciais para o sucesso de qualquer empreendimento: os objetivos-minuto, os elogios-minuto e as repreensões-minuto.

Essas “abordagens de um minuto” são simples, porém eficientes, garantem os autores. Os resultados aparecem na satisfação das equipes e, também, nos gráficos de produtividade.

Drive – Daniel H. Pink

livro drive

Drive” é resultado de 40 anos de estudos e nessa obra, o autor Daniel Pink desafia as crenças de que para motivar as pessoas é preciso dar a elas incentivos e punições.

Pelo contrário, em “Drive”, ele defende que o segredo da motivação e da alta performance nas empresas não está nas recompensas financeiras, mas baseia-se em três pilares:

  1. a necessidade humana de controlar o seu destino;
  2. a necessidade de nos tornarmos melhores nas coisas que nos interessam;
  3. fazer algo que tenha um significado para nós e também para o resto do mundo.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Preciso Saber se Estou Indo Bem, pdf, e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro O Catador de Sonhos, de Geraldo Rufino, em PDF

Nada como uma bela história de sucesso para nos incentivar a voar alto. E é exatamente isso que O Catador de Sonhos nos proporciona: inspiração. Afinal, o autor, Geraldo Rufino, não nasceu em berço de ouro, mas construiu fortuna com humildade, muito trabalho e valores sólidos. 

livro O Catador de Sonhos

Esse é um livro sobre empreendedorismo sim. Mas não é só isso. Rufino compartilha com o leitor seus aprendizados, muitos deles em momentos difíceis, mostrando como superou cada um deles e se fortaleceu cada vez mais.

Nessa trajetória, Rufino subiu muitos degraus. Passou de catador de lixo a empresário bem-sucedido no ramo de reciclagem de peças de caminhão. Trata-se de um negócio que fatura 50 milhões de reais por ano e que o colocou em posição de destaque entre os empreendedores brasileiros. E sabe o que isso significa? Significa que o sucesso está ao alcance de todos. 

Você ficou interessado em conhecer mais sobre essa história e aprender lições valiosas com o autor? Então, continue aqui com a gente!

Uma criança pobre

A vida não facilitou as conquistas de Rufino. Pelo contrário, desde criança, ele enfrentou dificuldades junto com a família pobre, que mudou-se de Minas Gerais para São Paulo em busca de oportunidades.

O catador de sonhos chegou à capital paulista com apenas 4 anos de idade. Algumas vezes, ele dormiu na estação de trem, mas a família se instalou na favela Sapé. Ele ouvia das pessoas ali que aquela era uma época difícil, porque o país atravessava uma crise econômica.

Rufino era criança e ficou confuso, esperando que a tal “crise” batesse à sua porta. Tal como uma bruxa, nunca se viu uma crise, não se sabe como é, mas sempre se tem medo de como ela possa aparecer.

O Catador de Sonhos

Mas, ainda menino, Rufino vivenciou a sua primeira perda no mundo do empreendedorismo. Isso porque ele começou a catar lixo para revendê-lo. No entanto, perdeu todo o dinheiro que vinha juntando.

Com isso, o catador de sonhos aprendeu a sua primeira grande lição: a crise é algo imaginado, algo que as pessoas criam. Uma vez que o dinheiro só muda de mãos, o jeito é se empenhar em descobrir novas ideias, criar ou desenvolver novos setores.

Segundo Rufino, o jeito de enfrentar as dificuldades é colocar o foco no lugar certo. Ou seja, quem se prende nas dificuldades, acabada paralisado pela vaidade ou pelos percalços do caminho.

As primeiras perdas

baixar livro gratis o catador de sonhos

Ao se estabelecer em São Paulo, Rufino não perdeu apenas o dinheiro. O garoto enfrentou a morte da mãe. Assim, para ajudar com a manutenção da casa e sobrevivência da família, ele passou a trabalhar nas minas de carvão.

Nessa época, Rufino começou a observar um grupo de garotos que voltavam do lixão vestidos e alimentados. Então, ele decidiu, também, seguir o caminho o lixão, nos períodos em que não estava trabalhando nas minas.

Foi exatamente aí que começou a sua história de catador de latinhas e foi, também, quando Rufino teve a ideia de construir carrinhos de mão para aproveitar melhor o que encontrava. Mas ele não parou por aí. Mais tarde, começou a alugar os carrinhos para os outros meninos, nos finais de semana.

Junto com o trabalho e a criatividade, Rufino começou a ganhar e juntar dinheiro. Mas o destino pegou pesado com o garoto. Ou seja, o terreno onde ele armazenava as latinhas e escondia o dinheiro foi limpo e todas as suas economias e as mercadorias sumiram como num passe de mágica.

O catador de sonhos tinha motivos de sobra para desanimar, chorar, culpar a vida e as pessoas pelos problemas e dificuldades que ele e a família enfrentavam. Mas Rufino decidiu aprender com essa segunda lição: se ficasse focado no problema, talvez, nunca se recuperaria.

Mudança de foco

Sem o lixão e as latinhas para vender, Rufino deixou a criatividade falar mais alto, outra vez. Ele comprou traves e bolas e alugava tudo para jogadores de futebol. E foi mais longe, criando um time e realizando apostas dos resultados.

Rufino ainda era o goleiro do seu time, porque, segundo ele,  precisava “garantir que bola nenhuma entrasse no gol”.

Junto com o negócio do futebol, o catador de sonhos iniciou novo empreendimento. Em sociedade com o seu irmão, ele abriu um boteco ao lado do bar do pai deles. No entanto, mais uma vez, ele experimentou uma experiência ruim com a quebra do boteco.

Rufino precisa garantir uma renda fixa e assim, aos 13 anos de idade, começou a trabalhar como  office-boy, com carteira assinada. Isso não inibiu o seu espírito empreendedor e entusiasmo. Assim, paralelamente, o garoto experimentava novas coisas que pudessem aumentar a sua renda.

Rufino testou, correu atrás de conhecimento e desenvolvimento, até estar pronto para iniciar a sua própria empresa. Segundo ele, a fórmula de sucesso se sustenta em três pilares básicos: trabalho árduo, entusiasmo e família.

Vamos conhecer um pouco sobre cada um deles.

O catador de sonhos e o primeiro pilar do sucesso: trabalho

o catador de sonhos geraldo rufino pdf

Rufino jamais desistiu e nunca teve medo de arriscar. Não se abalou com as perdas que enfrentou na vida e sempre apostou no trabalho como uma poderosa ferramenta de sucesso. Quando estava planejando seu primeiro empreendimento, o catador de sonhos dedicava 12 horas por dia ao seu projeto de crescer.

De acordo com Rufino, “Deus já fez a parte mais difícil: nos criou”. Agora, o nosso trabalho é fazer o que temos paixão e não perdermos a fé frente às adversidades. Afinal, garante, o problema sempre será menor que a gente. E se é menor, somos nós quem o comandamos, basta que tenhamos clareza e foco em como administrá-lo. 

O catador de sonhos e o segundo pilar do sucesso: entusiasmo

o catador de sonhos geraldo rufino download

As pessoas tendem a jogar para os outros a culpa pelas crises e acontecimentos negativos. Mas o que muita gente não entende é que a crise traz junto com ela grandes oportunidades. Basta manter-se atento e não temer o trabalho.

Para o catador de sonhos, não se pode ter medo do fracasso, porque se você não tentar não chegará a lugar algum. Por exemplo, Rufino quebrou seis vezes em seus empreendimentos. Mas, sempre, ele encontrou os seus erros e buscou corrigi-los.

Você precisa ter coragem de agir e também acreditar muito no seu potencial e nos seus sonhos. Com essas duas forças lhe empurrando pra frente, nunca faltarão motivação, entusiasmo e paixão para vencer os obstáculos no meio do caminho. Aliás, garante Rufino, paixão é o principal combustível para o empreendedor construir uma estrada.

A lei da atração 

Nós atraímos o que pensamos. Assim, se você focar em boas coisas, acontecimentos bons acontecem. Caso contrário, vai atrair coisas ruins.

Mas uma coisa é certa: o pensamento positivo não é suficiente para, sozinho, atrair o que queremos. É imprescindível trabalhar muito e persistir no objetivo proposto. Em outras palavras, se você quiser muito alguma coisa, mas não sair do lugar, não tiver atitude, provavelmente, ficará apenas no desejo.

Tenha uma meta

Você precisa saber exatamente onde se quer chegar, para não gastar tempo, energia e dinheiro dando voltas e mais voltas ou  seguindo por um caminho sem fim. Então, defina uma meta, um objetivo. E não precisa ser nada grandioso, impossível de ser controlado.

Por exemplo, decida ganhar um dólar a mais por dia, compartilhe essa meta com os seus colaboradores e, segundo o livro O Catador de Sonhos, você será bem-sucedido.

O empreendedorismo como uma escada

No mundo dos negócios, cada degrau o leva para mais perto do sucesso. Porém, a dica do catador de sonhos é não pular degraus, mas avançar um de cada vez com entusiasmo e sabedoria. 

Cada degrau é uma referência, um aprendizado. Não perca a noção desses ensinamentos, ou você retornará de onde veio e fará o caminho novamente.

O catador de sonhos e o terceiro pilar do sucesso: família

Crescer sozinho não vale a pena, garante Geraldo Rufino, o catador de sonhos, E nessa trajetória, a melhor companhia é a nossa família. Ela é a proteção que nos ajuda a manter a postura realista e a saber que tem mais gente contando com o nosso esforço e sucesso.

A família auxilia nos tempos difíceis e é o porto seguro quando você precisa de mais um apoio. E Rufino leva isso muito a sério, tanto que emprega os filhos, esposa e muitos outros parentes na JR Diesel. Além disso, trata todos os seus colaboradores com o carinho de um familiar.

Remunerar bem o seu time

Rufine defende ainda que, além de tratar bem todos os seus colaboradores, é preciso pagar a eles sempre mais que o mercado. Isso porque, segundo o catador de sonhos, funcionários felizes e bem remunerados desempenham melhor seu trabalho. E isso reflete, inclusive, no atendimento ao cliente.

Comprometer-se com as pessoas

Mesmo quebrado, Rufino fazia questão de pagar seus funcionários primeiro, e nunca atrasar o pagamento. Além de manter o time feliz e mais produtivo, isso auxiliava a ter respeito e credibilidade no mercado. 

Assim, as pessoas o respeitavam pelo seu trabalho sério e comprometido e sabiam que ele iria acertar suas dívidas. Isso o possibilitou uma série de prazos e condições melhoradas.

Aqui, o conselho do autor é: arrisque até o valor de seu patrimônio. Dessa forma, ainda é possível pagar os credores, em caso de quebra.

Os primeiros passos da JR Diesel 

Rufino sempre achou que ter o próprio negócio era o melhor caminho para o sucesso profissional. E ele correu atrás do seu sonho uma, duas… seis vezes. Para o autor, quando você não depende da decisão de outros, você controla todas as etapas do processo e sabe exatamente o que está ocorrendo. Isso significa mais segurança.

Além disso, Rufino queria ter sua própria empresa para ajudar ainda mais as pessoas e garantir tranquilidade para sua família.

Quando trabalhou como office boy no parque de diversões Playcenter, Rufino guardou dinheiro suficiente para comprar o seu primeiro carro. Depois de alguns anos, ele tinha dois caminhões, que transportavam adubos.

Tudo parecia bem, até que os caminhões se envolveram em um acidente e ficaram sem condições de uso. E Rufino não tinha dinheiro para pagar pelo conserto.

Essa situação poderia consumir sua energia e levá-lo ao fundo do poço. Mas não foi o que aconteceu. Para o catador de sonhos, o problema virou oportunidade. Uma oportunidade que se transformou em um negócio lucrativo.

Como isso acontece? Simples. Já que não dava para consertar os caminhões, Rufino decidiu desmontá-los e revender as peças. Com o dinheiro arrecadado, ele criou a JR Diesel. 

O crescimento da empresa

O Catador de Sonhos

Para as pessoas, em geral, desmanche é lugar sujo de óleo e cheio de peças velhas. Rufino queria inovar nesse segmento e, então, criou o desmanche de caminhões novos. Assim, ele atrai uma clientela mais exigente e girava mais rápido o estoque de peças antigas.

Rufino valorizava muito a limpeza e a organização. Ele sabia que bastava uma coisinha fora do lugar para começar uma bagunça. Então, ele criou a cultura na empresa de que todos os colaboradores são responsáveis por manter tudo no seu devido lugar. Isso incluía o dono.

O empreendedor “acertou na mosca” com suas inovações e a empresa cresceu rápido. Mas, seis meses após o início das atividades, os sócios decidiram desfazer a parceria, gerando a primeira quebra da JR Diesel. 

O catador de sonhos precisava juntar os cacos e reestruturar a empresa. E ele fez isso com maestria. Mas Rufino enfrentaria outro problema, após a quebra de contrato com empresas estrangeiras e o fim do fluxo de caixa que eles trariam para a JR Diesel.

