48 leis do poder: insights do livro

Para muita gente, Robert Greene, autor das 48 Leis do Poder, é um cara maquiavélico. Isso porque, em alguns de seus posicionamentos (muitos deles, aliás), a ética passa longe. Bem longe mesmo.

Ele pensa diferente e se intitula uma pessoa realista e um ótimo estrategista. Greene garante que muitas pessoas aplicam essas técnicas não usuais para conquistar poder a qualquer custo. E se você não conhecê-las, será atropelado e, sem proteção, pode acabar machucado.

Maquiavélico ou não, a verdade é que o livro As 48 Leis do Poder é um grande sucesso. E por muito tempo. Foi traduzido para 24 idiomas e, somente nos Estados Unidos, já vendeu mais de 1 milhão de cópias.

48 leis do poder

Obra nenhuma faz tanto sucesso assim por nada. Ocorre que os leitores das 48 leis do poder buscam entender as “reais” regras do jogo. Seja ele na política, nos negócios ou na vida pessoal.

Sabe aquela história de que os fins justificam os meios. É exatamente assim. As 48 leis do poder mostram como usar a inteligência, a perspicácia, planejamento e, acima de tudo, a dissimulação para ter tudo e todos na palma das suas mãos.

Você está convidado a conhecer um pouco sobre as 48 leis do poder. Nesse post, vamos colocar alguns insights e você poderá tirar as suas próprias conclusões. Está preparado?

As 48 leis do poder

48 leis do poder

Lei 1: Não ofusque o brilho do mestre

“Você não pode passar a vida se preocupando com os sentimentos mesquinhos dos outros. Mas, com quem está acima de você, é preciso adotar outra abordagem.”

“Toda superioridade é odiosa, mas a superioridade de um súdito com relação ao seu príncipe não só é estúpida, como fatal.”

Lei 2: Não confie demais nos amigos, aprenda a usar os seus inimigos

“Cautela com os amigos – eles o trairão mais rapidamente, pois, são com mais facilidade levados à inveja.”

“Contrate um ex-inimigo e ele lhe será mais fiel, porque ele tem mais a provar.”

Lei 3: Oculte as suas intenções

“Mantenha as pessoas na dúvida e no escuro, jamais revelando o propósito de seus atos.”

“Leve-os (os inimigos) pelo caminho errado para bem longe, envolva-os em bastante fumaça e, quando eles perceberem suas intenções, será tarde demais.”

“A honestidade é na verdade uma faca sem fio, mais sangra do que corta.”

Lei 4: Diga sempre menos do que o necessário

“Quando você procura impressionar as pessoas com palavras, quanto mais você diz, mais comum aparenta ser e menos controle da situação parece ter.”

“A satisfação momentânea que se tem dizendo frases sarcásticas será menor do que o preço que se paga por ela.”

Lei 5: Tudo depende da sua reputação. Dê a própria vida para defendê-la

“Com a reputação apenas você pode intimidar e vencer; um deslize, entretanto, e você fica vulnerável, será atacado por todos os lados.”

“Aprenda a destruir os seus inimigos minando as suas próprias reputações. Depois, afaste-se e deixe a opinião pública acabar com eles.”

Lei 6: Chame atenção a qualquer preço

48 leis do poder

“Julga-se tudo pela aparência; o que não se vê, não conta. Não fique perdido no meio da multidão ou mergulhado no esquecimento”.

“Corteja a controvérsia, até o escândalo. É melhor se atacado, até caluniado, do que permanecer ignorado.”

Lei 7: Faça os outros trabalharem por você, mas sempre fique com o crédito

“Use a sabedoria, o conhecimento e o esforço físico dos outros em causa própria… No final, seus ajudantes serão esquecidos e você será lembrado.”

“Os tolos dizem que aprendem pela experiência. Eu prefiro aproveitar a experiência dos outros.”

Lei 8: Faça as pessoas virem até você – use uma isca, se for preciso

“Quanto mais gananciosos seus inimigos se tornam, mais podem ser levados de um lado para outro.”

