Como diminuir a ansiedade: descubra 10 maneiras

A sua ansiedade “pega pesado” no local de trabalho? Temos duas notícias para você: uma boa e outra ruim.
A notícia ruim é que ansiedade pode prejudicar, não apenas a sua saúde, mas a sua imagem profissional e até mesmo a sua carreira.
Ansiedade passa a impressão de insegurança e medo diante do novo e dos desafios. Pode parecer que você não está preparado para determinada situação. Infelizmente, no ambiente profissional, muitos enxergam isso como incompetência.
Agora, vem a notícia boa. Existem técnicas e atitudes focadas em como diminuir a ansiedade, mantendo a sua produtividade e ajudando a melhorar a forma como as pessoas enxergam você.
Outra coisa importante de se saber é que ansiedade é um sentimento normal. Quase todo mundo passa por isso. O que é prejudicial para você e sua carreira é um elevado nível de ansiedade, sem controle, o tempo todo.

Altamente prejudicial

Tem gente com dificuldades no trabalho, simplesmente, por não saber como lidar com a ansiedade. Chega ao ponto de recusar uma promoção, por exemplo, só de pensar em falar em público
Normalmente, as pessoas com ansiedade elevada apresentam dificuldade em situações de crise. Elas não conseguem definir metas claramente e nem cumprir os prazos. As relações interpessoais também são abaladas.

Deu aquele friozinho na barriga? Tenha atitude

Se você quer realmente saber como diminuir a ansiedade, a primeira atitude é reconhecer os sintomas e estar disposto a agir.
Querer controlar a ansiedade sem fazer nada não ajudará você. A ansiedade vai continuar e o seus problemas também.
É como uma pessoa que quer emagrecer, por exemplo. Ela sabe que precisa de uma alimentação balanceada e atividade física. Mas não faz nada disso. Assim, vai continuar reclamando do peso para o resto da vida.
A melhor estratégia de como lidar com a ansiedade é não jogar na defesa. Entre em campo disposto a vencer. Parta para o ataque e enfrente o “adversário”, nesse caso, o medo.

O gatilho

São várias situações comuns do cotidiano das empresas que desencadeiam a ansiedade entre os funcionários.
As situações mais comuns são o medo de falar em público, inclusive reuniões; o medo de errar e o medo do fracasso.
A lista inclui, ainda, o medo dos desafios e das mudanças. Nos dias atuais, é comum pensar que não conseguirá acompanhar a tecnologia. Junto com tudo isso, vem o medo de que os outros estejam pensando de você.
Perfeccionismo também leva à ansiedade.
Então, se as batidas do coração aceleraram, as mãos começaram a suar ou se veio aquele friozinho na barriga, é hora de controlar a sua ansiedade.

As 10 dicas de como diminuir a ansiedade

A proposta é parar a ansiedade antes que ela paralise você. Se possível, até mesmo evitá-la. Veja algumas dicas:

  1. Reconheça que você está ansioso

Somente se você souber identificar a ansiedade e admiti-la como um sentimento que pode ser controlado é que alguma coisa poderá ser feita a seu favor.

  1. Tenha atitude

Quando perceber que alguma coisa saiu dos trilhos, comece a agir. Não deixe que a ansiedade fique sugando a sua energia por muito tempo.

  1. Controle sua respiração

Existem vários exercícios de respiração para diminuir a ansiedade. Antes de praticá-los, escolha um local tranquilo, onde você não será interrompido.

  1. Bata um papo com você mesmo

É claro que é pra falar de coisas boas, de encorajamento. Por exemplo, “eu sou forte e posso superar esse momento”. Você estará se energizando com pensamentos positivos.

  1. Questione-se

Mais uma vez, converse com você mesmo. Pergunte se o problema é grande suficiente para lhe causar tanta ansiedade. Por exemplo: “Minha preocupação é real?” As suas respostas podem lhe mostrar que a situação não é tão feia quanto parece.

  1. Converse com um amigo também

Abrir-se com alguém da família ou um amigo de sua confiança e de alto astral é uma boa ideia. Fale dos seus sentimentos. Essas pessoas podem ajudá-lo a adquirir segurança para enfrentar os seus medos.

  1. Deixe o futuro pra depois

Pensar no que pode acontecer no futuro vai deixar você ainda mais maluco. Então, por enquanto, concentre-se no presente e fique atento à movimentação ao seu redor. Isso pode ajudá-lo a gerenciar melhor a situação.

  1. Deixe a sua mente “viajar”

Mas vá para um lugar tranquilo, relaxante. Dedique alguns minutos para meditar, pensando em alguma situação ou uma paisagem que lhe acalme. Tem gente que gosta de mar, outros de montanha e existem aqueles que se acalmam pensando em pássaros, olhando para o céu…

  1. Trabalhe, pare, trabalhe…

Trabalhar feito um louco não ajuda a diminuir a ansiedade. Pare, dedique alguns minutos do seu dia para respirar e alongar o corpo. Levante-se, ande pela sala ou no corredor, relaxe. Vá ao banheiro, tome água…

  1.  Invista na prevenção

Você não precisa focar apenas em como diminuir a ansiedade. Ou seja, não espere que o problema bata à sua porta. Antecipe-se e atue na prevenção:

  • Planeje o seu dia. Anote de tudo o que você precisa fazer e estabeleça prazos que realmente possam ser cumpridos, sem estresse.
  • Comece pelas atividades mais importantes e concentre-se no que realmente interessa.
  • Mantenha a sua mesa e o seu computador organizados. Você economizará raiva durante o expediente, procurando por papéis e informações.
  • Elimine todos os dispositivos que possam tirar sua atenção do trabalho: CELULAR, televisão, rádios, fones de ouvido, alertas do computador.
  • Corra para bem longe dos sugadores de energia. Toda empresa tem aquelas pessoas negativas e que adoram uma fofoca. Evite essa turma se você não quiser ser “contaminado”.
  • Celebre as conquistas, por menor que ela lhe pareça. A alegria das comemorações fortalece a autoconfiança.
  • Cuide da sua saúde e bem-estar. Isso inclui dormir bem à noite, alimentar-se corretamente e fazer alguma atividade física regular. Tente não levar trabalho pra casa.
  • Atividades de relaxamento e meditação são sempre bem-vindas. Você pode pensar em yoga, massagens ou outra atividade de sua preferência.

Se você aplicar as técnicas de como diminuir a ansiedade e mesmo assim o problema continuar, busque outro caminho. Terapia pode ser uma boa ideia.
A leitura também pode lhe dar mais informações e ser uma grande fonte de inspiração e até mesmo de relaxamento.
Boas opções é o que não faltam. Experimente “A Arte de Fazer Acontecer”. O livro vai ensinar você a definir prioridades e a cumprir os prazos estabelecidos.
Você quer uma outra dica legal? Leia “Desperte o seu gigante interior” ou faça a sua assinatura no 12Minutos e escolha os títulos da sua preferência, para ler ou ouvir onde e quando desejar.

Comentários