Naquela época, o baque foi tão grande que Rufino sequer tinha dinheiro para pagar a conta de luz. No entanto, a credibilidade que ele construiu ao longo da sua história abriu portas para negociações. 

Hoje, a JR Diesel é uma das maiores empresas de reaproveitamento de peças de caminhões do país. E o catador de sonhos transformou a sua trajetória em um bela fonte de inspiração para todos os brasileiros.

Ensinamentos do catador de sonhos para você

  • Os problemas são grandes mestres que nos abrem oportunidades para aprendermos mais e sermos criativos.
  •  Se algo der problema, entenda onde está a falha, modifique a trajetória e comece novamente.
  • Você somente crescerá se tentar. Não tenha medo de se arriscar.
  • Se você falhar, tente de novo, ou seja, acredite que é possível recomeçar. Mas faça as coisas melhores.
  • Líderes bem-sucedidos sempre procuram problemas e desafios. 
  • Para solucionar um problema, reconheça que esse problema é seu, portanto, tenha a consciência de que é você que o controla.
  • Nos momentos de dificuldades, crises e fracassos, não busque por culpados. Assuma os seus erros e lembre-se que eles são menores que você.
  • Mas um problema pode crescer, então, acabe com ele antes disso.
  • Pense no dinheiro como um lagarto tomando sol – ele está vulnerável! Espere até ele sair e ataque-o. 
  • O dinheiro não acaba na crise, ele só muda de lugar. Preste atenção em como, onde e quando as pessoas estão gastando o dinheiro na crise.
  • Quando se cultiva o espírito empreendedor, qualquer setor é como andar de bicicleta: uma vez que você sabe os passos necessários, consegue empreender em qualquer um deles.
  • Procure o que os concorrentes fazem de melhor, copie e inove onde necessário. 
  • Cultive a gratidão por tudo o que tem e o que já passou.

Outro microbook do autor no 12min

Além do livro O Catador de Sonhos, Geraldo Rufino é autor de outra obra interessante, que também está disponível na plataforma 12min, no formato microbook. Anote aí!

O Poder da Positividade 

livro O Poder da Positividade - Geraldo Rufino

Não importa o tamanho do problema que você enfrenta. E também se o seu mundo está repleto de maldades e tragédias. O Poder da Positividade será sempre o seu segredo para viver plenamente. É o que garante o escritor Geraldo Rufino.

Citações de Geraldo Rufino 

Continue aprendendo

Certamente, você tem muito a aprender com as histórias de homens e mulheres, que venceram o medo, a insegurança, a falta de dinheiro… enfim, que quebraram barreiras e chegaram ao topo. Aqui, no blog 12min, temos alguns posts interessantes para você. Por exemplo:

Já na Plataforma 12min, existe uma categoria inteira sobre empreendedorismo, com os microbooks das obras mais fascinantes e renomados autores. Nós selecionamos uma sugestão de leitura imperdível para você:

Mais Esperto Que o Diabo – Napoleon Hill

Mais Esperto que o Diabo - Napoleon Hill

Se você quer vencer os seus medos e limitações, então, esse livro é uma indicação perfeita. Escrito em 1938, Mais Esperto que o Diabo continua atual e inspirador. Nele, o autor Napoleon Hill destaca a importância de amarmos a nós mesmos e vivermos em harmonia com a nossa consciência.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

E se você curtiu o resumo do livro O Catador de Sonhos e as nossas dicas de leitura, deixe aqui os seus comentários. E lembre-se de compartilhar esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Pare de Pensar Como Empregado, Keith Smith, PDF

Você está preparado para entrar na mente dos empreendedores? O livro Pare de Pensar Como Empregado revela os segredos do sucesso profissional. São dicas que você também pode usar no seu dia a dia para desfrutar de uma vida profissional e pessoal mais gratificante e satisfatória.

livro pare de pensar como empregado pdf

Na verdade, o autor Keith Cameron Smith apresenta dez características marcantes dos empreendedores. Ou seja, a forma como eles pensam e agem, que os tornam diferentes dos empregados.

Por exemplo, segundo Smith, os empreendedores aceitam correr o risco do fracasso. Funcionários vêem o fracasso como algo ruim. Os empreendedores buscam soluções. Os funcionários são solucionadores de problemas. Quer outro exemplo: os empreendedores olham para o futuro, enquanto os funcionários olham para o passado. 

Então, você ficou interessado em aprender mais sobre empreendedorismo e, assim, dar uma reviravolta em sua vida? Vamos lá!

Pare de Pensar Como Empregado

O autor desse livro, Keith Cameron Smith, é um empresário americano e palestrante motivacional. Ele tem dez obras publicadas sobre auto-ajuda e finanças. 

Em Pare de Pensar Como Empregado, a proposta de Smith é sacudir o leitor para  levá-lo a assumir as rédeas da própria vida, enfrentando o medo do desconhecido, com atitude e confiança.

Para isso, ele apresenta as 10 características dos maiores empreendedores em todo mundo. Vamos falar sobre cada uma delas a seguir, para que você possa conhecer e também aplicar essa “receita” de sucesso.

1. Empreendedores passam mais tempo estudando do que se divertindo

livro pare de pensar como empregado pdf

A regra aqui é: nunca se divirta mais do que se educa. E, segundo o livro Pare de Pensar Como Empregado, a melhor educação vem da experiência de vida e da troca de conhecimentos com outros empreendedores. 

A experiência é a melhor escola para o empreendedor, afinal, garante Smith, é ela que ensina a pessoa a se educar continuamente. Além disso, a experiência ajuda a ter uma perspectiva positiva do fracasso e a encontrar soluções. 

É com a experiência que você conhece um pouco de tudo, aprende a dizer “a responsabilidade é minha”, a construir sua riqueza, a olhar para o futuro e se sentir confiante para assumir riscos. Veja outras dicas do autor:

Escolha livremente no que investirá seu tempo

A sua vida começará a melhorar no momento em que você assumir a responsabilidade pela sua educação. Ou seja, nada de ficar ouvindo o que as pessoas dizem sobre o que fazer. Em outras palavras, escolha livremente em que investir o seu precioso tempo.

Nunca pare de se educar

Você poderá encontrar todas as respostas de que precisa para ser bem-sucedido se nunca parar de se educar. Mas o autor de Pare de Pensar Como Empregado alerta: sucesso não tem a ver apenas com o que e quem você conhece; também está ligado àquilo que você escolhe aprender.

O caminho da liderança

Uma das principais necessidades de aprendizado está relacionada à capacidade de perceber as diferentes personalidades das pessoas. Se você conseguir isso, será capaz de falar a linguagem delas e entenderá suas necessidades. E, assim, tornará um líder.

E tenha em mente que empreendedorismo e liderança andam de mãos dadas, pois, liderança significa influência. 

Fortalecendo a rede de relacionamentos

Uma das habilidades dos grandes empreendedores é a capacidade de fazer networking ou construir relacionamentos. E, de acordo com o autor de Pare de Pensar Como Empregado, independentemente da personalidade, qualquer um pode aprender a construir bons relacionamentos.

2. Empreendedores têm uma perspectiva positiva do fracasso

pare de pensar como empregado pdf gratis

Para o autor de Pare de Pensar Como Empregado, o fracasso não é seu inimigo, ele é apenas um feedback. É um meio pelo qual aprendemos e crescemos. Mostra que ponto precisamos corrigir. Mas, infelizmente, para muita gente, fracassar é algo terrível, é uma rejeição.

Os empreendedores de sucesso também fracassam. Vejam como eles lidam com essa situação:

  • Não levam o fracasso para o lado pessoal; pelo contrário, eles acreditam que o fracasso é inevitável e educativo;
  • Assumem a responsabilidade pelos seus fracassos, ou seja, não jogam a culpa nos outros e nem ficam se justificando;
  • Enxergam no fracasso uma oportunidade para recomeçar de forma diferente e melhor;
  • Aprendem com o fracasso e usam essa experiência para se tornarem mas fortes e sábios.

3. Empreendedores encontram soluções

Pare de Pensar Como Empregado

Quando surge um problema, o empreendedor sabe que encontrar uma solução é responsabilidade dele. Ou seja, não tira o corpo fora.

De acordo com o autor de Pare de Pensar Como Empregado, uma das principais diferenças entre quem resolve problemas e quem encontra soluções é o tempo que cada um dedica a encontrar uma solução.

Ou seja, o empregado vai procurar uma solução provisória e depois passar a responsabilidade para outra pessoa. Então, essa outra pessoa precisa parar o que está fazendo e dedicar atenção ao problema, a fim de “tentar” resolvê-lo. E, se ela também tem a mesma mentalidade, vai repassando o problema pra frente.

Segundo o autor, as diferenças entre a mentalidade de encontrar soluções e a mentalidade de resolver problemas podem ser aplicadas para as questões pessoais e profissionais.

Problemas pessoais

Se você sempre tem problemas pessoais, não olhe para os outros – olhe para seus próprios hábitos, especialmente os diários. Ou seja, a disciplina diária pode ser o caminho para administrar sua vida de forma tranquila.

De acordo com Pare de Pensar Como Empregado, a disciplina diária vai ajudá-lo a criar hábitos positivos para que você possa desfrutar sua jornada com mais tranquilidade.

Problemas profissionais

A maioria dos problemas profissionais é resultado de falha de sistema, não de fracasso pessoal. Nesses casos, aqueles que encontram soluções trabalham para desenvolver sistemas que produzem resultados consistentes.

Desenvolver disciplinas e criar sistemas não é fácil, mas os prêmios e os benefícios valem o esforço. Empreendedores bem-sucedidos estão dispostos a dar duro agora para ter uma vida mais fácil depois.

4. Empreendedores sabem pouco sobre muitas coisas

Pare de Pensar Como Empregado e conhecimento

Administrar um negócio não é algo fácil. Pelo contrário, isso exige do empreendedor um grande esforço e tempo para aprender tudo o que precisa. E você pode acabar sobrecarregado e estressado se não se concentrar no quadro geral e delegar tarefas.

Veja alguns exemplos de como pensa e age o empreendedor, segundo o autor de Pare de Pensar Como Empregado:

  • Ele não enxerga um problema ou dificuldade como o fim do mundo. E não é mesmo;
  • Entende que as coisas dão errado de vez em quando e, calmamente, resolve os problemas e continua avançando com o quadro geral em mente;
  • Busca sempre aprender coisas novas sob facetas diferentes de seu negócio, para expandir a visão do quadro geral.

5. Empreendedores dão e recebem bem elogios e reprimendas

Pare de Pensar Como Empregado e feedback

Nesse caso, a palavra de ordem é “humildade”. De acordo com o livro Pare de Pensar Como Empregado, a humildade fornece a capacidade de aprender e crescer. É a disposição de considerar o que a outra pessoa está falando.

Ao contrário do que muita gente pensa, humildade não é fraqueza, é força. Arrogância sim é fraqueza e empurra o sucesso ladeira abaixo.

A arte da humildade extrai o melhor dos outros. Além disso, ela ajuda a desenvolver a capacidade de ouvir, sem interrupções. Com isso, o empreendedor consegue de fato se conectar com as pessoas.

Se em algum momento for necessário corrigir o outro, a orientação do autor é para que você faça isso com respeito, ouvindo-a com atenção, para entender a perspectiva dela. Além disso, certifique-se de incluir elogios sinceros.

E, quando for a sua vez de receber uma correção, pratique de novo um pouco de humildade e faça o melhor para respeitar o outro, de maneira sincera.

6. Empreendedores dizem: “a culpa é minha”

Pare de Pensar Como Empregado e responsabilidade

“A culpa é minha” significa reconhecer as coisas como elas são e agir para melhorá-las, de modo consistente, em direção a seus objetivos

O autor de Pare de Pensar Como Empregado ressalta que é mais desgastante ficar sentado e culpar, reclamar e justificar do que agir, mesmo quando isso exige grandes ações. Ou seja, grandes ações não o deixarão cansado. Pelo contrário, quando você age rumo a um objetivo, isso o energiza.

Além disso, é importante lembrar que todas as áreas da vida estão conectadas. Assim, o que acontece em uma área afeta as demais.

Enfim, ao se concentrar em seus objetivos e agir de forma consistente em direção a eles, você está dizendo essencialmente: “a culpa é minha, meus sucessos e meus fracassos são minha responsabilidade”.

7. Empreendedores criam riqueza

Pare de Pensar Como Empregado

O tempo é o bem mais valioso que possuímos. Ele é insubstituível. Mas o dinheiro também tem o seu lugar. Então, nunca fale que o dinheiro não é importante. É uma das mentiras mais destrutivas que as pessoas dizem a si mesmas, alerta o livro Pare de Pensar Como Empregado.

Smith defende que deveríamos valorizar o dinheiro e aprender a fazer com que ele se multiplique. Porém, ganhar dinheiro e fazê-lo crescer são conceitos bem diferentes. Ou seja, ganhar dinheiro tem muito pouco em comum com construir riqueza.