Lei 9: Vença por suas atitudes, não discuta

“Qualquer triunfo momentâneo que tenha alcançado discutindo é na verdade uma vitória de Pirro: o ressentimento e a má vontade que você desperta são mais fortes e permanentes do que qualquer mudança momentânea de opinião.”

Lei 10: Contágio: evite o infeliz e o azarado

“A miséria alheia pode matar você – estados emocionais são tão contagiosos quanto as  doenças.”

“Como se proteger de vírus tão insidiosos? A resposta está em julgar as pessoas pelo efeito que têm sobre o mundo e não pelas razões que dão pelos seus problemas.”

Lei 11: Aprenda a manter as pessoas dependentes de você

“Você não precisa ser um gênio. Precisa ter habilidades que o façam destacar-se do grupo.”

“É melhor que as pessoas dependam de você por temer as consequências de perdê-lo do que por gostarem da sua companhia.”

Lei 12: Use a honestidade e a generosidade seletivas para desarmar a sua vítima

48 leis do poder

“A essência da trapaça é a distração. Distraindo as pessoas a quem pretende enganar, você ganha tempo e espaço para fazer algo que elas não perceberão.”

Lei 13: Ao pedir ajuda, apele para o egoísmo das pessoas, jamais para a sua misericórdia ou gratidão

“Pedir ajuda é uma arte, que depende da sua capacidade de entender a pessoa com quem está lidando, e não confundir o que você precisa com as necessidades dela.”

Lei 14: Banque o amigo, aja como espião

“Conhecer o seu rival é importantíssimo. Use espiões para colher informações preciosas que o colocarão um passo à frente.”

“Deixe que os outros consultem o horóscopo ou cartas do tarô: você tem meios mais concretos de ver o futuro.”

Lei 15: Aniquile totalmente o inimigo

“O inimigo perigoso deve ser esmagado totalmente… física e espiritualmente.”

“Se você teve apenas uma vitória parcial, vai inevitavelmente perder nas negociações o que lucrou com a guerra.”

Lei 16: Use da ausência para aumentar seu respeito e a honra

“Você deve saber quando se afastar. Crie valor com a escassez.”

“É preciso aprender a se retirar no momento certo, antes que as pessoas inconscientemente o forcem a isso.

Lei 17: Cultive uma atmosfera de imprevisibilidade

“Às vezes, você precisa atacar de repente, deixar os outros tremendo quando menos esperam por isso… sem entender nada, eles ficam aflitos e, nesse estado, é fácil intimidá-los.”

Lei 18: Não construa fortalezas para se proteger. O isolamento é perigoso

“Melhor circular entre as pessoas, descobrir aliados, se misturar. A multidão serve de escudo contra os seus inimigos.”

“O isolamento sempre precede a derrota e a morte.”

Lei 19: Saiba com quem você está lidando. Nunca ofenda a pessoa errada

“Engane ou passe a perna em certas pessoas e elas vão passar o resto da vida procurando se vingar de você. São lobos em pele de cordeiro.”

“Se em algum momento, ao lidar com uma pessoa, você perceber um orgulho exageradamente sensível e ativo, fuja.  Seja lá o que você estiver esperando dela, não vale a pena.”

Lei 20: Não se comprometa com ninguém

“Tolo é quem se apressa a tomar partido… Mantendo-se independente você domina os outros – colocando as pessoas umas contra as outras, fazendo com que sigam você.”

“O desejo é como um vírus: se vemos alguém ser desejado por outras pessoas, tendemos a achá-lo desejável também.”

Lei 21: Faça-se de otário para pegar os otários – pareça mais bobo que o normal

“Faça as pessoas se sentirem mais sofisticadas que você e elas baixarão a guarda. Elas o manterão por perto e quanto mais ficar por perto, mais chances terá de enganá-las.”

Lei 22: Use a tática da rendição: Transforme sua fraqueza em poder

“Se você é mais fraco, não lute por uma questão de honra, é preferível se render.”

