Livro “Os Segredos da Mente Milionária”: lições

Provavelmente, você ouviu dos seus pais frase do tipo “dinheiro não nasce no fundo do quintal”. Se ouviu e concordou, provavelmente você se programou para ser pobre. Outros não aceitaram, rebelaram-se e foram atrás de acumular fortuna. Esse é um dos exemplos que o autor do livro “Os segredos da Mente Milionária” usa para explicar porque algumas pessoas juntam dinheiro com facilidade e outras estão sempre no vermelho. T. Harv Eker garante que as causas estão lá trás, ainda na infância.

Os segredos da mente milionária

Ser rico ou pobre não tem nada a ver com educação, inteligência, habilidades, hábitos ou carreira… O que faz a diferença é o modelo mental que usamos para pensar sobre dinheiro, que tem origem em nossas experiências de infância.

Esse modelo mental determina os nossos comportamentos e influencia na quantidade de dinheiro que conseguimos acumular ao longo da vida. E, segundo Eker, a pessoa dificilmente se desvia desses níveis automaticamente.

Isso significa que pobre está fadado a viver na pobreza para o resto da vida? Claro que não. A boa notícia é que as pessoas podem se reprogramar para avançarem de nível e se juntarem à galera do andar de cima. O caminho das pedras está no livro “Os Segredos da Mente Milionária”.

O livro é dividido em duas partes: “Your Money Blueprint” e “The Wealth Files”. Começa abordando o condicionamento das pessoas em relação ao dinheiro – o nosso modelo mental.

Em seguida, o autor apresenta relatos sobre como pessoas ricas pensam, agem e tocam a vida, que é exatamente o que devemos fazer, se quisermos acumular riquezas.

Nós somos como os nossos pais

Os segredos da mente milionária

A grande maioria das pessoas está programada para viver com pouco dinheiro e somente um grupo muito pequeno consegue acumular riqueza. Isso porque os nossos padrões de pensamentos sobre dinheiro são moldados na infância, pelo que aprendemos com os nossos pais. Tudo o que ouvimos, fica guardado na memória.

Mas não é apenas o que eles falam sobre o dinheiro que fica no nosso subconsciente. O comportamento deles em relação ao dinheiro também pesa muito.

O livro “Os Segredos da Mente Milionária” mostra o exemplo do filho que pede dinheiro para a mãe e ela diz para a criança pedir para o pai. A mensagem subliminar nesse tipo de comportamento é que o homem é o responsável pelas finanças e mulher não sabe lidar com dinheiro.

Com o passar dos anos, as pessoas involuntariamente imitam os comportamentos dos pais. É preciso ficar atento a isso, se você quiser reprogramar o seu modelo mental financeiro. Assim, é preciso entendê-lo e promover uma mudança de hábitos.

Primeiro passo: avalie-se

Mudar um modelo mental sobre dinheiro é possível, mas isso não significa que seja uma tarefa fácil. Requer muito esforço.

Você precisa entender os próprios conceitos sobre dinheiro e como o seu subconsciente vem sabotando a sua possibilidade de acumular riquezas.

“Os Segredos da Mente Milionária” sugere que você relembre quais os ditados usados pelos seus pais na sua infância. Coloque tudo no papel, ou no micro. Verifique se esses ditados ainda guiam o seu comportamento.

E como vai a sua vida financeira hoje? Está endividado ou tem reserva no banco? Quais foram os seus investimentos e aquisições bem-sucedidos e os fracassados? Para todas as situações, busque entender as razões.

Fugindo das armadilhas

Os segredos da mente milionária

Depois de identificar como seu cérebro funciona em relação ao dinheiro, é hora de agir sobre ele. Tudo aquilo que remete a uma mentalidade de pobreza e escassez precisa ser reprogramado.

Nessa etapa, não é suficiente apenas eliminar as antigas crenças sobre dinheiro e colocar outras novas no lugar. O sucesso está em reforçar o novo modelo mental, diariamente, por meio da repetição.

Faça isso em voz alta. Em frente ao espelho diga: “Eu tenho uma mente milionária” ou “Quanto mais dinheiro eu ganho, mais dinheiro ele atrai”.

O autor de “Os Segredos da Mente Milionária” garante que, aos poucos, estas novas crenças vão sendo incorporadas no seu cotidiano, substituindo o seu modelo mental.