Você pode ganhar muito dinheiro, gastar tudo e voltar a ficar pobre. Quem nunca ouviu histórias assim? Por outro lado, mesmo ganhando menos, é possível guardar e investir.

Mas não se iluda. Se você quer mesmo construir riqueza, terá de experimentar fracassos e perdas. Ganhar dinheiro e perder dinheiro fazem parte do processo. Então, aceite, abrace, aprenda e mantenha-se focado em enriquecer.

8. Empreendedores voam com as águias

pare de pensar como empregado pdf

Preste bem atenção nisso: as pessoas com quem você passa o tempo influenciam suas decisões e afetam sua energia. Como elevadores, elas podem levá-lo para cima ou para baixo. 

O livro Pare de Pensar Como Empregado destaca que, nesse caso, o perigoso é que muitos não se perguntam como seus relacionamentos afetam a própria vida e interferem nos resultados. 

Então, pare e pense bem em seus relacionamentos. Algumas pessoas trazem luz à sua vida e o ajudam a ver melhor. Por outro lado, existem pessoas que trazem escuridão e o cegam.

Muitas de suas circunstâncias são um reflexo das expectativas das pessoas que você deixa influenciar sua vida. Quando prefere investir seu tempo com pessoas sábias que estão tendo sucesso e encontrando significado na própria vida, você aprende a fazer o mesmo com a sua.

9. Empreendedores olham para o futuro

pare de pensar como empregado pdf

Visão é uma ferramenta poderosa para impulsionar o sucesso. Ela faz as coisas acontecerem. Ela é força. É o que atrai sabedoria.

Todos os grandes empreendedores visualizam o que querem. Isso guia a vida deles e as ações diárias em direção a essa visão são as formas mais certas e rápidas para realizarem os sonhos.

Você também deve desviar sua atenção do passado e criar uma visão do futuro que deseja, se quiser experimentar sucesso e realização, assegura o autor de Pare de Pensar Como Empregado. Segundo ele, olhar para o passado pode ajudar a planejar o futuro, porém, planejar o futuro e agir sobre esse plano é a parte mais importante.

10. Empreendedores se arriscam por fé

pare de pensar como empregado pdf

Os resultados que você consegue são simplesmente um reflexo do que está ou não está fazendo. E as coisas que está ou não está fazendo são simplesmente os resultados de quem você acha que é.

Se você considerar que os seus resultados não são tão bons, você pode desenvolver uma crença subconsciente sobre si mesmo que diz: “não sou bom o suficiente”. E, se olhar um pouco mais fundo, pode encontrar uma crença que diz simplesmente: “não sou suficiente”.

Você é suficiente? Claro que é! Empreendedores acreditam neles mesmos. Se você não acredita em si mesmo, nunca encontrará oportunidades, nunca assumirá os riscos necessários e nunca conseguirá o sucesso significativo que deseja.

Continue aprendendo

Então, você gostou dos ensinamentos do livro Pare de Pensar Como Empregado? Lembre-se que todos nós enfrentamos obstáculos no meio do caminho, mas o importante é não desistir. E devemos agradecer por nossas experiências – boas e ruins. A gratidão alimenta a fé.

Aqui, no blog, temos outros posts que certamente serão valiosos para você impulsionar a sua carreira empreendedora. Por exemplo:

Frases de Keith Cameron Smith

Como você já sabe, Keith Smith é um escritor renomado, autor de vários livros de auto-ajuda e finanças. Algumas frases dele valem sua reflexão. Veja o que selecionamos para você!

O livro como forte aliado seu

pare de pensar como empregado download

Os empreendedores de sucesso leem muito. E eles leem de tudo. Então, use você também os livros como aliados permanentes. 

A plataforma 12min pode ser uma parceria no seu projeto de obter sucesso pessoal e profissional. Lá você encontra uma rica biblioteca e todos os livros estão no formato microbook. 

Veja duas opções de leitura que selecionamos para você que deseja brilhar no mundo do empreendedorismo:

O Lado Difícil das Situações Difíceis – Ben Horowitz 

Livro O Lado Difícil das Situações Difíceis

O autor sabe como ninguém como construir um negócio, quando não existem respostas prontas. Nesse livro, ele compartilha a sua saga no comando da startup Opsware, que veio a ser vendida para a HP por U$ 1,6 bilhões de dólares.

O Lado Difícil das Situações Difíceis é uma leitura obrigatória para CEOs de primeira viagem. Ele é valiosíssimo, também, para executivos de startups em alto crescimento e investidores que querem saber como é estar do outro lado da mesa.

Segundo o autor, é desafiador ser um CEO, mas uma habilidade-chave que se destaca nos melhores profissionais é a capacidade de fazer a coisa certa, mesmo quando não existem boas opções.

Paixão por Vencer – Jack Welch

livro Paixão por Vencer

Se existem pessoas que conhecem muito bem a receita do sucesso, uma delas é Jack Welch. Ex-CEO da General Electric (GE), ele aposentou-se com o maior bônus da história: 417 milhões de dólares. As suas estratégias, no comando dessa indústria e que o levaram ao topo do pódio, você vai conhecer no livro Paixão por Vencer.

Durante os 20 anos à frente da GE, Jack Welch conduziu um crescimento estrondoso da empresa, passando dos U$ 12 bilhões para U$ 400 bilhões. Números pra ninguém botar defeito. Obsessivo pela vitória, Welch foi um supercompetitivo empreendedor, que entrou em campo com um único objetivo: vencer. E ele conseguiu.

Assim, nesse livro, você vai saber como Jack Welch superou crises na GE e planejou o futuro da companhia sem perder a flexibilidade. Além disso, o autor apresenta as suas estratégias para encontrar, contratar e reter os melhores talentos. Entre elas, a metodologia 20-70-10.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Então, se você curtiu o resumo do livro Pare de Pensar Como Empregado e as nossas dicas de leitura, deixe aqui os seus comentários!

Além disso, se você tem outra dica de leitura legal sobre empreendedorismo, fale pra gente! E lembre-se de compartilhar esse post com os seus amigos, em sua rede social!




Resumo do Livro Supere o Não, de William Ury, em PDF

Como conduzir negociações difíceis? No livro Supere o Não, o renomado escritor William Ury dá dicas valiosas para se obter sucesso, num acordo onde todos saem ganhando. Por exemplo, ele salienta que um negociador deve controlar as suas emoções, respeitar o outro e as opiniões alheias, comunicar-se de forma persuasiva e fazer ofertas irrecusáveis.

Livro Supere o Não

E as dicas de Ury não valem apenas para o mundo dos negócios. Pelo contrário, você pode usar os ensinamentos dele no seu cotidiano, numa venda pessoal, na hora de pedir um aumento salarial ou para definir a mesada dos filhos, etc.

Afinal, lembra o autor, todos nós estamos sempre negociando, com o objetivo de levar uma outra pessoa a concordar conosco. O problema é que essa necessidade de sair vencedor, muitas vezes, impede um acordo melhor entre as partes. E nesse caso, todo mundo sai perdendo.

Então, já deu para perceber o quanto é importante conhecermos e dominarmos as estratégias de negociação. Assim, se você quer mesmo investir no seu sucesso, continue lendo esse post. Vamos lá!

Sobre o autor

William L. Ury é escritor e professor da Faculdade de Harvard e um dos principais especialistas em negociação e mediação em todo mundo. 

Além de Supere o Não, ele é co-autor de Roger Fisher e Bruce Patton no livro Como Chegar Ao Sim – um best-seller de quinze milhões de cópias e que foi traduzido para mais de trinta e cinco idiomas. Ury escreveu várias outras obras, entre elas, O Poder do Não Positivo e The Third Side. 

Ury é formado em Antropologia Social, com bacharelado pela Yale e Ph.D. pela Harvard, duas entre as mais conceituadas universidades americanas. Em 1981, ajudou a fundar o Programa de Negociação na Harvard Law School.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o autor, vamos conhecer as dicas dele para se conduzir negociações vitoriosas.

Supere o não, controlando as suas emoções

supere o nao willian ury pdf

Nervosismo, mau humor ou qualquer outro sentimento negativo sobre a negociação ou sobre você podem interferir no resultado ou até mesmo impedir que o acordo seja fechado. Assim, é essencial que você descubra o que realmente está acontecendo, para transformar o “não” em uma negociação positiva.

O autor de Supere o Não é enfático, ou seja, se você entender os problemas do outro, será capaz de superá-los. Para isso, você deve antes de tudo esquecer o seus próprios sentimentos negativos, para que o problema seja afetado apenas pelas emoções de quem está do outro lado.

Veja outras dicas de William Ury:

  • Evite reagir, rebatendo críticas e ataques, porque isso pode resultar em uma discussão sem objetivo. Ou seja, em alguns casos, a melhor reação é não reagir, pausar e ficar em silêncio no meio da negociação. Nessas horas, a velha tática de contar até dez pode ser muito útil.
  • Mantenha a comunicação aberta.
  • Seja flexível e compreensivo.
  • Reconheça quando você estiver perdendo o controle das suas emoções. Afinal, os negociadores experientes usam a tática de apelar para a emoção do outro, com a finalidade de deixá-lo vulnerável e, assim, explorar suas fraquezas.
  • Para evitar que o outro explore as suas emoções, pense sobre a negociação com calma. Reflita sobre o que de pior poderia acontecer e planeje o que você faria nesse caso.

Enfim, ter o controle do seu próprio comportamento é o primeiro passo para vencer o “não” da outra pessoa.

Supere o não, praticando o respeito

supere o nao pdf download

Numa negociação, um dos segredos é fazer que a outra pessoa o escute. Mas ocorre que, muitas vezes, ninguém a escutou antes ou ela precisou de muita energia para ser ouvida. Assim, se ela quer expor suas ideias, deixe-a fazer isso.

Mas o autor de Supere o Não explica que você deve mostrar que está feliz em escutá-la. Quando for possível, concorde com ela. Afinal, a outra parte está esperando pela sua resistência e essa é a sua oportunidade de quebrar a barreira.

Veja outras dicas do autor para demonstrar respeito e abrir o caminho para uma boa negociação:

Peça desculpas

Desculpar-se não é sinal de fraqueza. Pelo contrário, isso desperta confiança e pode ser um sinal de que você está assumindo a responsabilidade e o controle da situação.

Reconheça as competências do oponente

Faça com que o outro negociador saiba que você reconhece a autoridade dele. Uma dica para se fazer isso é usar frases do tipo “com a sua permissão” e “se você concordar”. Para reforçar a competência dele, diga, por exemplo, “eu agradeço pela sua paciência” ou “obrigado pela sua explicação sobre este detalhe”

Consulte a outra parte

Quando a pessoa é consultada, o livro Supere o Não garante que ela se sente valorizada e fica mais aberta a aceitar mudanças. Então, em vez de impor qualquer alteração, pergunte o ponto de vista do outro lado, escute com respeito e dê feedback. 

Demonstre paciência e persistência

Quando você mostra que realmente quer escutar o outro lado e se envolve com o que está sendo dito, é mais provável que a participação de todos seja ampliada.

Supere o não, valorizando as opiniões de todos

Supere o Não livro

Geralmente, uma negociação funciona assim: uma parte se apega ao seu próprio ponto de vista e o defende “com unhas e dentes”. O outro lado, portanto, usa o caso oposto e também se apoia nele. O que ocorre, então, é que ambos são forçados a escolher um lado e argumentar sobre ele.

Assim, a dica do livro Supere o Não é livrar-se das posições difíceis. Ou seja, interrompa a rotina confortável e as estratégias que a outra pessoa está acostumada a seguir e se fuja de reações automáticas, considerando soluções mais abertas e criativas.

Como fazer isso na prática:

  • Tente enxergar o ponto de vista do outro, afinal, ele realmente pode ter um argumento válido.
  • Deixe claro que você gostaria de entender as razões dele e peça que justifique seus pontos de vista – que podem ser razoáveis ou irracionais. Nesse último caso, ele não conseguirá explicar, perdendo assim posição de poder na negociação.
  • Tente concordar com o outro sempre que possível. Ou seja, encontre pontos em comum e os registre no seu discurso. Essa é uma atitude que aumenta o respeito do outro por você.

Supere o Não com uma comunicação persuasiva e otimista

negociando com pessoas dificeis

O resultado de uma negociação depende muito da forma como você se comunica. Portanto, sugere o livro Supere o Não, você deve garantir que o tom emocional das discussões permaneça positivo e não se transforme em uma disputa.

1º Passo: Use linguagens que evitem as reações negativas.

Se você se referir à outra pessoa negativamente ou usar algo que ela falou para inibi-la, estará levando-a para a defensiva. Afinal, ninguém gosta disso. A dica é reformular a linguagem e ter um tom mais adequado e polido. Veja algumas sugestões:

  • Foque em falar sobre você mesmo e incluir um objetivo positivo. Por exemplo, use a  frase “eu sinto que poderíamos economizar mais” em vez de “você está desperdiçando nosso dinheiro”. 
  • Concentre-se no futuro, ou seja, pergunte “Como podemos gerar mais economias para a empresa no futuro?” Assim você esquece o presente e o passado e adota uma comunicação propositiva e otimista.
  • Mostre que você entende o que a outra pessoa está dizendo. Sempre que possível, repita o que a outra pessoa disse com frases como “se eu entendi corretamente, você acha que o item x é importante e você está frustrado porque ele não está incluso no escopo, certo? 

2º Passo: Leve a outra pessoa a entender o seu ponto de vista. 

Peça um conselho, usando perguntas como “se você estivesse na minha posição, o que você faria?” De acordo com o livro Supere o Não, essa é uma estratégia que demonstra respeito.

Supere o Não, fazendo as pessoas concordarem com você

Supere o Não

Quando se está perto de fechar um acordo, é comum o outro lado ainda demonstrar relutância. Nesses casos, você precisa lançar mão de algumas estratégias de encorajamento. Segundo o autor, alguns exemplos são:

Acostumar a outra parte com o “sim”

O “sim” é uma palavra psicologicamente muito positiva. Dessa forma, mude o tom da conversa, conduzindo a outra parte a responder com sim, mesmo quando se trata de coisas negativas. Por exemplo: “você está dizendo que está nervoso e frustrado com a nossa empresa?” “Sim!” “e que você gostaria de um reembolso total?” “Sim!”

Faça com que as propostas pareçam ser ideias do outro lado, sempre que isso for possível

O livro Supere o Não orienta pedir sugestões e, se concordarem com você, construa algo em cima dessas ideias: “eu gostei da sua ideia de..” ou “em relação às sugestões que você deu ontem…”

Faça proposta favorável para ambas as partes

Considere que o outro lado pode ter interesses além do dinheiro. Por exemplo, manter sua autonomia? Visibilidade na mídia? Reconhecimento do mercado? Se você pode ajudá-los a alcançar estes objetivos, é mais provável que eles digam sim a você.

Supere o Não com ofertas irrecusáveis 

supere o nao willian ury pdf download

Você precisa ainda alertar o outro lado sobre o custo e os impactos de não fazer negócios com você. No entanto, tenha consciência de que existe uma linha tênue entre alertar as pessoas e fazer uma ameaça. 

O autor de Supere o Não explica que um alerta dá informação sobre o que é provável que aconteça, ajudando o oponente a pensar sobre consequências desastrosas. Diferentemente, a ameaça sugere uma ação que será tomada para ferir o outro lado de alguma maneira. Isso coloca a pessoa na defensiva.

A frase “eu vou te processar se você não cooperar” é uma ameaça. Mas se você disser “se não chegarmos a um acordo e precisarmos resolver na Justiça, pode custar caro, concorda?”

Você também deve perguntar o que vai acontecer se nenhum acordo for alcançado. Afinal, não tomar decisões é a mesma coisa que tomar a decisão de não fazer nada. 

Supere o Não, evitando o “pegar ou largar”

Supere o Não

Evite uma proposta final sobre a qual não existe mais possibilidade de negociação. Segundo Ury, essa é uma técnica usada por vendedores menos sofisticados.

Por exemplo, se em uma negociação, alguém lhe oferece um grande desconto, que só está disponível para aquele dia, tenha consciência de que o outro lado está lhe pressionando. 

Nesse caso, a dica do livro Supere o Não é: agradeça pela oferta, resuma tudo que a outra parte ofereceu e diga que vai conversar com o seu time, antes de dar uma resposta. Ganhe tempo para avaliar se aquele cenário é realmente bom para você e não tome a decisão no calor do momento.

Se você precisa tomar a decisão imediatamente, peça para fazer uma rápida ligação para alguém. Mas saia da sala para fazer essa ligação. Isso pode lhe dar uma boa distância emocional para pensar e tomar uma decisão equilibrada. 

Se a pessoa do outro lado se recusa a deixar que você pense sobre a oferta, então, provavelmente, a melhor decisão é desistir.

Existem perigos óbvios em fazer acordos sem explorar as consequências ou alternativas. Se o acordo é realmente bom, a outra parte deve permitir que você descubra isso, em vez de colocar pressão para que você decida rapidamente.

Enfim…

As negociações podem consumir muito tempo e esgotar sua paciência e as suas emoções. No entanto, se você usar corretamente as estratégias do livro Supere o Não, poderá vencer a resistência das pessoas e gerar acordos duradouros.

10 Frases e citações de William Ury

Outras preciosidades do autor

Então, você gostou dos ensinamentos de William Ury? Ele realmente sabe o que está falando, afinal, é considerado um dos mais competentes negociadores em todo mundo.

No 12min, você pode conhecer outra obra famosa do autor. Trata-se do Como Chegar Ao Sim, em co-autoria com Bruce Patton & Roger Fisher.

Você provavelmente vai gostar de ouvir também o Ted de William Ury, O caminho entre o “não” e o “sim”. Esse material já tem cerca de 2.365.000 visualizações, com transcrição em Português. 

Confira dois trechos desse talk:

“Pelo bem de nossos filhos, pelo bem de nossa família, pelo bem de nossa comunidade, pelo bem de nosso futuro, vamos parar de brigar por um minuto e começar a conversar. Porque, o fato é, quando estamos envolvidos em um conflito, é muito fácil perder a perspectiva. É muito fácil reagir. Seres humanos: nós somos máquinas de reagir. Enquanto as palavras vão saindo, quando com raiva, você faz o melhor discurso você vai se arrepender.”

“..o andar tem um poder real. Eu sei, como antropólogo, andar é o que nos faz humanos. É engraçado, quando você caminha, você caminha lado-a-lado na mesma direção. Agora, se eu fosse chegar até você cara-a-cara e chegasse assim perto, você se sentiria ameaçado. Mas se eu caminhar ombro-a-ombro, mesmo tocando os ombros, não há problema. Quem briga enquanto anda? É por isso que sempre, nas negociações, quando as coisas ficam difíceis, as pessoas vão caminhar entre as árvores.”

Continue aprendendo

Se você quer aprender mais sobre a arte de negociar, seja no trabalho ou no seu cotidiano, o 12min tem outras obras fascinantes. Veja a dica que selecionamos hoje para você:

As Armas da Persuasão – Robert Cialdini

livro As Armas da Persuasão

Esse é um best-seller que já vendeu mais três milhões de cópias. Coincidência? Claro que não. O sucesso desse livro está baseado em dois itens principais: tema relevante para um grande número de pessoas e talento do autor. 

Robert Cialdini é um PhD em Psicologia e professor emérito de Psicologia e Marketing na Universidade do Estado do Arizona (EUA). Cialdini é autor de vários livros.

E por que persuasão é um assunto que interessa muita gente? Simples. Porque todos nós estamos sempre defendendo um projeto ou uma ideia, seja no trabalho ou até mesmo em nossas vidas pessoais. E para termos sucesso, precisamos prender a atenção das pessoas e influenciá-las em suas decisões. Imperdível!

Você deve curtir também, no 12min:

  • SPIN Selling, de Neil Rackham –  o autor revela um novo jeito de entender o ambiente da negociação e a fazer as perguntas certas!
  • 251 Dicas Práticas de Negociação, de Luis Henrique Boaventura – o autor ensina você a ser um melhor negociador. Afinal, é praticamente impossível ser um profissional de sucesso sem desenvolver habilidades dessa natureza.

Todas as obras do 12min estão disponíveis no formato microbook, para ajudar você a absorver toneladas de conhecimento sobre carreira, negócios e desenvolvimento pessoal, na velocidade que o mundo exige. E você pode optar, ainda, pela versão audiobook.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se as informações do livro Supere o Não e as nossas dicas de leitura foram valiosas para você, certamente serão importantes para os seus amigos também. Então, deixe aqui os seus comentários e compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Gente Que Convence, de Eduardo Ferraz, em PDF

Quando se trata de “vender” uma ideia, serviços ou produtos, o seu talento não é suficiente para se obter sucesso. Ou seja, segundo o livro Gente Que Convence, as pessoas somente prestarão atenção em você, se a sua mensagem for impactante.

livro Gente que Convence

E existem técnicas para isso que, segundo o autor Eduardo Ferraz, se praticadas corretamente, potencializarão a sua capacidade de persuasão.

Mas não estamos falando apenas no que se refere ao trabalho. Pelo contrário, você pode aplicar esses conhecimentos também nos seus relacionamentos familiares, com os amigos, na comunidade etc.

O livro Gente que Convence garante: “não saber negociar ou não gostar disso pode lhe trazer grandes prejuízos financeiros e emocionais. Isso porque, mesmo sem perceber, você negocia o dia todo, e muitas das negociações afetarão sua semana, seu ano ou toda a sua vida”.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Então, venha com a gente!

Autoconhecimento

gente que convence eduardo ferraz

Geralmente, as pessoas com alto poder de convencimento têm uma característica marcante em comum: o autoconhecimento. Mas por que isso é importante? O livro Gente que Convence explica que quem se conhece bem avalia rapidamente as oportunidades e consegue se posicionar com eficiência em diferentes situações.

E, para o autor, eficiência significa priorizar o que tem grande chance de êxito e descartar, rapidamente, casos em que não tenha aptidão para fazer bem-feito.

Características das pessoas com autoconhecimento 

Mas lembre-se: para convencer, você precisa estar convencido.

Qual é o seu potencial de convencimento?

Muita gente se pergunta: “Será que levo jeito para tocar violão? Ser chefe? Dar palestras? Ter meu próprio negócio?… No entanto, que tal trocarmos a expressão “levo jeito” por “tenho potencial”? 

O autor de Gente de Convence lembra que o seu potencial de convencimento será uma medida importante para definir até onde poderá chegar. Porém, não garante bons resultados, se você não aprender a utilizá-lo ao máximo.

Por outro lado, ter baixo potencial de convencimento exigirá muita disciplina e estudo para ser bem-sucedido.

Gente que Convence e a personalidade

gente que convence pdf

Eduardo Ferraz compara a personalidade com um prédio. Ou seja, a estrutura é estável, mas o acabamento muda quantas vezes o morador quiser. Assim, você não pode trocar um prédio de lugar, mas pode modificar a pintura, o piso, a decoração, os encanamentos etc.

Agora, imagine uma pessoa. É pouco provável que um adulto tímido transforme-se em alguém extrovertido, pois, isso faz parte da estrutura de seu prédio/personalidade. Mas ele pode mudar o acabamento de sua personalidade/prédio ao aprender a falar em público, expressar-se com mais clareza e até participar de alguns eventos sociais. Tudo isso sem deixar de ser, na essência, uma pessoa introvertida e reservada a maior parte do tempo.

Assim, ressalta o autor de Gente de Convence, o importante é que você conheça suas características estruturais mais marcantes e aprenda a usá-las ao máximo. Além disso, é essencial, também, ajustar o que está faltando por meio do acabamento. Veja alguns exemplos de como fazer isso:

  • Característica dominante: cuidar para não amedrontar as pessoas.
  • Característica obediente: aprender a impor-se em algumas situações.
  • Característica extrovertido: aperfeiçoar sua capacidade de escutar.
  • Característica tímido: desenvolver a habilidade de falar um pouco mais.
  • Característica impaciente: aprender a ser menos intolerante com pessoas lentas.
  • Característica calmo: aumentar um pouco seu ritmo.
  • Característica perfeccionista: aprender a relaxar em algumas situações.
  • Característica flexível: aperfeiçoar sua capacidade de seguir regras.

Os cinco modelos de personalidade

  • Solitário/Independente
  • Resolvedor/Estudioso
  • Desafiador/Supersincero
  • Carismático/Criativo
  • Mão na massa/Trabalhador

Cerca de 20% das pessoas não têm nenhum dos cinco perfis em alta intensidade, mas apresentam atributos de pelo menos três desses citados acima. Em qual deles você se enquadra?

Valor?

A maioria das pessoas precisa “vender seu peixe” no dia a dia. Por exemplo, isso ocorre numa entrevista de emprego, ao estimular um filho a estudar, ao orientar um amigo a procurar por um tratamento médico etc.

Em qualquer situação, o autor de Gente de Convence alerta que o importante é ter em mente que negociação é uma troca e você precisará oferecer algo que a pessoa dê real importância. 

Assim, você precisa analisar o valor daquilo que oferece para, então, escolher uma estratégia coerente de convencimento. Lembre-se que será ineficaz usar as mesmas técnicas para diferentes percepções.

Valor versus Preço

gente que convence pdf download gratis

Muita gente confunde preço com valor. Isso é um erro. Afinal, preço é um número, enquanto valor é a importância que se dá a algo.

O que aumenta o valor de seu produto ou serviço:

  • Alta qualidade;
  • Reconhecimento público;
  • Boa reputação;
  • Preço compatível com a lei de oferta e procura;
  • Boa distribuição (estar disponível para compra);
  • Propaganda eficiente;
  • Ser raro ou exclusivo;
  • Ter um grande público-alvo;
  • Ter alta demanda;
  • Ser superior à concorrência.