“Oferecendo a outra face, você o envaidece e desequilibra (o adversário). Faça da rendição um instrumento de poder.”

Lei 23: Concentre as suas forças

“Ganha-se mais descobrindo uma mina rica e cavando fundo do que pulando de uma mina rasa para outra.”

“Basta encontrar petróleo uma vez – sua riqueza e poder estão garantidos para o resto da vida.”

Lei 24: Represente o cortesão perfeito

48 leis do poder

“O cortesão perfeito domina a arte da dissimulação; ele adula, cede aos superiores e assegura o seu poder sobre os outros da forma mais gentil e dissimulada.”

“Você deve mudar o seu estilo e a sua maneira de falar de acordo com cada pessoa. Isso não é mentir, é interpretar, e interpretar é uma arte, não um dom divino.”

Lei 25: Recrie-se

“O primeiro passo no processo de autocriação é a autoconsciência – o estar consciente de si mesmo como ator e assumir o controle da sua aparência e das suas emoções.”

Lei 26: Mantenha as mãos limpas

“Você deve parecer um modelo de civilidade e eficiência: suas mãos não se sujam com erros e atos desagradáveis.”

“Em qualquer situação você deve sempre arrumar alguém para ser carrasco, ou o portador das más notícias, enquanto você só traz alegria e boas-novas.”

Lei 27: Jogue com a necessidade que as pessoas têm de acreditar em alguma coisa

“As pessoas têm um desejo enorme de acreditar em alguma coisa. Torne-se o foco desse desejo, oferecendo a elas uma causa, uma nova fé para seguir.”

Lei 28: Seja ousado

“Qualquer erro cometido com ousadia é corrigido com mais ousadia. Todos admiram o corajoso; ninguém louva o tímido.”

“O melhor lugar para começar a desenvolver a ousadia quase sempre é o delicado mundo das negociações. Coloque o seu preço lá em cima e, depois, suba mais.”

Lei 29: Planeje até o fim

“Quando você prevê várias etapas com antecedência e planeja seus movimentos até o fim, não será tentado pela emoção ou pelo desejo de improvisar.”

Lei 30: Faça suas conquistas parecerem fáceis

“Não caia em tentação de revelar o trabalho que você teve – isso só despertará dúvidas. Não ensine a ninguém os seus truques ou eles serão usados contra você.”

Lei 31: Controle as opções: quem dá as cartas é você

48 leis do poder

“As melhores trapaças são as que parecem deixar ao outro uma opção: suas vítimas acham que estão no controle, mas na verdade são suas marionetes.”

“Não deixe que a vítima tenha tempo para pensar numa escapatória. Enquanto tentam resolver o dilema, cavam o próprio túmulo.”

Lei 32: Desperte a fantasia das pessoas

“Prometa uma grande e radical mudança – da pobreza para a riqueza, da doença para a saúde, da miséria para o êxtase – e você terá seguidores.”

Lei 33: Descubra o ponto fraco de cada um

“Como todos tentamos esconder nossas fraquezas, há pouco o que aprender com o nosso comportamento inconsciente. O que vem filtrado nas pequenas coisas que fogem ao nosso controle consciente é o que você quer saber.”

“Frequentemente, o ponto fraco das pessoas é o oposto do que elas revelam.”

Lei 34: Seja aristocrático ao seu próprio modo: aja como um rei para ser tratado como tal

“Não se deve confundir atitude de rei com arrogância. A arrogância pode parecer um direito do rei, mas na verdade traz insegurança. É o oposto de um comportamento aristocrático.”

“Peça menos e é isso que conseguirá. Peça mais e estará sinalizando que vale uma fortuna.”

Lei 35: Domine a arte de saber o tempo certo

“Mostre-se sempre paciente como se soubesse que tudo acabará chegando até você… Aprenda a esperar quando ainda não é hora, e atacar ferozmente quando for propício.”

“A paciência é inútil se não estiver combinada com uma disposição para atacar sem piedade o seu adversário no momento certo.”

Lei 36: Despreze o que não puder ter: ignorar é a melhor vingança

“Quanto mais atenção você der para um inimigo, mais forte você o torna.”

“Desprezo é prerrogativa dos reis. Para onde o seu olhar se volta, aquilo que ele decide ver é que é real; o que ele ignora e dá as costas morreu.”

Lei 37: Crie espetáculos atraentes

“Encene espetáculos para os que o cercam, repletos de elementos visuais interessantes e símbolos radiantes que realçam a sua presença. Deslumbrados com as aparências, ninguém notará o que você realmente está fazendo.”

Lei 38: Pense como quiser, mas comporte-se como os outros

“Ao entrar em uma sociedade, deixe para trás as próprias ideias e valores e vista a máscara mais adequada ao grupo em que você se encontra.”

“Pessoas sábias e inteligentes aprendem cedo que podem exibir comportamentos e ideias convencionais sem ter que acreditar nelas.”

Lei 39: Agite a água para fisgar o peixe

“Diante de um inimigo com cabeça quente, a melhor reação é não reagir: nada é mais irritante do que um homem que mantém a calma enquanto os outros a perdem.”

Lei 40: Despreze o almoço grátis

“O que se oferece de graça, ou a preço de banana, quase sempre vem com a etiqueta de preço psicológica – sentimentos complicados de gratidão, concessões na qualidade e outras coisas mais.”

Lei 41: Evite seguir as pegadas de um grande homem

“Não deixe que o vejam seguindo os passos do seu predecessor. Senão, você jamais o suplantará.”

Lei 42: Ataque o pastor e as ovelhas se dispersam

48 leis do poder

“Ataca-se o pastor porque isso desanima totalmente as ovelhas. Desaparecido o líder, desaparece o centro de gravidade. Não há nada em torno do qual girar e tudo desmorona”.

“Mire os líderes, derrube-os e procure as infinitas oportunidades na confusão que se seguirá.”

Lei 43: Trabalhe o coração e a mente dos outros

“A chave da persuasão é amolecer as pessoas, derrubá-las, gentilmente. Seduza-as com uma abordagem dupla: trabalhe com as suas emoções e jogue com suas fraquezas intelectuais.”

Lei 44: Desarme e enfureça com o efeito espelho

“O espelho reflete a realidade, mas também é a ferramenta perfeita para ilusão. Quando você espelha os seus inimigos, agindo exatamente como eles agem, eles não entendem a sua estratégia.”

“O efeito espelho perturba os seus alvos, seja deixando-os irritados ou extasiados, e nesse momento você tem o poder de manipulá-los ou seduzi-los.”

Lei 45: Pregue a necessidade de mudança, mas não mude muita coisa ao mesmo tempo

“Muita inovação é traumática e conduz à rebeldia.”

“Se a mudança é necessária, faça-a parecer uma suave melhoria do passado… e menos inovadoras do que são.”

Lei 46: Não pareça perfeito demais

“Só os deuses e os mortos podem parecer perfeitos impunemente.”

“Cuidado com os disfarces da inveja. O elogio exagerado é quase sempre um sinal certo de que a pessoa que está elogiando inveja você.”

Lei 47: Não ultrapasse a meta estabelecida

“Nada substitui a estratégia e o planejamento cuidadoso. Fixe a meta e, ao alcançá-la, pare.”

“Não há melhor maneira para parar e se afastar do que depois de uma vitória.”

Lei 48: Evite ter uma forma definida

48 leis do poder

“Aceite o fato de que mudar é certo e nenhuma lei é fixa.”

“Seja uma bola escorregadia e impossível de agarrar, que ninguém saiba o que o atinge ou onde estão os seus pontos fracos.”

O que você achou das 48 leis do poder? Se gostou, ler o livro completo ou o resumo dele é uma boa dica para entender melhor o contexto das frases acima.

Vai aqui outra sugestão de leitura, mas agora, algo mais leve que as 48 leis do poder. Que tal conhecer a arte de Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas? Essa é mais obra fascinante!

48 leis do poder

Boa leitura!

Comentários