E você tem outro dever de casa: criar hábitos positivos perante a riqueza. Por exemplo, antes de comprar alguma coisa, pergunte-se se você realmente precisa desse produto ou se apenas busca uma satisfação momentânea.

Se estiver endividado, afirme verbalmente que essa nova aquisição só vai piorar a sua situação. A afirmação verbal é a forma mais eficiente de reprogramar o cérebro.

Assuma o comando

Sua riqueza só depende de você. Não adianta jogar a culpa no chefe, no emprego chato ou nos coitados dos seus pais – lembre-se que você pode se reprogramar.

O livro “Os Segredos da Mente Milionária” reforça que uma das crenças mais importantes para quem quer enriquecer é saber que você, somente você, está no controle do seu destino.

Pessoas ricas tomam as rédeas da própria vida e não perdem tempo nem energia fazendo-se de vítimas.

Reflita: quem compra bilhetes de loteria? Os pobres, é claro. Pessoas ricas sabem que o dinheiro sob seu controle é um investimento muito melhor do que ficar à mercê da sorte.

Para acabar de vez com a síndrome de vítima, “Os Segredos da Mente Milionária” sugere que você liste todos os seus investimentos que não deram certo e entenda o motivo do fracasso. E foque naquilo que você consegue mudar.

Pense positivo

Os segredos da mente milionária

O modelo metal de uma pessoa pobre a induz a pensar que os ricos são sortudos e desonestos. E essa é uma crença extremamente limitante sobre dinheiro que leva muita gente a ter medo de acumular riqueza.

Essas pessoas se fecham para a possibilidade de enriquecer e, provavelmente, morrerão pobres. Para realmente acumular riqueza, é preciso conhecer, gostar e admirar gente rica.

Dedique-se

Sonhar com dinheiro não fará de você uma pessoa rica. Além de querer muito, mas muito mesmo, você tem que colocar a mão na massa. Isso significa trabalhar duro por longas jornadas e manter seu foco a todo tempo. Sacrificar-se.

A verdadeira riqueza pede um comprometimento real. Você também precisa se desafiar a crescer e evoluir. O livro “Os Segredos da Mente Milionária” recomenda estudar finanças, ler sobre investimentos e entender a história de como as pessoas ficaram ricas.  

Quanto mais você conhecer o mundo do dinheiro, mais fácil será atraí-lo para o seu bolso.

Pare de reclamar

Ficar reclamando é a pior coisa que alguém pode fazer, quando o objetivo é acumular riquezas. De acordo com “Os Segredos da Mente Milionária”, ao reclamar você desvia sua atenção e energia para o que está errado. E o que você foca, tende a expandir.

Pessoas ricas pensam, atuam e fazem escolhas diferentes da média. E elas não reclamam. Quando você fica se queixando, você atrai pensamentos negativos e coisas ruins, reduzindo as possibilidades de entrada de dinheiro.

Isso vale também na hora de escolher as suas companhias. Fuja das pessoas pessimistas e queixosas. A negatividade contagia e esse pessoal vai puxar você junto para o fundo do poço.

Sonhe grande

Os segredos da mente milionária

Você pode fazer tudo direitinho, mas se almeja pouco, é pouco que vai ter. Tenha objetivos desafiadores. Enquanto os pobres querem pagar as contas, os milionários querem ficar bilionários.

Os desejos se materializam nos resultados das pessoas, por isso, é essencial pensar grande. Por exemplo, se você é um médico e ganha dinheiro em troca do seu tempo, está em maus lençóis.

O tempo é um recurso escasso. O jeito rico de pensar seria montar uma rede de clínicas para atender milhares de pessoas e não apenas dezenas.

Mas um sonho grande envolve riscos e o livro “Os Segredos da Mente Milionária” afirma que a maioria das pessoas se contenta com o mínimo para sobreviver e não está disposta a arriscar pelo dinheiro.

Essas pessoas operam com base no medo e na escassez. Elas param no nível intermediário porque temem perder dinheiro e não conseguir recuperá-lo. Infelizmente, essa postura não permitirá que elas desfrutem da riqueza.

Então, quando o que você almeja é ter dinheiro suficiente para pagar as contas no final do mês, é exatamente isso que você terá. Não se enriquece com baixas expectativas.

Pessoas ricas focam em muito dinheiro – muito mesmo. Elas pensam grande, têm atitude e se arriscam.