Enfim, tenha valor. O preço vem depois.

Qual é o seu nicho?

Para se tornar “gente que convence”, você precisará, antes de tudo:

  • Melhorar seu potencial de convencimento;.
  • Assumir seu perfil de convencimento, maximizando os seus pontos fortes e minimizando seus pontos fracos;
  • Aumentar o potencial de valor de seus produtos e serviços;
  • Melhorar o seu desempenho atual.

Desses quatro itens, o que você pode aproveitar mais rapidamente é o item 2, que é o perfil de convencimento. 

Ter um perfil predominante mostra uma direção, um caminho a ser seguido para melhor convencer as pessoas. O problema é que muita gente, em vez de aprimorar e usufruir os pontos fortes de seu perfil, prefere mudá-lo e acaba se frustrando. Isso ocorre porque não usa o próprio modelo e também não consegue construir outro.

O livro Gente que Convence alerta apenas para tomar cuidado para não ficar com a fama de “quebra-galho”. 

Qual a diferença entre o flexível e o quebra-galho?

  • O quebra-galho faz um pouco de tudo, mas não se destaca em nada. 
  • O flexível produtivo tem uma especialidade, uma função principal, uma profissão na qual é muito competente, mas se adapta, quando necessário, a mais atividades.

Por isso, encontre um nicho, um lugar, uma profissão, um emprego que valorize alguém flexível, mas procure criar a marca de alguém com jogo de cintura e supercompetente.

Perseverança versus Perda de tempo

livro gente que convence

O autor de Gente que Convence lança uma pergunta: “como saber se você deve insistir em algo ou desistir e começar de novo?”

O autor afirma que é preciso ser persistente, dedicado, comprometido e paciente, quando se tem um bom processo em andamento. Isso vale para um relacionamento afetivo, aplicações financeiras, estudo, emprego, carreira e amizades.

Mas existe outra realidade. Ou seja, por teimosia, medo de ficar sem nada ou vergonha de admitir o erro, às vezes, as pessoas se mantêm em posições equivocadas, tentando reverter uma tomada de decisão infeliz. 

No entanto, assegura Eduardo Ferraz, faz parte do jogo conviver com altos e baixos. Só tome cuidado com excesso de indecisão. 

É ruim ficar dividido por um tempo prolongado, pois, a dúvida paralisa, trava a tomada de decisões e prejudica os resultados. Logo, não fique em cima do muro.

Características versus Benefícios

Imagine que você quer comprar um notebook e o vendedor lhe fiz o seguinte: “Essa é uma máquina equipada com processador Intel® Core™ i5 dual core de 1,6 GHz (Turbo Boost de até 2,7 GHz), 3 MB de cache L3 compartilhado, 256 GB de armazenamento em flash com PCIe, 8 GB de memória LPDDR3 1.600 MHz integrada”.

Entendeu alguma coisa? Provavelmente, você e os outros 99,9% dos interessados não têm ideia do que isso significa. Afinal, o vendedor falou apenas das características do produto, ou seja, aspectos puramente técnicos, muitas vezes incompreensíveis aos leigos. 

Os benefícios são coisas diferentes. Isso é, eles são as soluções, as vantagens que o produto ou serviço proporciona a quem o utiliza. Assim, garante o livro Gente que Convence, devemos transformar características em benefícios para convencer melhor. Veja um exemplo de um sabonete líquido:

Característica – “Fórmula com 2% de triclosano.”

Benefício – “Nosso produto permite um efeito antisséptico de 99% contra bactérias, pois, ele tem o dobro da concentração de um princípio ativo chamado triclosano, em comparação com os outros produtos. Isso lhe proporcionará uma proteção extra sempre que utilizá-lo.”

O que as pessoas desejam?

Existem cinco motivadores que resumem brevemente o que as pessoas desejam:

  • Obter lucros
  • Evitar perdas
  • Evitar dor
  • Satisfação pessoal
  • Aprovação social

Segundo o autor de Gente que Convence, a complexidade do assunto aumenta quando a pessoa tem esses cinco motivadores em média intensidade, ou seja, quando quer um pouco de tudo.

Também podem ocorrer mudanças em função do contexto. Exemplos: um indivíduo cuja motivação estrutural é aprovação social, mas, ao perder o emprego, sua motivação muda. 

Por isso, é preciso ficar atento para identificar o principal motivador da pessoa. O seu produto depende dessa identificação. Quanto mais rápido você identificá-la, melhor.

Vencendo a desconfiança

Gente que Convence

A maioria das pessoas é geneticamente programada para desconfiar da intenção de estranhos – e até de conhecidos. Portanto, ressalta o autor de Gente que Convence, você precisa romper essa barreira, tirar a pessoa da defensiva, permitir que ela relaxe e interaja com uma relação franca e amistosa.

Há alguns fatores que aumentam essa barreira invisível e induzem a pessoa a permanecer na defensiva, omitir informações ou manter uma falsa amabilidade. Quebre-a!

Conheça o mapa mental do seu interlocutor

Você quer ter sucesso em suas ações de persuasão? Então, assegura Gente que Convence, é fundamental analisar previamente a pessoa a ser convencida para descobrir como ela funciona mentalmente. Descubra qual é o principal motivador dela, profissão, família, hobbies, paradigmas morais e, principalmente, as características mais marcantes de personalidade.

A pessoa que você quer convencer é dominante ou obediente? Extrovertida ou introvertida? Paciente ou impaciente? Meticulosa ou flexível? Quanto mais souber a respeito do “mapa mental” de seu interlocutor, mais fácil ficará evitar um tema sensível e mais agradável será uma conversa sobre assuntos afins, como um hobby. 

Com o avanço das mídias sociais e dos sites de busca, essa missão ficou mais fácil. Afinal,  quase todos deixam um “rastro” de informações pessoais e profissionais que você deve conhecer para se adaptar melhor ao mapa mental do outro.

A regra dos 5 minutos

O parecido atrai, o diferente repele. Portanto, em um primeiro encontro, você terá pouquíssimo tempo para causar uma boa impressão, quebrar a barreira invisível e deixar o outro à vontade para descobrir o que ele quer.

O livro Gente que Convence explica que os primeiros cinco minutos de conversa é o tempo que a maioria das pessoas precisa para, inconscientemente, avaliar se o interlocutor representa uma ameaça ou uma oportunidade. Nesse período, você precisará manter uma postura amistosa e respeitosa, até conseguir “ler” a outra pessoa.

Atenção genuína

livro Gente que Convence

Todos nós apreciamos quem nos dá atenção genuína, mas isso é cada vez mais raro. A impaciência, aliada à falta de tempo, faz com que interrompamos as pessoas, falemos muito e escutemos pouco. Com isso, perdemos a preciosa oportunidade de saber o que o outro pensa.

Ou seja, demonstrar interesse não é apenas uma questão de educação e respeito, mas também uma das estratégias mais eficazes para conquistar a simpatia de qualquer pessoa.

Outra forma de demonstrar interesse pelo outro é fazer, pelo menos no início da conversa, mais perguntas do que afirmações. Perguntas indicam respeito, consideração e preocupação com a opinião do outro.

Gere curiosidade a seu respeito

A dica de ouro aqui é: controle sua ansiedade, dê informações resumidas e deixe o outro desejar mais dados a seu respeito ou do que você tem a oferecer. 

Lembre-se de que, nas fases anteriores, você tomou todo o cuidado para manter o foco em seu interlocutor para deixá-lo à vontade em sua presença. A partir de agora, ele estará interessado em saber mais detalhes a seu respeito. Aprenda a gerar curiosidade, não seja afoito.

Apresente seu rastro

Em alguns casos, seu interlocutor ficará à vontade rapidamente. Em outros, demorará um pouco mais. A deixa será quando ele disser, por exemplo: “Já conversamos bastante sobre mim, fale um pouco sobre você”; “Como você chegou até aqui?”; “Qual é sua história de vida?”; “Qual é sua formação?” ou “Qual é sua experiência profissional?”.

Aí está a grande chance de falar a seu respeito, principalmente, porque o outro pediu, assegura o livro Gente que Convence. Entretanto, cuidado para não cair na tentação de falar de produtos ou serviços, antes de falar de si, pois, o foco ficaria na parte técnica, na execução ou simplesmente no preço.

A confiança, em primeiro lugar, precisa ser em você. Por isso, seja breve e impactante.

Ferramentas que fazem a diferença

Valorize ao máximo o que você tem, mas não invente. Você trabalhou duro para conseguir a atenção de seu interlocutor e não pode colocar tudo a perder, mentindo ou exagerando.

Logo, não encare a sequência proposta como algo rígido, tipo “os passos obrigatórios do convencimento”. Pelo contrário, orienta o livro Gente que Convence, use-a para testar como funcionam em sua realidade. Vamos lá:

  • Aproveite seu perfil de convencimento.
  • Fale sobre sua vida, conhecimentos e experiências.
  • Demonstre confiança, assuma a responsabilidade.
  • Abra espaço para ser questionado.
  • Use o bom humor.
  • Demonstre humildade, mas evite o “coitadismo”.
  • Explique como resolverá os problemas/necessidades do outro.
  • Ofereça valor, não preço.
  • Ofereça uma “amostra grátis”.

Lembre-se: o “não” você já tem.

Seja positivo, mas treine bastante

Gente que Convence

Há dois grandes modelos de aprendizado, baseados em dois tipos de memória: 

  • A memória explícita: formada por todas as nossas lembranças conscientes, que começam desde a infância até o presente momento. 
  • A memória implícita: contém o registro inconsciente, como sentimentos, emoções, inclinações, medos e talentos inatos.

O conhecimento explícito permite que você descreva, em detalhes, um automóvel. O implícito possibilita que você dirija esse automóvel de forma quase automática.

Segundo o autor de Gente que Convence, estima-se que mais de 90% de nossas tomadas de decisões sejam baseadas na memória implícita. São aquelas várias coisas que fazemos automaticamente, sem pararmos para analisar, e que, em grande parte, comandam nossas vidas.

Tudo aquilo que nos esforçamos para aprender conscientemente tem relação com o conhecimento explícito, que, com dedicação, pode se transformar em implícito.

No começo, será difícil se controlar e o seu velho eu, a memória implícita antiga, tentará tomar conta e voltar ao passado. Portanto, insista! O tempo joga a seu favor e a tendência será melhorar devagar e sempre. 

Treine as técnicas, conheça-se e busque aperfeiçoar seus conhecimentos para torná-los implícitos.

Com as técnicas de convencimento se dá o mesmo, e quanto mais treinar, mais seguro e confiante você ficará. Seus resultados melhorarão com consistência e até o cérebro mais resistente começará a registrar as vantagens de utilizar os novos aprendizados que, apesar do esforço inicial, facilitarão sua vida.

Continue aprendendo

Você gostou do resumo do livro Gente que Convence, de Eduardo Ferraz? No 12min, a sua plataforma de desenvolvimento pessoal, você encontra uma variedade enorme de outras obras fascinantes, dos mais renomados autores. Tudo nos formatos microbook e audiobook. 

Mas, se você quer mesmo se aprofundar nesse tema, nós do 12min lhe sugerimos a leitura de um outro best seller imperdível. Pegue aí!

As Armas da Persuasão – Robert Cialdini

livro As Armas da Persuasão

Esse é um best-seller que já vendeu mais três milhões de cópias. Coincidência? Claro que não. O sucesso desse livro está baseado em dois itens principais: tema relevante para um grande número de pessoas e talento do autor. 

E por que persuasão é um assunto que interessa muita gente? Simples. Porque todos nós estamos sempre defendendo um projeto ou uma ideia, seja no trabalho ou até mesmo em nossas vidas pessoais. E para termos sucesso, precisamos prender a atenção das pessoas e influenciá-las em suas decisões.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Então, você curtiu o resumo do livro Gente que Convence e também a nossa dica de leitura? Deixe aqui a sua opinião e lembre-se de compartilhar esse post em sua rede social! Afinal, se as informações foram úteis para você, certamente ajudarão os seus amigos também.




Resumo do Livro O Homem Mais Rico da Babilônia, George Clason, em PDF

Por que algumas pessoas adquirem fortunas tão incríveis? O autor do livro O Homem Mais Rico da Babilônia tem as respostas. Além disso, Clason garante que a criação de riqueza é algo que pode ser aprendido por todos nós. E ele ensina as principais lições para se chegar lá.

livro O Homem Mais Rico da Babilônia

Mas não pense que o dinheiro nasce no fundo do quintal, sem esforços. Pelo contrário, é preciso muito estudo, foco, proatividade, planejamento e controle financeiro. Se você seguir os ensinamentos de Clason, terá grande chance de subir para o patamar daqueles que “esbanjam” prosperidade. 

O Homem Mais Rico da Babilônia

A Babilônia já foi a cidade mais rica do mundo, criando terras férteis onde antes havia apenas deserto. Tudo por meio de um inovador uso da irrigação.

Como se não bastasse, o autor George Clason observa que a Babilônia foi também berço das finanças modernas. Além de utilizar o dinheiro como meio de troca, eles já negociavam notas promissórias, títulos de propriedade e até realizavam empréstimos. Tudo, aparentemente, muito moderno para a época.

Inspirado nesse sucesso, Clason escreveu fábulas que demonstram os princípios das finanças e da construção de riqueza.

Continue lendo e fique por dentro do resumo do livro O Homem Mais Rico da Babilônia, também em PDF (veja aqui ao lado).

Sobre o autor

O americano George Samuel Clason é autor do livro mais antigo e famoso sobre finanças pessoais: O Homem Mais Rico da Babilônia, lançado em 1926. Ele é natural da Louisiana, Missouri, e ficou conhecido por escrever uma série de panfletos informativos, usando parábolas, sobre como ser econômico e como conseguir sucesso financeiro. 

O objetivo de Clason era divulgar informações relevantes para que todas as pessoas pudessem ter oportunidades de uma vida decente e boa velhice, independentemente de onde estivessem.

Na época, o bancos e companhias de seguros começaram a distribuir as parábolas de Clason. Mais tarde, as mais famosas foram reunidas no livro O Homem Mais Rico da Babilônia.

Vamos conhecer, então, algumas dicas do autor.

Quer enriquecer? Invista!

o homem mais rico da babilonia audiobook

Se você está consumindo mais do que ganha, pare já! A primeira regra aqui é poupar. Pode até parecer óbvio, mas muitos ainda precisam de um puxão de orelha com relação a isso.

A dica é parar de jantar fora durante a semana ou preferir comprar produtos de marcas mais baratas. Foque em poupar em coisas que não impactarão em sua atual qualidade de vida. Coloque todos os números (receitas e despesas) no papel ou em uma planilha e você saberá onde é possível economizar.

Porém, como você já deve imaginar, dinheiro não se multiplica sozinho. Logo, além de poupar, você pode começar a investir. Lembrando que deixar dinheiro na poupança tampouco trará efeitos positivos para o seu enriquecimento! Procure negócios, imóveis, ações etc.

O Livro O Homem Mais Rico da Babilônia alerta ainda que você precisa saber precisamente onde vai colocar o seu dinheiro e a quem confiará tal importante missão de administrar seus recursos.

Você deve gostar de conhecer também os bons livros de investimentos.

Você não é mestre no assunto

o homem mais rico da babilonia pdf download

Embora estejamos falando sobre a importância de cuidar do seu dinheiro, você deve reconhecer que não sabe tudo. Mesmo que entenda do mercado financeiro, sempre há muito mais o que aprender.

Assim, invista o seu dinheiro com um pé atrás e continue estudando sobre o mercado. Quem não se esforça para estudar profundamente a economia estará sempre um passo atrás daqueles que se empenham para aprender.

Vá com calma e mantenha o foco

o homem mais rico da babilonia resumo

Se você quer ficar rico, uma das primeiras coisas que precisa saber é que foco e paciência são fundamentais.

Atente-se, ainda, às diferentes modalidades de investimento. Investir somente em uma ação e esperar para ficar rico, por exemplo, não é a melhor alternativa. Não se esqueça de que a economia está em constante mutação. Bem como a vida, não é mesmo?

Em certas situações, pode não ser recomendável correr grandes riscos, enquanto, em outras, pode valer. Depende de muitas variáveis. Inclusive, vale se preparar para riscos imprevistos, afinal, eles são bem comuns no mercado financeiro.

No livro O Homem Mais Rico da Babilônia, o autor aborda também a relevância de arriscar. Como ocorre no mundo das ciências, no qual uma descoberta só acontece após muitos erros terem sido cometidos, na economia, errar pode ser muito vantajoso para o seu futuro. 

Só tome cuidado para seus erros não tomarem maiores proporções!

Estabeleça planos de longo prazo

livro o homem mais rico da babilonia pdf

A próxima dica de George Clason, no livro O Homem Mais Rico da Babilônia é estabelecer metas.

Você acredita que “fazer fortuna” e “juntar dinheiro” tenham o mesmo significado? Se sim, você está enganado. Na verdade, eles são praticamente opostos!

Juntar dinheiro envolve trabalhar para ganhar dinheiro, enquanto fazer fortuna é fazer com que o dinheiro trabalhe para você.

Geralmente, optamos por juntar dinheiro, quando temos alguma meta de curto prazo, como comprar um celular novo ou fazer uma viagem. O problema desses casos é que não levamos o futuro em consideração, como uma possível demissão e a impossibilidade de pagar as próximas faturas do cartão de crédito.

Então, sugerimos que você estabeleça planos de longo prazo e mais sérios. Isso lhe trará mais segurança e tranquilidade, principalmente, em momentos mais conturbados.

Entenda os juros

O Homem Mais Rico da Babilônia

Ganhar dinheiro a partir dos juros é algo interessante para os investidores, já que eles fazem com que os recursos se multipliquem ao longo do tempo. Entenda que dinheiro multiplicado é igual a juros sobre juros!

Tomemos um exemplo. Se você investir R$ 600 mil em um negócio, quando o contrato se encerrar, o dono da empresa devolverá o dinheiro investido. Você receberá algo como R$ 640 mil. Em posse desse valor, você ainda pode decidir investi-lo em um novo empreendimento. Ao final desse outro contrato, você terá, vamos supor, R$ 670 mil.

Em outras palavras, de acordo com o livro O Homem Mais Rico da Babilônia, seu patrimônio sempre pode crescer com os juros. Assim, o seu dinheiro se multiplica e você pode (e deve) continuar investindo. Isso, sim, é fazer com que seus recursos trabalhem para você.

Abrace as oportunidades

o homem mais rico da babilonia pdf

“A oportunidade é uma deusa arrogante que não perde tempo com aqueles que não estão preparados”, afirma o autor de O Homem Mais Rico da Babilônia.

Segundo ele, é comum as pessoas confundirem sorte com acaso. E isso não pode acontecer. Afinal, o acaso é algo totalmente aleatório, como por exemplo, ganhar na loteria ou achar dinheiro na rua. Por outro lado, a sorte ocorre quando você se esforça. Ou seja, existe aí uma grande diferença.

Tire a procrastinação do seu caminho

o homem mais rico da babilonia audiobook livro o homem mais rico da babilonia

Em O Homem Mais Rico da Babilônia, Clason garante que a procrastinação leva você para longe das oportunidades. Além disso, quando você não se mexe, tende a ficar esperando que as coisas boas caiam do céu ou batam à sua porta, gratuitamente. Puro engano. Ou seja, a palavra-chave para o sucesso é proatividade.

Assim, se você enxergar algo que possa ser positivo para você, investigue bem a sua intuição e corra atrás. Estude sobre o assunto, faça contatos interessantes, participe de eventos da área… Mas atenção, nunca se desvie do seu foco!

Fique longe as dívidas

o homem mais rico da babilonia resumo

Se você se afundar em dívidas e mais dívidas, é claro que o seu projeto de ficar rico vai por água abaixo. Afinal, segundo O Homem Mais Rico da Babilônia, com o seu esforço para se livrar delas, todos os demais planos perdem prioridade. Tudo isso sem considerar que, com dívidas, você não consegue guardar dinheiro.

Assim, quanto mais você demorar para pagar as suas dívidas, pior ficará a sua situação financeira: o seu salário se destinará inteiramente para o pagamento das parcelas.

Portanto, tome bastante cuidado antes de contrair uma dívida. Tenha em mente que você não precisa de todas as coisas que acha que precisa. Os seus desejos não devem ser confundidos com as suas necessidades.  

10 frases inspiradoras de George Clason

Continue aprendendo

Então, você gostou do resumo de O Homem Mais Rico da Babilônia, pdf? Você quer ir mais fundo no seu projeto de enriquecer? Lembre-se que os livros serão sempre fortes aliados seus. 

No 12min, a sua plataforma de desenvolvimento pessoal, você encontra uma variedade enorme de obras sobre dinheiro e finanças, dos mais renomados autores. Tudo nos formatos microbook e audiobook. 

Outra dica para você aprender sobre esse assunto são os blogs especializados, porém, com linguagem simples para os marinheiros de primeira viagem.

Então, se você quer mesmo investir em conhecimentos, mas ainda não sabe por onde começar, nós do 12mim lhe damos uma mãozinha. Selecionamos para você títulos fantásticos. Pegue aí!

A Ascensão do Dinheiro – Niall Ferguson

livro a ascenção do dinheiro

Já que o assunto é dinheiro, vamos conhecer a história financeira do mundo. Nessa obra, Niall Ferguson conta como surgiu o dinheiro e a sua evolução para os padrões atuais.

Além disso, Ferguson explica como o conceito do dinheiro é mais importante do que o objeto em si. Ele dá uma “passada” pelo mercado de ações e as bolhas financeiras. E, ainda, explica o que são títulos do governo e porque o mercado imobiliário deixou de ser um bom investimento.

E é claro, você vai entender como a China vem ganhando a cada dia mais poder. Alguns especialistas estimam que este país assumirá a liderança econômica mundial até 2027.

Ações Comuns, Lucros Extraordinários – Philip Fisher

livro omuns, Lucros Extraordinários

Esse é um dos livros de investimentos que você precisa ler. Ler e entender. De acordo com Philip Fisher, o processo de investir é exigente demais e demanda muito conhecimento e maturidade. É geralmente mais fácil dizer o que vai acontecer com o preço de uma ação no mercado do que quanto tempo vai levar para que isso aconteça.

Outra questão relevante é a natureza inerentemente enganosa do mercado de ações. Fazer o que todos estão fazendo no momento é, em geral, uma atitude absolutamente errada. Desta forma, é imprescindível você se familiarizar com os métodos e riscos do processo e preparar-se antes de se aventurar na compra e venda de ações.

Enfim, você vai aprender os passos corretos para o sucesso nos seus investimentos.

Brazillionaires – Alex Cuadros

livro Brazillionaires

Considerado um dos melhores livros do ano, em 2016, pela Financial Times, “Brazillionaires” explora a história dos bilionários brasileiros. Alex Cuadros conta um pouco sobre o passado do nosso país e como esses bilionários construíram suas riquezas – e, em alguns casos, como perderam essa riqueza também.

Segundo o autor, os bilionários brasileiros e suas enormes fortunas estão no topo da pirâmide econômica e acumulam poder e riquezas de maneira extravagante. Eles fazem parte dos 0,001% dos homens mais ricos do mundo.

Nesta obra, você tem a oportunidade de entender melhor como a desigualdade social tem crescido no país e como a relação dos políticos e empresários molda o mundo de negócios brasileiro.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu os ensinamentos de George Clason, em O Homem Mais Rico da Babilônia, e as nossas sugestões de leitura, deixe aqui os seus comentários. E lembre-se de compartilhar esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Criação de Riqueza, de Paulo Vieira, em PDF

Querer ficar rico é um passo fundamental para quem almeja uma reviravolta na própria situação financeira. Porém, isso não é suficiente. Ou seja, você precisará mudar a sua forma de pensar e agir em relação ao dinheiro. Mas como chegar lá? O livro Criação de Riqueza revela o “mapa da mina”.

Criação de Riqueza

As dicas do autor Paulo Vieira ajudam você a destravar todo o seu potencial de realização rumo a altos níveis de prosperidade. Ele ensina, por exemplo, sobre a importância de se identificar o seu atual estado financeiro, alerta para as armadilhas da riqueza e fala sobre o que fazer e não fazer para acumular riqueza.

Então, ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Você pode baixar o resumo do livro Criação de Riqueza ao lado ou continuar lendo aqui mesmo. Vamos lá!

Sobre o autor

Paulo Vieira é PhD em coaching pela Florida Cristhian University (FCU) e é um conceituado coach, escritor e conferencista internacional. Ele é o criador da metodologia do Coaching Integral Sistêmico (CIS). Trata-se de um treinamento de Inteligência Emocional com ferramentas de coaching.  

O autor já ministrou palestras para mais de 250 mil pessoas nos quatro continentes. Entre as suas obras de maior destaque estão os bestsellers O Poder da Ação e O Poder da Autorresponsabilidade, que se destacaram nas listas dos mais vendidos esse ano, com mais de 220 mil cópias.

Estado atual financeiro

criação de riqueza pdf

Para iniciar qualquer mudança na vida, a primeira coisa a se fazer é identificar o estado atual. Ou seja, segundo o livro Criação de Riqueza, isso significa saber onde você se encontra nesse momento. E a regra vale para tudo, inclusive, na área financeira.

Por exemplo, se você quer acumular riqueza, é preciso analisar:

  • fonte de renda média;
  • valor das contas a serem pagas mensalmente;
  • total de dívidas e o juro relativo a cada uma delas;
  • total de investimentos e aplicações;
  • alocação de investimentos;
  • rentabilidade por investimento;
  • patrimônio líquido.

Busque todas essas respostas e tenha claro que não se deve trabalhar com “achismos”, mas sim com dados reais. Dessa forma, você terá em mãos um mapa da sua verdadeira situação financeira.

Segundo Paulo Vieira, quando somos confrontados com a realidade, podemos responder de duas maneiras principais:

  • interpretá-la como fonte de contentamento e prazer pela conquista; 
  • ou gerando uma dor que, se for canalizada, poderá ser utilizada como um poderoso trampolim para os próximos níveis.

As armadilhas da riqueza

curso criação de riqueza

O autor de Criação de Riqueza alerta para algumas armadilhas que podem prejudicar, e muito, a sua trajetória rumo à prosperidade e ao sucesso financeiro. Então, fique atento aos seguintes comportamentos:

Guardar dinheiro para os dias difíceis

Poupar para os dias difíceis pode levá-lo a negligenciar os mecanismos mentais. A maioria desses poupadores dizem: “ainda bem que tenho guardado esse dinheiro ao longo dos últimos 10 anos”.

No entanto, garante o autor, eles não percebem que estão repetindo uma autossugestão capaz de produzir uma nova realidade, seguindo uma lógica que consiste em:

  • esperar pelos dias difíceis;
  • guardar dinheiro para tais dias;
  • atrair ou produzir dias difíceis;
  • gastar o dinheiro guardado com os dias difíceis.

Assim, a orientação é ter em mente que o sucesso não reside somente naquilo que fazemos, mas também no como e no porquê fazemos. 

Não há problema algum em ter dinheiro armazenado e utilizá-lo em eventuais emergências. O erro está em estabelecer a meta de ter dinheiro para gastar nos dias difíceis.

Ficar rico pelo sentimento errado

Tem gente buscando riqueza para minimizar raiva ou rancor do passado, pelo medo de vivenciar frustrações e limitações da pobreza ou para se autoafirmar/compensar sentimentos de inferioridade. 

Para o autor, esses são exemplos de motivações erradas e que tornam a caminhada mais árdua. Assim, encontre os sentimentos certos e torne as suas conquistas mais fáceis e prazerosas.

Achar que não tem muito a aprender

Segundo o livro Criação de Riqueza, as pessoas ricas dominam três variáveis-chave: 

  1. rentabilidade sobre investimentos, 
  2. poupança para investir,
  3. renda mensal.

Isso significa saber como elevar suas rendas, como poupar o máximo do que ganha e ser especialista em investimentos. Então, dedique tempo para aprender a dominar essas variáveis. Caso contrário, suas chances de enriquecimento dependerão de um acerto milionário na loteria, de um casamento ou de herança.

Correr atrás do próprio rabo

Você quer ficar rico? Então, siga o exemplo de quem já chegou ao topo. Essas pessoas, de acordo com o livro Criação de Riqueza, investem mais em ativos e menos em passivos e na aquisição de bens de consumo.

Para você entender melhor, o autor define ativos e passivos na construção de riqueza. Veja:

  • Ativos: tudo o que pode ser criado ou adquirido, gerando dividendos ou renda. Assim, um ativo ajuda a elevar seu poder aquisitivo ou garantir a sua independência financeira. Exemplos: royalties, direitos autorais, imóveis para locação ou venda etc.;
  • Passivos: tudo o que pode gerar despesas periódicas. Um passivo reduz, na medida em que compromete uma parte dos seus ganhos com novos gastos. Exemplos: dívidas contraídas para arcar com bens consumíveis, gastos com automóveis, casas de praia, apartamentos residenciais etc.

Modelo mental

livro criação de riqueza

O modelo mental proposto pelo autor é a articulação dos seus atos, sentimentos e pensamentos corriqueiros e frequentes que, combinados, produzem as suas crenças. Os programas mentais ou as crenças podem ser refeitos quando alteramos qualquer um dos três canais neurológicos.

Assim, se os seus pensamentos são positivos, os seus resultados e as suas crenças também serão. Afinal, bons sentimentos geram progresso e maus sentimentos produzem fracasso.

Fator de enriquecimento

Ser rico não se resume às condições monetárias, garante o autor do livro Criação de Riqueza. Segundo ele, ser rico é um estilo emocional, uma forma diferente de sentir, pensar e se comunicar.

Esse estilo emocional é o que produzirá os seus comportamentos financeiros (positivos ou negativos). Assim, para ter uma vida abundante e rica, você precisa se lembrar que o dinheiro deve ser considerado uma energia emocional. Ou seja, ele é a manifestação das suas emoções e a concretização de suas ideias e crenças sobre o mundo à sua volta e sobre si mesmo.

O sucesso é uma construção das pessoas que se mostram capazes de adiar os prazeres imediatos em prol de um prazer futuro ainda maior. 

Por exemplo: quem passou em um concurso muito concorrido? Aquele que entrou de cabeça nos estudos, privando-se de diversos prazeres momentâneos ou aquele que, a fim de curtir a vida, fez tudo o que lhe conferia prazer imediato?

Sentir-se rico

criação de riqueza paulo vieira

Outro modo de obter riqueza material e financeira consiste em sentir-se rico hoje. Lembre-se que os sentimentos vêm antes das conquistas e realizações. E como já foi dito, os sentimentos de pobreza criam e atraem circunstâncias e ambientes de pobreza, ao passo que os sentimentos de riqueza atraem e produzem circunstâncias e ambientes de riqueza.

Ser grato

A gratidão é, talvez, o mais importante requisito para a criação de riqueza. Ela deve ser expressa e comunicada por meio de ações, atos e palavras. 

Ser grato, inclusive, pelas coisas ruins que acontecem, produz aprendizados que só são aproveitados e percebidos pelas pessoas mais sábias. E esse é um comportamento que o coloca a um passo à frente das demais pessoas.

Autorresponsabilidade

Em outras palavras, autorresponsabilidade significa entender que cada um colhe o que planta. Ou seja, o autor do livro Criação de Riqueza não acredita em coincidências. Para ele, todos nós temos a vida que merecemos.

Contágio social

Temos a tendência de buscar quem compartilha semelhanças conosco, sejam características psicossociais, valores, sonhos, histórias de vida, interesses.

Tal mecanismo instintivo ocorre para que a própria sociedade cresça e se perpetue em determinadas direções. À medida que indivíduos parecidos se agrupam por similaridade, criam grupos que se apoiam e enfrentam desafios unidos, tornando-se capazes de crescer e sobreviver como grupo social.

O exercício do enriquecimento

O autor revela uma sequência de comportamentos que, quando exercitada repetidamente, produz mudanças imediatas e extraordinárias em suas vidas financeiras. Anote:

  • pagar-se primeiro (reservando uma parte dos seus ganhos mensais);
  • pagar todas as contas;
  • doar;
  • poupar para os sonhos;
  • investir para enriquecer;
  • abundar: investir, gastar ou doar.

Enfim, tenha metas

criação de riqueza livro pdf

Traçar metas significa se determinar correr atrás de algo que você ainda não possui, faz ou é. Estabelecer e realizar as suas metas é se tornar diferente e, até mesmo, melhor ou mais capaz do que você tem sido. 

Pessoas focadas em objetivos e metas não desperdiçam tempo com ressentimentos tolos, hábitos improdutivos ou negativos e, tampouco, com ambientes e pessoas que podem interromper sua jornada rumo à riqueza.

Frases de Paulo Vieira

“Meta é sinônimo de propósito de vida; uma pessoa sem metas não vive, apenas sobrevive.”

“Pessoas limitadas perguntam se vão conseguir, pessoas vencedoras perguntam o que vão fazer para conseguir. E super-humanos perguntam quem vão se tornar ao conseguir.”

“As três maiores características de uma pessoa com crença de não merecimento são: perder, não terminar o que começou e, depois de tudo isso, recomeçar.”

“Tem poder quem age, mais poder ainda quem age certo e superpoderes quem age, age certo e na velocidade certa.”

“Zona de conforto é a combinação de várias mentiras paralisantes com prazo de validade vencido.”

“A única coisa que pode tirar alguém da zona de conforto é a ação direcionada. Direcionada para suas metas, seus objetivos e seus desejos.” 

“Aprender é igual a mudar e entender é apenas conhecer. A diferença entre os dois é o que diferencia os que fazem dos que apenas pensam em fazer.”

Continue aprendendo

Se você quer continuar focado nos seus planos de conquistar riqueza e, claro, em sua independência financeira, invista em novos conhecimentos. Nesse caso, os livros são aliados poderosos.

A plataforma 12min tem uma biblioteca enorme de livros sobre, dinheiro e finanças, com os mais renomados autores. E tudo nos formatos microbook e audio book.

Outra dica para você aprender sobre esse assunto são os blogs especializados, porém com linguagem simples para os marinheiros de primeira viagem.

Se você quer investir em conhecimentos, mas ainda não sabe por onde começar, nós do 12min lhe damos uma mãozinha. Selecionamos para você um título fantástico. Pegue aí!

Investimentos Inteligentes – Gustavo Cerbasi

Investimentos Inteligentes

Esse é um dos livros de Gustavo Cerbasi sobre como se tornar rico. Ele é especialista no assunto e sabe o que está falando. Então, se você é inteligente, já percebeu que é lucrativo prestar atenção nos conselhos dele.

E, aqui, vai um alerta simples: enriquecer é uma questão de escolha pessoal. Isso significa gastar menos do que ganha e investir com qualidade a diferença, seguindo um projeto pessoal de vida.

Quem ainda tem dificuldades para gastar menos do que ganha, provavelmente, ficará entusiasmado com as possibilidades de multiplicação de dinheiro apresentadas na obra, mas pouco poderá fazer com seu entusiasmo.

É necessário equilibrar suas contas. E você vai aprender como fazer isso, nessa essa obra que é uma clássico entre os livros sobre educação financeira.

Para os fãs de Paulo Vieira

Mas, se você é fã mesmo do Paulo Vieira, ou quer conhecer outras obras do autor, vão aqui dicas legais:

Fator de Enriquecimento

Fator de enriquecimento

Com esse livro, você vai conhecer uma fórmula simples e poderosa para enriquecer e levá-lo diretamente aos seus objetivos. Aqui, o autor apresenta as variáveis que determinam se alguém vai ou não ser rico:

  • A receita total mensal- refere-se à soma de todas as entradas financeiras que você tem.
  • O percentual poupado para investir – é a capacidade de poupar;
  • A rentabilidade dos investimentos efetuados a partir da poupança – é a combinação de dois comportamentos financeiros fundamentais;
  • O período de investimento da receita que foi poupada mês a mês – é a repetição dos investimentos ao longo do tempo.

O desafio de quem quer ficar realmente rico é dominar e gerenciar as três variáveis, potencializando cada uma delas sem se esquecer de repeti-las ao longo do tempo.

Poder e Alta Performance

Poder e Alta Performance

Todo processo de mudança precisa de três ingredientes: 

  1. identificar, com total clareza e verdade, o estado atual;
  2. descobrir onde realmente se quer chegar – afinal, para quem não sabe aonde ir, o caminho não é importante;
  3. elaborar de forma consistente, precisa e flexível de um plano de ação.

Um grande engano da maioria das pessoas é achar que são aquilo que estão sendo neste momento, e que, como uma estátua de mármore, continuarão a ser da mesma maneira para sempre, sem a possibilidade de mudanças e de transformações.

Pelo contrário, nós podemos ser e viver de maneira diferente do que temos sido e vivido até hoje. Podemos ser mais motivados, mais alegres, mais amorosos, mais competitivos, mais vitoriosos, mais entusiasmados, mais felizes. Enfim, podemos ser tudo, ou quase tudo, que quisermos ser.

O Poder da Ação

O Poder da Ação

Essa é uma leitura obrigatória para quem se sente acomodado ou vem culpando o azar, os contratempos e as outras pessoas por não ter chegado ao ponto que almeja. O livro mostra, exatamente, a importância do foco na autorresponsabilização por tudo o que acontece ao nosso redor.

Segundo Paulo Vieira, fomos criados para ter o que há de melhor no mundo. Assim, foque no que realmente importa, olhe para frente e siga adiante. 

Afinal, é a capacidade de tomar as decisões corretas, de crer no nosso potencial, de realizar e de trabalhar intensamente até conquistar as metas é o que define a vida de todos nós.

E a principal intenção do livro O poder da Ação é levá-lo a provocar mudanças, para realizar aquilo que o move rumo aos seus objetivos. E, para isso, o autor foge dos tradicionais conselhos e exemplos e parte para uma metodologia diferenciada, que estimula a ação.

Decifre e Influencie Pessoas

Decifre e Influencie Pessoas

Essa é uma obra da categoria “Motivação” que ensina como conhecer a si e aos outros, gerar conexões poderosas e obter resultados extraordinários.

O autor afirma que por falta de confiança ou medo de se prejudicar as pessoas poucas vezes têm coragem de dizer aquilo que realmente pensam. Além disso, preferem escutar o que lhes convêm, sem conflitos ou choques com sua forma de enxergar o mundo.

Partindo desse princípio, podemos perceber, logo de cara, que lidar com pessoas não é uma tarefa das mais simples, ainda que seja inevitável escapar desse desafio diário.

Enfim, harmonizar nossas relações é o maior desafio ao buscar espaço para desenvolver nossas habilidades.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Você curtiu os ensinamentos do livro Criação de Riqueza e também as nossas dicas de leitura? Deixe aqui a sua opinião e compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Me Poupe!, de Nathalia Arcuri, em PDF

Poupar dinheiro não é definitivamente uma prioridade para o brasileiro. Trata-se de uma realidade nada animadora, comprovada por diversas pesquisas. Mas se você quer aprender a conquistar a sua independência financeira, o livro Me Poupe pode ser um grande aliado seu.

Me Poupe

Um estudo desenvolvido pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), em 2017, mostrou que apenas 9% os brasileiros entrevistados aplicaram em produtos financeiros e menos da metade deles tinha algum dinheiro guardado ao final do ano.

Outra pesquisa conduzida pelo SPC/CNDL também revelou que 58% dos brasileiros não investem nas próprias finanças. Ou seja, seis em cada 10 entrevistados admitiram que nunca, ou somente de vez em quando, reservam tempo para o controle financeiro pessoal. 

Me Poupe

No livro Me Poupe, a autora Nathalia Arcuri ajuda você a reconhecer hábitos e crenças que bloqueiam o seu enriquecimento e a encontrar formas de investimentos condizentes com a sua realidade.

Além disso, os ensinamentos de Arcuri estão disponíveis para você no Me Poupe YouTube – um bem-sucedidos canal de finanças do YouTube. Você ainda pode visitar o site Me Poupe e o Blog Me Poupe. Ou seja, o Me Poupe na web está acessível sempre que você precisar.

Então, ficou interessado em aprender a investir em sua independência financeira? Você pode acessar o resumo do livro Me Poupe PDF ao lado ou continuar com a gente, aqui mesmo. Vamos ver algumas dicas legais!

Fale sobre dinheiro

livro me poupe download

Por que é tão difícil para o brasileiros falar sobre dinheiro? Segundo a autora de Me Poupe, tendemos a esconder o assunto não apenas das outras pessoas, mas até de nós mesmos. Ou seja, tratamos a questão do dinheiro como um grande tabu.

Mas esse não é o melhor cenário. Todos nós deveríamos nos sentir à vontade para conversar com amigos e familiares sobre dinheiro, sem culpa. Afinal, isso é algo bom e não temos com o que nos envergonhar.

Assim, se você passou a ganhar mais, fale sobre isso. Não se deixe afetar pelo que a autora chama de “dinheirofobia”. Esse e o termo usado para definir aquele nó na garganta acompanhado de uma sensação de angústia, como se a pessoa desejasse dizer algo, mas não fosse capaz de fazê-lo.

Enfim, o livro Me Poupe garante que, se todas as pessoas falassem francamente sobre gastos, ganhos e dinheiro, as interações humanas se tornariam muito mais verdadeiras e justas.

Tenha um objetivo

me poupe nathalia arcuri

Para se comemorar conquistas, e essencial desenvolver a autodisciplina. E isso ocorre por meio de aprendizado. Somente assim você será capaz de estabelecer metas e desenhar o seu percurso rumo aos seus sonhos.

O livro Me Poupe explica que fica mais fácil, estimulante e racional a tarefa de poupar, quando se tem uma meta clara e objetiva. Ao longo da vida, todos construímos objetivos abstratos, espirituais e os que podem ser alcançados por meio de um planejamento financeiro adequado.

Para a autora, não importa qual é o seu objetivo, desde que ele seja: 

  • Justificável: não pode ser, por exemplo, uma compra motivada por impulso, status ou para imitar os seus amigos, conhecidos como “comportamento de manada”;
  • Importante: algo que, de fato, faça a diferença em sua vida;
  • Autêntico: o desejo de realizar esse sonho deve partir de você, fruto de sua própria reflexão e livre vontade.

Em certas ocasiões, você poderá dividir grandes metas em menores passos e, assim, atingir uma de cada vez.

Defina prioridades

Me Poupe

Claro que existem muitas coisas que você quer fazer. E todas elas parecem importantes. Mas se ficar atirando pra todo lado, querendo abraçar o mundo com as mãos, provavelmente, não irá muito longe no seu projeto de independência financeira.

Uma dica do livro Me Poupe para definir o futuro de suas finanças e suas prioridades é estimular o autoconhecimento. Para isso, você deve conhecer os seus valores e, baseado neles, estabelecer os seus propósitos de vida.

As prioridades variam de uma pessoa para outra. Por exemplo, tem gente que valoriza a segurança acima de tudo, enquanto para outros a liberdade pode estar em primeiro lugar. Exatamente por isso que definir prioridades é uma tarefa que não pode ser delegada. Assim, é altamente recomendável que você saiba o que é prioritário para a sua realização profissional e pessoal.

Mas fique atento, porque definir prioridades não basta. Você precisa reconhecer suas fraquezas e monitorá-las continuamente. No entanto, isso não significa focar no que você faz de pior.

Coloque a paixão em primeiro plano

blog me poupe

Ao trabalhar, tire o foco dos ganhos financeiros. Segundo a autora do livro Me Poupe, ao fazer isso o dinheiro virá. Parece contraditório, não é mesmo? Mas Arcuri garante que não. Afinal, diz, o fluxo do enriquecimento entra em movimento quando fazemos o que amamos, pois, assim, nos dedicamos mais.

Se você trabalha com paixão, sua performance e os seus resultados tendem a ser mais significativos. Então, aumentam as suas chances de reconhecimento e promoções, afinal, você terá desenvolvido uma habilidade que nunca poderá ser retirada de você.

Faça seu dinheiro trabalhar por você

site me poupe

Os investimentos apresentam, segundo a autora, duas categorias principais: 

  • Renda fixa – emprestar dinheiro ao governo ou ao banco, que devolvem a quantia com juros;
  • Renda variável – permite que você compre uma parte de uma organização, esperando seu crescimento e que a parte que você adquiriu se valorize, fazendo com que você lucre na revenda da ação.

Você é quem deve escolher onde e como investir. No entanto, tenha sempre em mente que investimento significa muito mais que aplicar seu dinheiro em oportunidades rentáveis. Ou seja, o Me Poupe alerta que ele deve envolver, necessariamente, a busca por conhecimentos capazes de mudar radicalmente a sua vida.

5 princípios que podem ajudar você na hora de escolher o melhor investimento: 

  1. Acostume-se a falar sobre dinheiro. Entenda que não há motivos para se sentir constrangido; 
  2. Leia diariamente o noticiário econômico;
  3. Acompanhe de perto as siglas IPCA, Selic e todas as que dirigem a economia brasileira; 
  4. Estabeleça metas de curto, médio e longo prazos;
  5. Fique por dentro das diversas modalidades disponíveis de investimento.

Invista em conhecimento

livro me poupe download

A autora de Me Poupe não tem dúvidas: em primeiro lugar, você deve estudar com afinco e objetivamente. Depois disso, dedique-se a conhecer mais pessoas e, na sequência, trabalhe duro. 

Se as pessoas com as quais você se relaciona não forem inspiradoras o suficiente, recorra à internet e a bons livros para adquirir novos conhecimentos. Essa deve ser uma tarefa permanente.

Planeje a sua independência financeira

simulador me poupe

Independência financeira não é sinônimo de aposentadoria. Pelo contrário, ela pode ser traduzida como um projeto pessoal que implica autoestima e comprometimento.

Todos temos que gerir nossos próprios recursos financeiros sem depositar toda a confiança nas mãos de terceiros – por mais única, especial e amada que a outra pessoa seja.

Isso é diferente de elaborar um planejamento a dois: quando encontramos alguém que realmente amamos, é saudável e natural desejar comprar um imóvel juntos, programar viagens e realizar investimentos em nome dos futuros herdeiros.

Porém, segundo o livro Me Poupe, quando cada um tem objetivos e planos individuais, o relacionamento se solidifica, à medida que não se ancora na dependência, mas unicamente no amor.

Saia da sua zona de conforto

me poupe youtube

Cada um é responsável pelas próprias decisões e escolhas. Mas há vezes em que, simplesmente, decidimos trilhar o caminho errado. Todavia, garante a autora de Me Poupe, o mais importante é saber aonde você quer chegar e permanecer focado nesse objetivo.

Sem desenvolver a necessária clareza, deixar a zona de conforto não passará de utopia: quem é rico de verdade constrói o próprio destino. Então, não coloque suas fichas no tempo e nem culpe os outros pelos erros que você cometeu. Ou seja, assuma as responsabilidades e reajuste o seu foco, elabore novos planos e os execute da melhor forma possível.

Enfim, ninguém “deu certo na vida” sem ser extremamente persistente naquilo que se propôs a fazer.

Leia, leia, leia muito

Como defende a autora, o conhecimento é a sua aliada no sucesso financeiro. Nesse caso, os livros são ferramentas fortes e existem milhares de opções no mercado editorial, inclusive, para leitura online.

Aqui, no blog, nós temos um artigo interessante que relaciona os melhores livros sobre dinheiro. Essa lista pode levá-lo diretamente ao que tem de melhor sobre o assunto.

O aplicativo 12min também disponibiliza uma variedade enorme de títulos e autores de primeira e todo o material está nas versões microbook e audiobook.

Você pode recorrer ainda ao simulador Me Poupe ou se inscrever no canal Me Poupe! Além disso, existem muitos blogs legais sobre finanças

Mas se no meio de tantas opções você não sabe ainda por onde começar, vão aqui três dicas de leitura que nós do 12min selecionamos. Pegue aí!

Ações Comuns, Lucros Extraordinários – Philip Fisher

Ações Comuns, Lucros Extraordinários – Philip Fisher

Esse é um dos livros sobre investimentos em ações que você precisa ler. Ler e entender. De acordo com o autor, o processo de investir é exigente demais e demanda muito conhecimento e maturidade.

Philip Fisher afirma que, geralmente, é mais fácil dizer o que vai acontecer com o preço de uma ação no mercado do que quanto tempo vai levar para que isso aconteça. Outra questão relevante é a natureza inerentemente enganosa do mercado de ações.

Fazer o que todos estão fazendo no momento é, em geral, uma atitude absolutamente errada. Desta forma, é imprescindível você se familiarizar com os métodos e riscos do processo e preparar-se antes de se aventurar na compra e venda de ações.

Enfim, você vai aprender os passos corretos para o sucesso nos seus investimentos. 

Os Segredos da Mente Milionária – T. Harv Eker

Os Segredos da Mente Milionária – T. Harv Eker

Provavelmente, você ouviu dos seus pais frase do tipo “dinheiro não nasce no fundo do quintal”. Se ouviu e concordou, provavelmente, você se programou para ser pobre. Outros, portanto, não aceitaram e foram atrás de acumular fortuna.

Esse é um dos exemplos que o autor do livro Os segredos da Mente Milionária usa para explicar porque algumas pessoas juntam dinheiro com facilidade e outras estão sempre no vermelho.

T. Harv Eker garante que as causas estão bem atrás, ainda na infância. Mas a boa notícia é que você pode se reprogramar para aumentar o seus ganhos significativamente. Para isso, você precisa ser capaz de combinar seu jogo mental e suas ferramentas para se tornar realmente rico.

Eu Quero Ser Rico! – Maurício Bastter Hissa

Eu Quero Ser Rico! – Maurício Bastter Hissa

Esse é um passo-a-passo para você alcançar a sua independência financeira. Segundo Maurício Hissa, a fórmula da riqueza é simples: [Riqueza = (Ganhos – Gastos) * Juros]. O problema, entretanto, é que entre o dinheiro e a riqueza existe um fator fundamental: o ser humano.

Diversas teorias conjecturam sobre a riqueza e suas fórmulas, planos e estratégias para conquistá-la, mas a única coisa que pode realmente produzi-la é você mesmo. A saída? Poupar todo mês. Só assim o seu capital aumenta.

E como a riqueza é produto dos juros sobre o que sobra no fim do mês e é poupado, Hissa ensina o que você pode fazer para acumular mais capital:

  1. Ganhar mais.
  2. Gastar menos.
  3. Aumentar a taxa de juros que incide sobre nosso capital acumulado.
  4. Aumentar o tempo que o capital fica acumulado, pois, mais tempo significa mais juros.

Mas você não sabe como fazer isso na prática, principalmente, quando o assunto é investimento? Tudo bem, porque esse livro foi escrito exatamente para tirar as suas dúvidas. Inclusive, colocando o sistema para trabalhar a seu favor e não o contrário.

Assim, se você quer de fato saber como ganhar dinheiro, leia essa obra que é sucesso entre os livros sobre investir na bolsa.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você tem outras dicas de leitura ou de sites de finanças, fale com a gente! E lembre-se de compartilhar esse post com seus amigos em sua rede social!