Não brinque com o dinheiro

Os segredos da mente milionária

Ganhar dinheiro não faz de você uma pessoa rica. É imprescindível saber juntar a grana e fazer o bolo crescer cada vez mais. A receita para isso inclui disciplina e inteligência.

Muitas pessoas baseiam sua riqueza apenas em quanto elas ganham por mês. O jeito certo de medir sua real riqueza é analisando seu patrimônio líquido, ou seja, o valor de tudo aquilo que você possui.

Veja as dicas do livro “Os Segredos da Mente Milionária”:

  • tenha um plano financeiro de longo prazo, que busque o equilíbrio entre receitas, despesas, investimentos e reservas;
  • tenha uma fonte de renda passiva – canais de receitas que geram ganhos constantes, independente do seu trabalho – ações, fundos de investimento ou mesmo aluguéis;
  • tenha diferentes contas bancárias e uma delas para investimentos, para a qual devem ser desviados 10% de todas as suas receitas;
  • gaste apenas 50% dos seus ganhos com despesas gerais e reserve 10% do seu dinheiro para luxos e prazeres;
  • prive-se de gratificações instantâneas e foque em ganhos de longo prazo e crescimento do patrimônio líquido.

Mantenha sua autoestima nas alturas

Os segredos da mente milionária

Dinheiro e autoestima andam de mãos dadas. Não caia na armadilha dos pobres que não acreditam neles mesmos e atraem cada vez mais pobreza.

De acordo como livro “Os Segredos da Mente Milionária”, quando você sabe seu real valor, você se promove, promove suas ideias e seus negócios.

Além de saber seu valor, é preciso ser capaz de liderar. E os seguidores somente virão se você acreditar em suas ideias e souber vendê-las. Para isso, invista nos seus pontos fortes e use-os a seu favor em tudo que fizer.

Enfim, para participar do mundo dos ricos e elevar sua autoestima, cerque-se de riqueza. Frequente os mesmos lugares que os ricos e se considere merecedor disso.

Lembra daqueles 10% que você separou para o luxo? É hora de usá-los. Matricule-se em um clube de campo dos ricos da sua cidade ou naquela academia famosa. Ou frequente o restaurante cinco estrelas…

Um brinde à riqueza! Quem venha sempre mais dinheiro!

10 Frases do livro “Os Segredos da Mente Milionária”

“Enriquecer não diz respeito somente a ficar rico em termos financeiros, é mais do que isso: trata-se da pessoa que você se torna para alcançar esse objetivo.”

“A razão número um porque a maioria das pessoas não obtém o que eles querem é que elas não sabem o que querem.”

“Se a sua motivação para adquirir dinheiro ou sucesso vem de uma raiz não favorável, como medo, raiva ou a necessidade de ‘provar’, seu dinheiro nunca lhe dará felicidade.”

“Se você quer mudar os frutos, primeiro você terá que mudar as raízes. Se você quiser mudar o visível, primeiro você deve mudar o invisível.”

“As pessoas ricas acreditam que criam sua própria vida, as pobres acreditam que as coisas apenas acontecem.”

“O dinheiro só o tornará mais do que você já é.”

Ricos entram no jogo do dinheiro para ganhar. Pobres entram no jogo do dinheiro para não perder.”

“O primeiro elemento de mudança é a consciência. Você não pode mudar algo, a menos que você saiba que existe.”

“O segundo elemento da mudança é o entendimento. Ao entender onde o seu ‘modo de pensar’ se origina, você pode reconhecer que tem que vir de fora de você.”

“Se você continuar fazendo o que você sempre fez, você continuará recebendo o que você sempre obteve.”

Leitura: um excelente investimento

Pai Rico Pai PobreRobert Kiyosaki e Sharon L. Lechter

Os segredos da mente milionária

Essa é outra dica de leitura super valiosa para quem quer refletir sobre dinheiro. Os autores quebram crenças e sugerem que você ensine os seus filhos desde cedo a terem educação financeira para serem adultos independentes e ricos.

Mindset, a autora Carol Dweck

os segredos da mente milionária

O sucesso não depende unicamente das nossas habilidades ou talentos, mas também da forma como enfrentamos a vida. Depende de nossas atitudes mentais, que podem nos fazer pessoas mais felizes e capazes de controlar nossas próprias vidas.

Boa leitura!

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *