1

Resumo do Livro Sprint, de Jake Knapp, em PDF

Como resolver grandes problemas e testar novas ideias em apenas cinco dias? Esse é o segredo por trás do Sprint, uma metodologia provada e aprovada por centenas de empresas e que virou livro de sucesso no mundo das startups.

sprint livro pdf download

Em outras palavras, o Sprint é um modelo de gestão de projetos que dá velocidade às empresas e se baseia em ciclos curtos. Requer um processo que pode até parecer um pouco intensivo e desafiador, mas, acredite, tem rendido ótimos resultados. 

Afinal, em uma startup, você não tem muitas chances de errar feio ao lançar um produto. Se isso acontecer, você provavelmente ficará sem recursos financeiros e verá a sua empresa desaparecer do mapa. 

Por isso, é imprescindível acertar e se adaptar com velocidade. E daí a importância do Sprint, para aumentar as suas chances de sucesso.

Sobre os autores

O método Sprint foi criado por três profissionais de design do Google Ventures – o braço de investimentos em tecnologia da gigante Google. São eles:

Jake Knapp

Desenhou o processo de Sprint do Ventures e já pôs em prática mais de 80 Sprints em startups como About.me, Nest, Blue Bottle Coffee e Foundation Medicine. Foi responsável pela estratégia de design do Google, liderando Sprints para tudo, desde o Google X até o Google Chrome, passando pelo Gmail. Foi ele, também, quem começou o Google Hangouts. 

John Zeratsky 

Foi líder de design no YouTube e um dos primeiros colaboradores do FeedBurner, adquirido pelo Google em 2007. 

Braden Kowitz 

Além de designer, ele é também contador de histórias e geek em desenvolvimento de produtos. É um parceiro de design da Google Ventures e fundou o Design Studio do Time. Comandou o design de vários produtos Google, como Gmail, Google Buzz, Google Apps for Business, Google Spreadsheets, OpenSocial e Google Trends.

Os princípios apresentados nesse livro podem ser usados em qualquer empresa e times de todos os tamanho. Afinal, garantem os autores, inovar é algo desafiador, independentemente se você é um empreendedor, professor ou um executivo de uma multinacional.

Então, você está pronto para crescer e executar com velocidade? Se sim, vamos seguir adiante para sabermos mais sobre a metodologia Sprint e quando/como usá-la no nosso cotidiano. 

Quando usar Sprints

Quando usar Sprints

Grande demanda de projetos rodando ao mesmo tempo, prazos apertados, volume de tarefas cada dia maior e aproveitamento dos recursos humanos comprometido… Você certamente vive ou já vivenciou uma situação semelhante em sua empresa.

Quando trabalhava como designer, no time do Gmail, Jake Knapp se viu no meio desse furacão. Ele tinha apenas 30 dias para projetar e entregar uma funcionalidade que ajudava o Gmail a organizar automaticamente as mensagens dos seus usuários. Apesar do grande desafio, Jake e sua equipe cumpriram o prazo. Como? Organizando o projeto em Sprints.

Mas como saber se um Sprint é ideal para você? 

Você precisa dar um pontapé inicial em projetos complexos e desafiadores, mas não sabe por onde começar? Tem um novo modelo de negócios para validar? Uma grande funcionalidade que precisa ser projetada? Então, o Sprint é o ideal.

De acordo com os autores, o Sprint geralmente é indicado nos casos de projetos de alto investimento, com prazos curtos e projetos parados. Por outro lado, eles alertam que o Sprint não é a melhor opção, quando o ganho do projeto é pequeno e o risco é baixo.

MVP versus Sprint

Um MVP é um Produto Mínimo Viável, ou seja, um produto desenvolvido com o menor número possível de funcionalidades, que tenta coletar feedbacks iniciais do cliente para que ele possa ser validado. 

Os autores acreditam que essa é uma abordagem interessante, porém, com os Sprints, é possível ir mais longe. Ou seja, você consegue criar protótipos realistas que estão prontos para coletar feedbacks reais de clientes, mantendo a velocidade. Assim, você não precisa realmente executar para poder validar os seus resultados. 

Prepare-se antes de começar

sprint livro pdf

Se você identificou que a metodologia Sprint é a melhor opção para o seu caso, então, não avance sem antes fazer os preparativos. Para ter sucesso, os autores recomendam montar times pequenos, multidisciplinares e com papéis claros. O ideal é pelo menos 7 pessoas, com habilidades necessárias para entregar o projeto. 

Papéis importantes em um time:

  • O decisor: é o líder da empresa ou alguém que conhece o problema a ser atacado com profundidade. 
  • O facilitador: um gerente de projetos que consegue manter o processo rodando no prazo e que seja capaz de tomar decisões com agilidade.
  • O Criador de Problemas: alguém que tem uma visão antagônica à do time, para trazer novas perspectivas.

Além destes, é claro, você vai precisar de alguns especialistas em:

  • Finanças: alguém que entende completamente os custos e as implicações financeiras do projeto. 
  • Marketing: alguém que sabe como fazer com que seu produto chegue ao cliente.
  • Cliente: alguém que conhece seus clientes e entende seus desafios com profundidade.
  • Logística: pessoa que entende como realizar todas as etapas necessárias para que o produto seja bem-sucedido.

Antes de começar o Sprint, certifique-se de que as pessoas:

  1. Conheçam os demais membros do time e saibam seus papéis. 
  2. Conheçam o processo por trás do Sprint. 
  3. Entendam o problema a ser resolvido. 

Os preparativos

  • Defina quem serão o decisor e facilitador;
  • Inicie a metodologia Sprint numa segunda-feira;
  • Cada dia de Sprint deve ter seis horas de atividades – os autores sugerem começar às 10 da manhã e terminar às 15h, com uma pausa para o almoço;
  • Reserve um espaço com quadros brancos, post-its, canetas, café, água e lanches saudáveis, para maximizar a performance do time; 
  • Tenha em mãos também um cronômetro, para acompanhar a duração das atividades; 
  • Bloqueie a agenda dos participantes, para não haver interrupções, como reuniões, ligações e outros compromissos. 
  • Remova as possíveis distrações, com celulares, por exemplo.

Depois de cuidar dos preparativos, é hora de começar os 5 dias do Sprint:

Segunda-Feira: Definindo o objetivo do Sprint

sprint metodologia agil
  • Garanta o alinhamento entre todos os participantes. Para isso, pergunte a cada um qual é o objetivo de longo prazo a ser perseguido. 
  • Mapeie os desafios. Ou seja, utilize discussões estruturadas previamente e pergunte à sua equipe quais são os seus maiores desafios. 
  • Depois de ter o time 100% montado, converse com os experts naquele assunto dentro da empresa, na parte da tarde, e peça que eles compartilhem informações sobre aquele desafio escolhido. 
  • Crie o plano do Sprint. Não crie um plano cronológico, planeje com o objetivo em mente e vá construindo o caminho até lá aos poucos. 
  • Mapeie as potenciais armadilhas e problemas que podem ocorrer e encontre quais seriam as suas causas. 
  • Mapeie também os recursos necessários e fatores externos que possam ocorrer. Para ter sucesso, garanta que o Sprint esteja alinhado com seus objetivos de longo prazo.
  • Escolha um objetivo claro e entregável. Algo ambicioso, mas pequeno o suficiente para atacar um pedaço do problema em questão e que possa ser entregue em uma semana. 
    • Seu objetivo deve satisfazer seus clientes e garantir que eles possam usar o resultado dos seus esforços no final da semana.

Terça-Feira: Encontrando as soluções

sprint jake knapp portugues

No segundo dia, o time irá definir soluções para os problemas e desafios encontrados. Então, esse é o momento de coletar ideias e documentá-las. Faça o seguinte:

  • Peça que cada pessoa escreva a solução que adotaria para resolver o problema atacado em um pedaço de papel e o cole em uma parede ou no quadro branco.
  • Apresente as ideias coletadas a todo o time, de forma rápida. O autor chama isso de demonstrações na velocidade da luz. Ou seja, durante 3 minutos, cada membro da equipe pode apresentar suas soluções favoritas.
  • Incentive seu time a criar soluções que contam, inclusive, com recursos e habilidades diversas das habilidades habituais daquele profissional.
  • Escolha as 3 melhores ideias e deixe que os participantes criem rascunhos de soluções potenciais na parede. 

Quarta-Feira: Dia de decisão

sprint livro google

Esse é o dia de criticar as ideias do dia anterior e definir qual delas será explorada no sprint. 

  • Cole as ideias na parede, mas sem revelar quem são os respectivos autores. Afinal, o importante é focar nas ideias em si e não em quem as teve. 
  • Discuta as ideias por 5 minutos cada e faça com que os participantes votem nas suas ideias favoritas. 
  • Utilize post-its coloridos para que cada pessoa os cole sobre suas ideias preferidas e, assim, fique claro no quadro quem é o vencedor. 
  • A ideia mais votada vence e as ideias que perderam podem acabar se tornando parte de um próximo Sprint. 
  • Em um quadro branco, desenhe com o time os protótipos de como as melhores ideias funcionariam. 
  • Sprints de design existem para testar ideias ousadas, com alto potencial. Portanto, não foque nos detalhes e sim nos grandes desafios. 
  • Documente tudo no quadro para o dia seguinte.

Quinta-Feira: Dia de “prototipar”

metodologia sprint

Chegou a hora de simular sua ideia para que ela possa ser apresentada aos clientes e, assim, validada. Ou seja, seu time precisa fazer um protótipo realista, de tal modo que as pessoas não percebam que ele é apenas um protótipo. 

  • Não é necessário que o protótipo seja totalmente perfeito. Detalhismo em excesso vai cansar a equipe, criar lentidão no seu processo de aprendizado e deixar todo o time frustrado. 
  • Nunca use textos de marcação, como os tradicionais “Lorem Ipsum“. Utilize texto real, com dados de pessoas reais. Ele precisa parecer realista.
  • Não foque na ferramenta em si, mas sim na qualidade do protótipo. 
  • Comece com papel, PowerPoint ou softwares de desenho simples.
  • Protótipos são poderosos e é importante que eles sejam feitos com foco no cliente.

Sexta-Feira: Dia de entrevistas

sprint livro google

O Sprint termina com entrevistas aos clientes, avaliando as suas reações – é a prova de fogo.

  • Entreviste 5 clientes, com base em seu interesse no problema selecionado. Esse é um número suficiente para expor 80% dos problemas e evitar milhares de entrevistas de feedbacks qualitativos, garantem os autores.
  • Documente estas entrevistas em vídeo, para que seu time possa ver os resultados.
  • Antes de apresentar o protótipo a eles, faça perguntas que os deixem confortáveis e livres para serem sinceros.
  • Pergunte se eles gostariam de ver o protótipo. Peça honestidade e demonstre abertura às críticas. 
  • Seu time deve assistir as entrevistas em outra sala, simultaneamente. Assim, eles podem tomar notas, entender as percepções do cliente e registrar os aspectos positivos e negativos no quadro branco. 
  • Concluída a entrevista, analise os resultados e avalie se o protótipo é promissor e se merece ser desenvolvido ou não.
  • Discuta os aprendizados com o seu time e tome notas de tudo.

Vale a pena desenvolver uma ideia?

Essa é uma resposta que você terá após os 5 dias do Sprint, tendo como base as interações reais com clientes. Se sua ideia funcionar, ótimo. Se ela falhar, não tem problema. Na verdade, você acabou de economizar milhares de dólares e meses de desenvolvimento para descartar algo que as pessoas não querem. 

No caso de falha, coloque o seu foco em novas soluções, em vez de pensar nos custos envolvidos na criação daquele protótipo que demorou apenas uma semana. Afinal, o Sprint é rápido e tem baixo custo. 

Enfim…

O livro Sprint é cheio de boas ideias. Alguns pontos interessantes que você deve levar em conta são: 

  • É mais importante começar devagar, para acelerar depois. 
  • Não busque envolver todos na criação de uma solução única; deixe que as pessoas criem seus rabiscos, soluções e ideias.
  • É preciso comunicar claramente e com tempos definidos. 
  • Em vez de ter todos os detalhes perfeitos para testar, crie algo rápido. O importante é aprender rápido e não buscar a perfeição.

7 frases do livro Sprint

Aprendizado contínuo

Então, você gostou da metodologia Sprint? Deixe aqui os seus comentários!

Você pode aprender ainda mais, assistindo os videos no Youtube, do Google Ventures, demonstrando como se organizar para criar seu próprio Sprint.

E se você quer seguir o caminho do crescimento, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. A plataforma 12min disponibiliza para você microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores. Por exemplo, você certamente irá adorar os seguintes livros:

Toneladas de conhecimento

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Assim, você consegue absorver toneladas de conhecimento sobre empreendedorismo e negócios, carreira e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Nossa dica de hoje pra você

Você já sabe: ao final dos nossos posts, nós do 12min sempre preparamos uma sugestão especial de leitura para você seguir aprendendo cada vez mais. Por exemplo, que tal entender porque algumas organizações são dez vezes melhores, mais rápidas e mais baratas do que a sua! O escritor e empreendedor Salim Ismail tem a resposta e, ainda, ensina como começar um negócio de sucesso. Vamos lá:

Organizações Exponenciais 

livro Organizações Exponenciais

Organizações Exponenciais são aquelas cujo impacto é desproporcionalmente grande. Em geral, isso é 10x maior do que as demais empresas. Elas alcançam essa façanha por meio da inovação tecnológica. 

Ismail explica que, enquanto uma empresa tradicional (organização linear) é restrita a recursos escassos, as organizações exponenciais amplificam seu potencial por meio da abundância.

Veja um exemplo do setor de hotelaria. Uma grande rede de hotéis precisa construir novas unidades e aumentar significativamente o número de leitos para crescer. Por outro lado, a startup Airbnb aluga quartos na casa de pessoas comuns e, assim, opera na premissa de que o inventário de unidades é infinito. Além disso, utiliza dados e tecnologia para crescer. 

O Airbnb não possui nenhum prédio. Seu crescimento exponencial permitiu que ele fosse avaliado em dezenas de bilhões de dólares.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Sprint, em pdf, e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Por Que Fazemos o Que Fazemos, de Mario Sergio Cortella, PDF

O que o leva a acordar cedo todos os dias e ir trabalhar? Essa é uma pergunta que você deve fazer a você mesmo, antes de sair da cama, toda manhã, de acordo com o livro Por Que Fazemos o Que Fazemos

livro Por Que Fazemos o Que Fazemos, de Mario Sergio Cortella

Se a sua resposta se resume em apenas ganhar dinheiro, então, é hora de acionar o alarme. Ou seja, segundo Mário Sérgio Cortella, isso não é um bom sinal. O autor defende que sua busca diária deve girar em torno de um propósito de vida, em casa e na empresa. 

Se você não enxerga razão para fazer o que faz, os sintomas começam logo cedo. Por exemplo, quando o dia amanhece e você não quer sair da cama. No entanto, existem duas coisas a se pensar nesses casos. 

Se você quer apenas dormir um pouquinho, depois de um dia movimentado, isso pode ser sinal de cansaço e seu corpo está lhe pedindo algumas horas extras para se recuperar. Mas, se a vontade é de ficar debaixo das cobertas para sempre, então, o seu problema é o estresse. 

Por Que Fazemos o Que Fazemos?

Nesta obra, você vai entender que não adianta levar o trabalho apenas como o meio de ganhar dinheiro, sem pensar em projetos que o satisfaça além da parte financeira. 

O autor fala também sobre as diversas situações e turbulências que podemos enfrentar em nossa vida profissional, antes de alcançarmos aquilo que queremos por meio da motivação. 

Você vai aprender ainda sobre autodesenvolvimento, organizações com propósito, parceria empresa-empregados e vários outros fatores que fazem muita diferença no ambiente de trabalho.

Ficou interessado? Continue com a gente!

Sobre o autor

Mário Sérgio Cortella é filósofo, escritor, educador, palestrante e professor universitário. É muito conhecido por analisar questões sociais ligadas à filosofia na sociedade contemporânea. Ele foi também professor titular do Departamento de Teologia e Ciências da Religião e de pós-graduação em Educação da PUC-SP, além de professor-convidado da Fundação Dom Cabral. Fez o programa “Diálogos Impertinentes” na TV PUC, que recebeu convidados como o filósofo Olavo de Carvalho e o teólogo Carlos Josaphat. Cortella tem obras publicadas no campo da Filosofia e da Educação.

Mas afinal, o que é um propósito?

Por Que Fazemos o Que Fazemos pdf

A palavra “propósito”, em latim, significa “aquilo que eu coloco adiante”, o que estou buscando. Uma vida com propósito é aquela em que eu entendo as razões pelas quais faço o que faço e pelas quais, claramente, deixo de fazer o que não faço.

Por outro lado, quando se vive de maneira automática, robótica, levando tudo numa rotina monótona, trata-se de uma vida banal. Segundo o livro Por Que Fazemos o Que Fazemos, algumas tradições religiosas de variadas vertentes, sugerem perguntas a serem feitas:

  • O que fez, fez por quê?
  • E, não fez, não fez por quê?
  • Fez o quê e não deveria ter feito; por que o fez?
  • O que não fez e deveria ter feito, por que não o fez?

Você consegue responder as perguntas acima ou apenas almeja o paraíso profissional?

Ser “livre de” e “ser livre para”

Se você não for livre da fome, da falta de abrigo, da falta de socorro médico, você não será livre para outras escolhas, inclusive, para recusar um trabalho regular e decidir viajar, por exemplo. Assim, de acordo com Cortella, se a pessoa entrar no modo automático, ela iniciará em um processo de alienação, isto é, de perda de si mesmo. Portanto, algo muito forte da natureza do trabalho se perde, a natureza autoral, a sensação de “eu sou o realizador daquilo”. 

Tempos Modernos

Certamente você conhece o filme “Tempos Modernos”, de Charles Chaplin. Mas, de acordo com o livro Por Que Fazemos o Que Fazemos, o mais triste nessa história não é o automatismo do movimento da linha de montagem. Mas sim a alegoria de que ele se integra àquela engrenagem, de tal modo que sai do outro lado ileso. É a pessoa deixando de ser humana no cotidiano, para virar apenas uma peça de uma engrenagem.

Você odeia as segundas-feiras?

Por Que Fazemos o Que Fazemos pdf

Se você pensa apenas em ganhar dinheiro, odiar as segundas-feiras não lhe trará prejuízo. Por outro lado, se o objetivo é realização, percepção autoral, reconhecimento, então, você está no emprego ou na função errada. 

O autor de Por Que Fazemos o Que Fazemos lembra que toda conquista exige sacrifícios. Mas quem sofre demais com a chegada da segunda-feira não está apenas com cansaço físico. Na verdade, a pessoa não está se encontrando naquilo que faz e precisa rever os seus propósitos. 

A encrenca não é dizer “hoje é sexta-feira”. É aguardar esse dia com tanta intensidade que, quando ele chega, não se consegue aproveitá-lo por absoluta ansiedade.

Rotina versus monotonia

Pra início de conversa, você precisa entender que rotina não é sinônimo de monotonia. Assim, o que gera um enfado em relação ao cotidiano profissional é a monotonia, não a rotina. 

Por Que Fazemos o Que Fazemos explica que a rotina pode ser, inclusive, altamente libertadora. É ela que permite a organização de uma atividade e, portanto, a utilização inteligente do tempo. Ela garante maior eficiência e segurança naquilo que se faz. A monotonia é a morte da motivação!

A motivação 

motivação

Motivação é uma porta que só abre pelo lado de dentro. Ou seja, para gerar movimento, é essencial que haja um ponto de partida para algo, um estado interior. No entanto, não se deve confundir motivação com estímulo.

O estímulo é aquela palavra de incentivo apenas e tão somente para darmos um passo, enquanto a motivação nos leva mais longe, nos faz ter um propósito além da próxima tarefa.

E não dá para “bater o pé” e dizer que quer fazer apenas aquilo que gosta. Ninguém pode fazer isso, porque é simplesmente impossível. É uma utopia. Na vida real, haverá muitos momentos em que se dedicar a uma tarefa enfadonha será inevitável. Mas isso não significa que não devemos buscar, na maior parte do tempo, aquilo que gostamos.

Motivação também nos momentos de baixa

A dica aqui é simples: você precisa aprender a viver a restrição. Ninguém gosta disso é claro, mas trata-se de uma parte da formação da carreira de todos nós. Assim, é fundamental  encontrar caminhos e compreender que as fases ruins são apenas períodos.

Valores pessoais e os propósitos de vida

A ideia de consciência sobre os propósitos está ligada à noção de valores. Ou seja, quais são os meus valores? O que eu acho que vale e o que eu acho que não vale? A minha vida valerá de que modo? É uma vida com ou sem valia? Que valia eu quero colocar nela? Para que serve essa vida? Qual é o meu papel dentro da estrutura em que atuo? 

Quando você conseguir responder a si próprio sobre essas perguntas acima, encontrará o caminho que o leva para o seu propósito, garante o autor de Por Que Fazemos o que Fazemos. 

Mas, você não deve parar aí. Por que fazer? E por que não… ? Esses são os questionamento que vêm a seguir. Há coisas que eu posso fazer, mas não devo. E há coisas que eu não faço, porque considero indecentes. E porque acho indigno fazê-las – mesmo que alguém faça e isso seja uma regra não escrita de mercado – eu continuo preferindo não fazer. Isso é o que pauta a ética de cada um, bem mais do que simplesmente buscar uma meta a ser alcançada.

Como usar o seu tempo

por que fazemos o que fazemos pdf baixar gratis

Quase todo mundo dedica uma parte significativa do seu tempo com o trabalho. Muitas vezes, você sacrifica horas valiosas que gostaria de usar com a família, amigos ou fazendo algo que dá muito prazer.

O autor de Por Que Fazemos o Que Fazemos acredita que trata-se de uma condição séria. Afinal, quem não gostaria imensamente de ficar muito mais tempo com os filhos, a esposa ou o esposo? Mas, se fizesse isso, não teria os bens à disposição, que permitiriam desfrutar de algumas situações com todos os entes queridos, como a casa, as viagens etc. 

Assim, afirma Cortella, essa equação deve ser bem dividida, para que não haja prejuízo em nenhum dos ambientes importantes.

Procrastinação

Quando pensamos assim: “Um dia, quando eu tiver tempo, vou fazer aquilo que gosto.” / “Assim que tiver melhores condições, vou me dedicar ao meu sonho.” Frases dessa natureza são muito comuns em pessoas que alimentam a ideia de um dia se livrarem das atribulações do cotidiano e, enfim, ocuparem-se da atividade de que realmente gostam. 

O livro Por Que Fazemos o Que Fazemos ressalta que a humanidade carrega a percepção de que um dia será feliz. Mas essa procrastinação contínua é um distúrbio e não nos leva a lugar algum.

Eu era feliz e não sabia

eu era feliz e não sabia

Isso vale para o nosso cotidiano. Por exemplo, existem muitos profissionais por aí reclamando da vida, do trabalho, da sobrecarga de atividades… No entanto, quando são afastados de tudo isso, eles sentem falta da rotina, do convívio e os aspectos positivos ganham destaque na memória. 

Ou seja, no mundo do emprego, o que entendemos como maçante, desagradável, era apenas um componente menor de um movimento muito mais frutífero, garante o autor de Por Que Fazemos o Que Fazemos. 

Nessa hora, é necessário lembrar que a constatação “eu era feliz e não sabia” é um sinal de inteligência. Porque nós temos uma consciência que é o tempo histórico, isto é, eu não vivo apenas o tempo, tenho percepção de passado, presente e desejo futuro.

Alterar a rota ou seguir adiante?

A empresa certamente não é local reservado unicamente para conquistas, alegrias, realizações… Existem lá muitos aborrecimentos também. Você sabe disso, não é mesmo! 

O que compromete o sabor agradável do trabalho, muitas vezes, é a ausência de reconhecimento, injustiça na promoção, desprezo em relação àquilo que é feito, humilhação no cotidiano, assédio moral, enfim, tudo o que tira de você o prazer, o gosto de estar ali. 

Então, que atitude tomar nesses casos? O autor de Por Que Fazemos o Que Fazemos recomenda avaliar se o tipo de dissabor é relevante ou se ele pode ser colocado à margem. Se for decisivo para o seu bem-estar, se não for circunstancial, altere a sua rota e se prepare para uma mudança.

O autodesenvolvimento

mário sergio cortella Por Que Fazemos o Que Fazemos pdf

Tem muita gente que não fica parado, esperando a empresa investir no seu crescimento profissional. Pelo contrário, essas pessoas tomam as rédeas de suas carreiras e investem no autodesenvolvimento, muitas vezes, com apoio da empresa.

Esse é um pensamento moderno, pois, de acordo com o autor de Por Que Fazemos o Que Fazemos, o desenvolvimento de ambas as partes se multiplica a favor da empresa e do funcionário, mutuamente. E, ao final, todo mundo sai ganhando.

Organizações encantadoras

Existem muitas organizações pelo mundo afora com propósito. Elas são encantadoras. Não ambicionam um ganhar indiscriminado, independentemente, do resultado da ação. De acordo com o livro Por Que Fazemos o Que Fazemos, trata-se de uma postura consequencialista, em que se avalia o lucro também pelo resultado que ele produz na comunidade e não apenas como efeito da negociação de um produto ou serviço. Esse é um lugar prazeroso para se trabalhar, portanto, tem um nível de atratividade maior. 

Mão dupla

Uma empresa precisa de lucratividade, rentabilidade, produtividade e competitividade. A sustentabilidade nesses quatro tópicos depende de uma série de fatores: competência em seu setor, tipo de produto ou serviço que oferece, capacidade de planejar-se estrategicamente, equipamentos que dispõe, posicionamento no mercado e a capacidade de analisar cenários futuros. 

Mas depende também do modo como ela maneja o estoque de conhecimento que detém, por meio dos colaboradores. Ao investir em educação corporativa, não necessariamente a empresa estará mais bem preparada. Essa relação não chega a ser direta. O contrário, entretanto, é automático: não investir na formação implica em uma perda significativa da competência e da qualidade. 

O autor de Por Que Fazemos o Que Fazemos cita a frase: “Se você não acredita que educação é um bom investimento, tente investir em ignorância”. Não existe uma relação direta, linear, entre formação e aumento de competitividade. No entanto, hoje, as organizações que se diferenciam são as que não enxergam o trabalho das pessoas como commodity.

Outros microbooks do autor no 12mim

Então, você gostou dos ensinamentos de Mário Sérgio Cortella – Por Que Fazemos o Que Fazemos, em pdf? No 12min existem outras obras do autor. Anote:

Se você quer seguir o caminho do crescimento, aposte nos livros! Eles serão sempre seus fortes aliados!

Toneladas de conhecimento

Toneladas de comhecimentos

A plataforma 12min tem uma biblioteca rica e variada, e todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Assim, você consegue absorver toneladas de conhecimento, na velocidade que o mundo atual exige.

Se preferir, você pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Nossas dicas de hoje pra você

Você já sabe: ao final dos nossos posts, nós do 12min sempre preparamos sugestões especiais de leitura para você seguir aprendendo cada vez mais. Por exemplo, que tal se aprofundar um pouco mais nos temas propósito e sentido de vida! Veja:

Propósito, a Coragem de Ser Quem Somos – Sri Prem Baba

livro Propósito - Sri Prem Baba

Você já se questionou sobre o que veio fazer no mundo? Com esse livro, você vai aprender a pensar sobre esse assunto e sobre os fatos da sua vida que podem estar impedindo-o de seguir o seu caminho. 

Propósito foi escrito pelo mestre espiritual brasileiro, Sri Prem Baba. Segundo ele, toda criança nasce sabendo qual é o seu propósito e continua com ele até a juventude. Aos poucos, porém, passamos a acreditar nas vozes externas que insistem em colocar dúvidas em nossos sonhos.

Em um certo momento, nos damos por vencidos, até nos esquecermos de vez do que alimenta o nosso coração e passamos a viver os sonhos dos outros.

O livro Propósito afirma que a fundação da nossa personalidade acontece nos sete primeiros anos de vida. Assim, as crenças instaladas nesse período vão nos influenciar pelo resto dos nossos dias.

Em Busca De Sentido – Viktor Frankl

livro Em busca de Sentido

Viver em um campo de concentração nazista foi uma experiência brutal para centenas de milhares de prisioneiros, durante a Segunda Guerra Mundial. Viktor Frankl é um sobrevivente dessa atrocidade, uma das maiores na história da humanidade. E isso só foi possível porque ele tinha um propósito, sua vida tinha um sentido e, assim, recusou-se a desistir.

A vida no campo de concentração era muito difícil. Os homens e mulheres foram tirados de suas rotinas e se concentravam apenas em sobreviver. E naquele cenário, Viktor Frankl, sua família e os demais prisioneiros eram pessoas comuns. Ou seja, não tinham superpoderes, não eram famosos ou mártires lutando por uma causa.

Da experiência no campo de concentração, Viktor Frankl aprendeu que “não podemos evitar o sofrimento, mas podemos escolher como lidar com ele e encontrar um sentido nele”. E foi no campo de concentração que o autor do best-seller Em Busca de Sentido mudou sua perspectiva sobre o mundo e sobre as pessoas.

Em Busca de Sentido já vendeu mais de 10 milhões de cópias no mundo inteiro. 

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Por Que Fazemos o Que Fazemos? e as nossas dicas de leitura, deixe aqui a sua opinião e compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Hipercrescimento, de Aaron Ross, em PDF

Existe uma fórmula mágica para elevar significativamente as vendas da sua empresa? A resposta é “não”. Mas o livro Hipercrescimento revela estratégias comprovadas para você vender 10 vezes mais e jogar os seus resultados nas alturas.

hipercrescimento livro

Ou seja, aqui, nós vamos falar de um método usado pelo maior especialista em vendas B2B / SaaS do mundo, Aaron Ross. Ele montou um pequeno time na gigante de software americana, a Salesforce, para testar uma nova abordagem de prospecção de clientes. O resultado? Mais de 100 milhões de dólares em novos contratos. Trata-se de uma fórmula de sucesso que pode ser replicada por todos nós.

No entanto, você precisa saber que a expansão dos seus negócios, além de não depender de magia ou sorte, não acontece da noite para o dia. Ou seja, as empresas que cresceram e crescem rapidamente utilizam fórmulas e seguem padrões para alcançar e sustentar o crescimento acelerado.

Ficou interessado em saber como alavancar as suas vendas? Então, vamos lá!

O hipercrescimento e nicho de mercado

Pra crescer rapidamente, você precisa investir na geração de leads de vendas. Mas, segundo o livro Hipercrescimento, os seus sistemas precisam ser repetíveis e escaláveis. E não tente ser bom em um milhão de coisas e fazer tudo para todo mundo, sob pena de se sentir sempre remando contra a maré. 

Afinal, o crescimento acelerado nunca é alcançado quando se vende muitas coisas para muitos mercados. Isso porque, nesses casos, você divide suas energias e recursos.

Conquiste um nicho de mercado

livro hipercrescimento resumo

Nesse caso, nicho significa “foco” e não “tamanho pequeno”. Ou seja, ao invés de pensar em um mercado mais amplo de pessoas que você poderia potencialmente servir, concentre-se em resolver apenas os problemas de seus clientes-alvo.

Assim, a dica de Aaron Ross, em Hipercrescimento, é tornar-se excelente em resolver um problema específico, para um tipo particular de cliente. Você deve fazer isso até que as pessoas comecem a procurá-lo e não o contrário. 

De acordo com o autor, a ideia aqui é tornar-se referência na solução de um problema específico. Busque sempre a satisfação dos seus clientes, entenda-os a fundo e construa uma reputação inabalável para ter resultados tangíveis. Cresça a partir desta fundação sólida.

Se você fizer isso, verá os seus clientes falando bem de você para os amigos deles. Então, desenvolva maneiras repetíveis e confiáveis de encontrar e gerar interesse em outras pessoas, com o mesmo problema, iniciando um relacionamento de causa e efeito que pode levar o seu negócio ao hipercrescimento. Você pode dominar um nicho de cada vez.

Exemplos de empresas que tiveram hiper-crescimento, começando por nichos:

  • Salesforce.com: começou com a automatização da força de vendas e, depois, adicionou mais nichos;
  • Facebook: começou com as Universidades Ivy League, antes de liberar o acesso para todo mundo;
  • Paypal: começou com os usuários do eBay;
  • Amazon: começou vendendo apenas livros;
  • Zappos: vendia apenas sapatos.

Como dominar um nicho na prática?

Segundo o livro Hipercrescimento, para descobrir onde se pode ser um “grande peixe, em um aquário pequeno”, você deve escolher um nicho que:

  • Possua muitas pessoas com o mesmo problema específico que você vai resolver;
  • Possibilite mostrar resultados concretos e definitivos para os seus clientes;
  • Gere confiança, porque pode apresentar estudos de caso detalhados;
  • Permita construir uma lista de alvos identificáveis para seu marketing;
  • Diferencie você de todos os seus competidores, evitando assim a massificação de seus produtos.

Os cinco passos para dominar um nicho

  1. Faça uma lista com cinco a 10 nichos em que você poderia se sobressair, com base em sua atual carteira de clientes.
  2. Classifique seus nichos potenciais, utilizando os seguintes critérios:
    – Quão urgentes são suas dores?
    – Quais resultados tangíveis você pode gerar?
    – O que você pode fazer de diferente?
    – Você pode identificar as pessoas nesse nicho?
    – O que será único em sua solução?
  3. Escolha apenas uma oportunidade principal e uma secundária para perseguir.
  4. Valide que você está tentando resolver um problema importante para as pessoas, vendendo sua solução e, então, entrevistando seus clientes e medindo seus resultados.
  5. Comece um programa de geração de leads nesse nicho escolhido e aprenda o que os clientes potenciais estão pensando.
  6. Faça alguns testes e ajustes. Entenda que quanto mais testes você rodar, mais rápido aprenderá.

Quando você dominar seu nicho, você pode desenvolver um pitch que foque no que é mais importante para as pessoas nesse nicho. 

Aprenda como gerar leads contínuos

livro hipercrescimento resumo

Para ter hipercrescimento, é imprescindível investir em maneiras previsíveis de desenvolver seu funil de vendas. Ou seja, você precisará de uma estratégia sólida e veículos de marketing para atrair a atenção das pessoas certas em uma base contínua para o sucesso. 

Mas, se você pensa que para triplicar as suas vendas é preciso triplicar o número de vendedores, você está completamente enganado. Na verdade, o sucesso dependerá da geração de leads qualificados para o time de vendas trabalhar.

Os três tipos de leads que você deve gerar continuamente:

  • Sementes ou Seeds: Leads gerados por meio do boca-a-boca ou o marketing de relacionamento. 
  • Redes ou Nets: Leads geradas através de conteúdo e inbound marketing.
  • Lanças ou Spears: Leads outbound, de prospecção ativa, geradas por meio de marketing direcionado.

Vamos falar um pouco mais sobre cada um deles.

Sementes ou Seeds

Os cinco passos para dominar um nicho:

Você entrega seeds utilizando campanhas de comunicação horizontal (many-to-many). Empresas como Hotmail e Dropbox cresceram muito criando produtos virais em que os clientes existentes contam a seus amigos.

O livro Hipercrescimento garante que leads no estilo Seed podem ser altamente lucrativos, porque não geram custos com propaganda. Por outro lado, você tem pouco controle sobre o seu crescimento.

Nesse caso, você precisa rastrear e gerenciar os níveis de satisfação de seus clientes. Estudos de caso detalhados de clientes felizes com seu produto/serviço podem ser a melhor propaganda que você vai usar.

As chaves para a maior satisfação dos clientes e, então, mais Seeds são:

  1. Visualizar a satisfação do cliente como seu principal driver de crescimento;
  2. Classificar a satisfação do cliente como 5X mais importante do que as vendas – então, foque sua atenção em seus clientes atuais;
  3. Comece cedo, contrate cedo – contrate um gerente de Sucesso de Clientes ou Customer Success. Contrate outra pessoa nesse time para cada $2 milhões em receitas anuais da sua empresa;
  4. Visite os clientes pessoalmente e busque conhecer muito bem pelo menos dois deles por ano;
  5. Utilize boas métricas – meça taxas de retenção contínuas, receitas de up-sell, leads gerados, entre outros;
  6. Envolva seus objetivos de satisfação de clientes em seu crescimento – saia da geração de tração para o encorajamento da adoção de produtos, buscando retenção e otimização, à medida que sua empresa cresce.

Redes ou Nets 

hipercrescimento download

Você faz coisas, como por exemplo, eventos ou propagandas online, para atrair a atenção das pessoas, com foco na qualidade e não em quantidade. Por exemplo, a Marketo e outras empresas, cresceram até os $100 milhões em receitas, principalmente, com a criação de Nets que atraíram milhares de clientes.

Existem custos fixos envolvidos na geração de seus materiais, mas esses ativos do marketing continuam gerando leads indefinidamente. Por outro lado, menos de 3% desses leads serão convertidos em vendas, então, você precisa gerar muitos deles.

Lanças ou Spears

hipercrescimento download

Nesse caso, você age proativamente e busca um encontro com alguém que não está indo até você, com o objetivo de vender alguma coisa. As empresas acreditam que os Spears podem alimentar seus crescimentos de maneiras previsíveis, especialmente, quando se tenta alcançar grandes clientes. E, além disso, existe muito menos competição na prospecção outbound.

Aumente seus sistemas de vendas

Em algumas situações, o crescimento acelerado vem acompanhado de problemas a serem resolvidos. No entanto, o autor do livro Hipercrescimento garante que é mais divertido lidar com eles do que com a escassez de vendas.

Mas o que ocorre é que esses problemas costumam gerar mais problemas rapidamente. Assim, algumas vezes, quanto mais clientes você tem, mais problemas você tem também.

Segundo o autor, as empresas de software como serviço (SaaS) utilizam a seguinte regra: quando você alcança de $10 a $15 milhões em receitas recorrentes, seus problemas se estabilizam. 

No geral, Aaron Ross explica que com o crescimento você pode ter novos tipos de problemas. Assim, para tornar suas vendas escaláveis, você precisa pensar em três ideias:

Especialização

A especialização é sempre um multiplicador de vendas. Mas você precisa deixar o seu time de vendas se concentrar em vender. Sem uma equipe especializada, haverá dificuldades, mesmo com um produto incrível, apoio de grandes clientes e vendedores habilidosos, garante o autor de Hipercrescimento.

Em síntese, a ideia é fazer com que seu time de vendas gaste a maior parte de seu tempo atuando naquilo que faz de melhor – fechando negócios. Para isso, a estratégia de Aaron Ross é montar equipes diferentes para quatro papéis específicos:

  • Qualificação de leads inbound;
  • Prospecção ativa ou outbound;
  • Fechamento de novos negócios;
  • Suporte pós-venda.

Líderes de vendas

hipercrescimento livro pdf gratis

Essa é a pessoa que vai definir como o seu time de vendas trabalhará. Além disso, ela vai ditar as regras de como lidar com diversas questões como recrutamento, treinamento de vendedores, desenvolvimento de táticas de venda, estratégias de vendas etc.

O líder de vendas que você vai precisar, também, mudará e se evoluirá com o tempo. Veja o que sugere o livro Hipercrescimento: 

  1. Empresas em estágio inicial precisarão de um evangelista esperto e apaixonado.
  2. Quando tiver tração suficiente, você vai precisar de um VP de vendas que gera sistemas repetíveis.
  3. Empresas de médio porte precisarão de um VP de vendas que corre atrás de grandes contratos.
  4. Empresas de grande porte tipicamente precisam de um VP de vendas que utilize dashboards para fazer ajustes. 

Rotatividade e produtividade

Contratar novos vendedores continuamente é um grande atraso à produtividade, alerta o autor de Hipercrescimento. Então, o seu desafio principal para crescer seu time de vendas é reduzir a rotatividade. 

Aaron Ross aconselha você modificar seus sistemas, quando mais de 10% do seu time de vendas abandona a empresa a cada ano. 

Invista nos seus clientes atuais

Se você pode fazer com que cada cliente compre duas vezes mais de você, sua empresa dobra suas receitas. E, ao combinar essa iniciativa com dobrar o número de leads que você gera, então você quadruplica sua receita.

Assim, se você puder trabalhar dobrando a média do seu volume de vendas, enquanto encontra e fecha o dobro dos negócios, criará o impulso na direção certa. Comece com a pergunta: O que eu preciso fazer para fechar negócios que são 10X maiores do que as atuais?

O livro Hipercrescimento apresenta algumas sugestões:

  • Descubra o que você precisa fazer para chegar mais longe – adicionar recursos de gerenciamento de contas, entrar em acordos de revenda com grandes parceiros, envolver consultores? Identifique quais companhias precisam tanto disso, a ponto de estarem dispostas a pagar grandes somas por ano;
  • Adicione outro produto que soma valor e lhe permita cobrar caro por ele;
  • Faça com que seja fácil e barato para as pessoas conhecerem você e o seu produto. Uma ferramenta legal e de custo reduzido para isso pode ser um e-book. 
  • Aprenda o que está envolvido em ir atrás das companhias com centenas e milhares de funcionários, para identificar os prós e contras;
  • Lembre os seus vendedores de que seu verdadeiro papel é sempre criar valor para os clientes – e os ensine como fazer isso.

As dificuldades vão chegar, então, esteja preparado 

Hipercrescimento

A dica do livro Hipercrescimento é que você esteja preparado para aguentar tudo e cumprir seu tempo, mesmo quando você tem o inevitável e difícil “ano infernal”. De acordo com o autor, ficará menos pesado para você, se responder as questões abaixo, um pouco antes de tentar construir uma companhia com hipercrescimento.

Estou pronto para isso?

Você, provavelmente, vai levar uma década de trabalho duro para chegar ao ponto em que ganhará dinheiro e terá um time sólido. Então, antes de dar o primeiro passo, saiba se você está realmente pronto para se comprometer 24 horas por dia, 365 dias no ano, por tanto tempo.

Enquanto dedica seu tempo, você passará por estresses continuamente. Sem preparo, sua energia mental e emocional podem se esgotar, até o ponto de você desistir de tudo.

O autor de Hipercrescimento é enfático: Se você entrar nesse negócio com a ideia de “vou tentar por um tempo e ver o que acontece” ou “vou fazer alguma consultoria, enquanto eu vejo como isso funciona”, você provavelmente vai fracassar. 

Posso suportar um ano infernal?

O autor aqui se refere àquele ano em que tudo fica mais difícil e você é atacado em diversas áreas e só precisa continuar lutando. O único ponto positivo é que esse ano infernal vai forçá-lo a repensar muitas coisas, redescobrir sua paixão e redesenhar seus sistemas. 

No entanto, afirma, quase todo mundo que passa por um ano infernal redefine muitas questões e volta a crescer ainda mais rápido. Ou seja, apesar de ser incrivelmente difícil, aceite-o se você puder e, então, use-o para adaptar aquilo que você deveria estar fazendo de maneira diferente.

Eu consigo entender que o sucesso não é um caminho fácil?

Existem hoje muitos caminhos de mercado diferentes e é difícil saber em qual deles investir. E seguir uma reta nem sempre é o menor percurso para o sucesso. E haverá frustrações.

Assim, para trabalhar em qualquer frustração, Aaron Ross sugere:

  • Compreenda a necessidade de passar por dificuldades, porque elas não vão desaparecer. 
  • Pare de acompanhar o que as outras pessoas estão fazendo, afinal, você não sabe o que está acontecendo com elas.
  • Não utilize clichês em seus meios de comunicação, ou seja, vá direto ao ponto e não seja prolixo.

Contrate funcionários que agem como donos

Hipercrescimento

Para alcançar um hipercrescimento em sua startup, você precisa de funcionários que vão além de suas atribuições e que têm atitude. Em outras palavras, você precisa de pessoas que pensam e agem como donos.

Donos pensam e executam ideias que crescem e expandem as iniciativas de marketing, melhoram a produtividade do time de vendas, melhoram a retenção dos clientes e assim por diante. Mas eles fazem isso sem se sentirem forçados ou direcionados. Essa atitude é mais do que uma delegação de funções – os donos incentivam a eles mesmos, se recusam a desistir e descobrem maneiras de avançar, não importa como.

O livro Hipercrescimento ressalta que as pessoas têm a tendência de apoiar aquilo que criaram. Ou seja, elas se sentem responsáveis por isso.

Dicas para desenvolver um senso de propriedade funcional

  1. Faça uma pesquisa com seus funcionários e descubra como eles se comportam atualmente;
  2. Receba esse feedback e escolha uma ou duas coisas para serem seu foco. No entanto, não tente consertar tudo de uma vez, mas mostre que você está levando o assunto muito a sério.
  3. Tenha compromisso com a transparência, para não surpreender seus funcionários com mudanças que eles desconhecem. 
  4. Faça uma lista de cada função em sua companhia que precisa de um dono. Essa lista deve incluir as funções principais e os processos menores, como por exemplo, quem limpa o refrigerador da sala dos funcionários. 
  5. Passe por cada item da lista e decida quem deve fazer o quê. Deixe explícito as funções de cada um e o fato de que cada um deve ser o responsável por todas as decisões de sua função específica.
  6. Crie obrigações para cada função – o que deve ser entregue e em que prazo. 

Aaron Ross explica que a parte difícil vem depois de decidir os donos de cada função. Ou seja, esse é o momento de você se afastar um pouco e deixar que cada um pratique, aprenda e melhore suas habilidades de tomada de decisão.

Enfim…

Hipercrescimento não acontece da noite pro dia e não vem com passe de mágica. Pelo contrário, exige muito trabalho e comprometimento. Além disso, você precisa aprender algumas estratégias para enfrentar as dificuldades, tomar as decisões corretas e aumentar as suas vendas. Ou seja, ensinamentos como esses compartilhados por Aaron Ross e Jason Lemkin, nesta fantástica obra, que tornarão o seu caminho um pouco mais fácil. 

Se você quer ler um pouco mais sobre a bem-sucedida experiência de Aaron Ross e seu time na Salesforce, nós temos no 12min um outro microbook do autor. Anote aí:

Receita Previsível – Aaron Ross e  Marylou Tyler

livro Receita Previsível - Aaron Ross

Uma estratégia de sucesso da Salesforce que virou livro. Em pouco tempo, esse best-seller transformou-se em referência para todos os empreendedores que buscam dar uma guinada nas vendas. O método apresentado no livro vem sendo estudado e copiado por organizações no mundo inteiro.

Aprendizado contínuo

Então, você gostou dos ensinamentos de Hipercrescimento, Aaron Ross? Deixe aqui os seus comentários!

E se você quer seguir o caminho do crescimento, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. A plataforma 12min disponibiliza para você microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores.

Toneladas de conhecimento

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Assim, você consegue absorver toneladas de conhecimento sobre empreendedorismo e negócios, carreira e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

E como estamos falando hoje sobre dicas de sucesso e crescimento do seu empreendimento, nós do blog 12min selecionamos outro microbook imperdível para você. Veja:

Empresas Feitas Para Vencer – Jim Collins

empresas-feitas-para-vencer

Por que algumas empresas alcançam a excelência e outras não? O best-seller de Jim Collins apresenta inúmeros exemplos reais de organizações que saíram do status de medíocres ou até mesmo ruins, para excelentes. Essas organizações de sucesso, além de alcançarem uma qualidade duradoura, conseguem se manter nesse patamar de superioridade.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Hipercrescimento e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Pense e Enriqueça para Mulheres, em PDF

De mulher, para mulheres. O livro Pense e Enriqueça para Mulheres dá dicas valiosas para o sucesso feminino, tanto na esfera pessoal quanto profissional. Por exemplo, a autora Sharon Lechter sugere superar o medo da pobreza, melhorar os seus pensamentos e a sua saúde e entender a mente subconsciente. 

LIVRO Pense e Enriqueça para Mulheres

Nessa versão feminina, Lechter replica os mesmos capítulos e estrutura básica da obra original Quem Pensa Enriquece, de Napoleon Hill. Porém, para chegar ao resultado apresentado, a autora entrevistou mais de 300 mulheres de sucesso, para conhecer e usar as suas histórias, experiências e citações inspiradoras.

De acordo com Lechter, os passos para o sucesso entre homens e mulheres são os mesmo. No entanto, afirma, “tendemos a abordá-los de maneira muito diferente”.

O livro de Sharon Lechter foi lançado em 2014.

Pense e Enriqueça para Mulheres

livro pense e enriqueça para mulheres

De acordo com um estudo apresentado no livro de Sharon Lechter, o futuro dos negócios pertence às mulheres. Ou seja, elas responderão por dois terços dos valores envolvidos em todas as relações de consumo, em menos de uma década.

No entanto, a autora de Pense e Enriqueça para Mulheres lembra que a maioria de literatura sobre negócios e empreendedorismo tem o foco direcionado, exclusivamente, para os homens. Isso é, não leva em conta os pontos fortes e as características específicas das mulheres.  Sharon Lechter garante que a sua obra veio para romper com essa lógica. 

Você  ficou curiosa para aprender sobre sucesso com quem realmente entende do assunto? Então, fique com a gente! Mas, antes, saiba um pouco mais sobre a autora.

Sharon Lechter

Empreendedora, filantrópica, escritora e palestrante internacional. Sharon Lechter é também especialista em alfabetização financeira e busca pelo sucesso. Ela é co-autora do best-seller Pai Rico, Pai Pobre e de outros 14 livros da série.

Sharon Lechter juntou-se à Fundação Napoleon Hill, em 2008, e lançou três livros mais vendidos em cooperação com a instituição, incluindo Pense e Enriqueça para Mulheres.

Em seu portfólio de clientes, estão empresas como a Disney e Time Warner. Em sua carreira, tudo gira em torno de impactar outras pessoas para melhorar seu QI financeiro, acessar potencial pessoal e empreendedor inexplorado e ser melhor a cada dia.  Além disso, ela desenvolve trabalhos voluntários, que já lhe renderam vários prêmios.

Agora, vamos conhecer as dicas de sucesso de Sharon Lechter para as mulheres. Veja, então, onde colocar o seu foco e a sua energia.

Pense e Enriqueça para Mulheres e o desejo ardente

pense e enriqueca para mulheres sharon lechter

Sharon Lechter explica que desejo ardente é diferente de querer algo. Ele começa com uma percepção ou ideia e se desenvolve até se tornar a força motriz de cada ação diária.

Veja as dicas do livro Pense e Enriqueça para Mulheres sobre o que fazer para transformar o seu desejo de abundância em realidade financeira:

  1. Tenha clareza do valor exato que você quer obter;
  2. Estabeleça um firme compromisso com tudo o que está disposta a realizar em troca do dinheiro que você quer;
  3. Defina uma data exata em que pretender conseguir esse valor;
  4. Elabore um plano e o coloque em prática, o quanto antes;
  5. Vença a procrastinação;
  6. Escreva uma declaração curta e objetiva da sua missão pessoal;
  7. Leia essa declaração, pelo menos, duas vezes ao dia – antes de dormir e ao acordar.

Pense e Enriqueça para Mulheres e a Fé

pense e enriqueca para mulheres pdf

Quando fala em fé, a autora não se refere a crenças religiosas. Pelo contrário, ela garante que trata-se de visualizar o desejo e acreditar em sua realização. Ou seja, é a fé que define o nosso destino, criando o mapa do caminho seguido pelo subconsciente.

A fé gera positividade, garante o livro Pense e Enriqueça para Mulheres. E a combinação de fé e otimismo forma as bases do sucesso.

Embora a fé possa ser inspirada, ela reside dentro de você e não pode ser retirada do seu íntimo. Enfim, ela é sua para ser desvendada, elevada e compartilhada com as outras pessoas.

Pense e Enriqueça para Mulheres e a Autossugestão

resumo pense e enriqueca para mulheres

A ideia aqui é influenciar o nosso subconsciente e, para isso, a melhor ferramenta, de acordo com Sharon Lechter, é a autossugestão.

Napoleon Hill define autossugestão como o ato de se comunicar com você mesma, usando seu consciente, com o propósito de influenciar seu subconsciente. Assim, você pode exercer controle completo sobre o que chega até ele. No entanto, poucas pessoas fazem isso.

De acordo com o livro Pense e Enriqueça para Mulheres, a autossugestão é o controle que permite você, voluntariamente, nutrir sua mente com pensamentos criativos ou, negligentemente, permitir que ideias destrutivas consigam penetrar.

Assim, você pode mudar circunstâncias, concentrando-se em pensamentos positivos. Ou seja, foque no que quer receber e no quanto você está disposta a doar para alcançar o seu sonho.

Como você pode praticar a autossugestão

As dicas de Napoleon Hill – e que valem também para as mulheres – são:

  1. Encontre algum lugar quieto, onde você não será interrompido. Feche seus olhos e repita em voz alta a declaração que escreveu. Enquanto você segue essas instruções, é importante que você se veja com o dinheiro.
  2. Repita essa prática diariamente, por exemplo, ao acordar e antes de dormir.
  3. Mantenha uma cópia escrita da sua declaração em um lugar acessível, para que você possa vê-la, muitas vezes por dia, até que a memorize.
  4. Mantenha o foco em seu desejo, até que ele se torne uma obsessão incessante.

Pense e Enriqueça para Mulheres e o conhecimento especializado

pense e enriqueca para mulheres download

O conhecimento sozinho não atrai dinheiro. A não ser que ele seja direcionado e inteligentemente organizado para esse fim. No entanto, por não levar isso muito a sério, Sharon Lechter afirma que milhões de empreendedores perdem inúmeras oportunidades todos os dias. 

E isso acontece também porque muita gente ainda acredita que conhecimento é poder. O que não é verdade. Para a autora, o conhecimento é somente a possibilidade de alcançar o poder.

Para converter seus conhecimentos em poder, é fundamental organizá-los, para resolver os problemas e atender as necessidades das pessoas. 

Pense e Enriqueça para Mulheres e o poder da imaginação

Pense e Enriqueça para Mulheres

Você quer voar alto? Então, trate de recarregar sempre o seu criativo. E para isso, a autora sugere.

  • Durma o suficiente todas as noites;
  • Faça atividades físicas regulares;
  • Sente-se ou caminhe ao ar livre;
  • Leia;
  • Ouça músicas;
  • Livre-se de crenças limitadoras e jamais se compare aos outros;
  • Acredite que tudo é possível;
  • Tenha sempre em mãos um bloco para anotações;
  • Saia da zona de conforto;
  • Reflita em silêncio;
  • Divirta-se;
  • Crie coisas novas.

A ideias que vêm com a imaginação têm força para transformar o seu desejo em realidade.

Pense e Enriqueça para Mulheres e o planejamento organizado

livro pense e enriqueça para mulheres

A ideia aqui é sair do “querer” para a ação. Mas tudo o que a gente faz na vida precisa ser planejado. Portanto, tenha isso em mente, quando estiver construindo o seu caminho para o sucesso. 

Depois que você tiver o seu plano desenhado, Sharon Lechter sugere fazer uma lista de ações diárias com, pelo menos, 10 itens fundamentais que deseja realizar, nas próximas 24 horas, e que a ajudarão a atingir seus objetivos de longo prazo.

A simples tarefa de riscar os itens da lista fará com que você se sinta incrível. Então, desafie-se a começar pela ação menos atraente da lista: ao finalizá-la, terá um forte impulso para o prosseguimento do seu dia.

Pense e Enriqueça para Mulheres e a decisão

livro pense e enriqueça para mulheres

O oposto exato da decisão é a procrastinação, que é o sintoma de diversas coisas, inclusive, da ausência de propósitos. 

Mas, segundo a autora, as mulheres compartilham uma necessidade interior de preencher de significado todas as suas ações. Para isso, você tem duas opções:

  • Pensar de modo diferente a respeito de sua rotina diária, de forma que pareça grandiosa e significativa;
  • Encontrar, decidida e rapidamente, as coisas que a ilumine devido a um profundo significado.

Em sua busca de propósito e significado, as mulheres se tornam empreendedoras de sucesso. E nessa trajetória, as elas saem em vantagem, porque possuem:

  • Espírito colaborativo e de equipe;
  • Capacidade de ouvir ativamente;
  • Transparência, solidariedade e intuição;
  • Alegria em dividir o crédito de suas realizações.

Pense e Enriqueça para Mulheres e a persistência

Pense e Enriqueça para Mulheres

Persistência é um elemento-chave de transformação para todas as pessoas: homens e mulheres. Como qualquer outro estado da mente, ela pode ser cultivada.

De acordo com o livro Pense e Enriqueça para Mulheres, o estado mental adquirido pelo cultivo da persistência sustenta o esforço requerido para induzir a sua fé. Para treinar essa característica tão importante, você deve conjugar:

Pense e Enriqueça para Mulheres e o poder da Mente Superior

Pense e Enriqueça para Mulheres

Para Sharon Lechter, Mente Superior consiste na coordenação de esforços e conhecimentos entre, pelo menos, duas pessoas, com o intuito de atingir um propósito definido. Ela descreve dois benefícios distintos da Mente Superior.

1º – Benefícios econômicos dos resultados alcançados com o esforço coletivo. Ou seja, você obtém o benefício da educação, experiência, imaginação e aptidão das outras mentes com a sua Mente Superior. Essa aliança cooperativa é o verdadeiro alicerce das grandes fortunas.

2º – Benefícios espirituais do esforço coletivo: duas mentes reunidas criam, necessariamente uma terceira força intangível e invisível: uma terceira mente.

Pense e Enriqueça para Mulheres e o subconsciente

Pense e Enriqueça para Mulheres

O subconsciente é o elemento conector da sua vontade de realização. No entanto, muita gente não têm consciência de que está se autossabotando o tempo todo. Para que isso não aconteça com você, Lechter recomenda:

  • Policiar-se constantemente, para evitar julgar os outros;
  • Transformar pensamentos relacionados à autoestima em pensamentos voltados a empreender seu máximo esforço;
  • Considerar os erros e fracassos como oportunidades de aprendizado;
  • Ser boa com você mesma, aceitando a existência de sentimentos bons e ruins em seu âmago;
  • Demonstrar compaixão e empatia;
  • Substituir o desejo de ser a melhor pela vontade de fazer o melhor.

Hill também destaca o poder do subconsciente. Segundo ele, existem sete principais emoções que você deve utilizar para influenciar, positivamente, seu subconsciente: desejo, fé, amor, sexo, entusiasmo, romance e esperança.

Por outro lado, ele lembra que existem sete principais emoções negativas que você deve evitar a todo custo: medo, inveja, ódio, vingança, ganância, superstição e raiva.

Emoções positivas e negativas não podem ocupar sua mente de maneira simultânea. Ou seja, o domínio estará com uma ou com a outra.

Pense e Enriqueça para Mulheres e os bons pensamentos 

Pense e Enriqueça para Mulheres

A dica pra você, segundo livro Pense e Enriqueça para Mulheres são:

  • Faça exercícios, pelo menos, duas vezes por semana;
  • Adote uma dieta saudável;
  • Relembre, diariamente, os pensamentos negativos que habitam sua mente;
  • Incorpore o humor em sua rotina;
  • Crie ambientes positivos;
  • Limite o tempo que você passa com pessoas negativas.

Pense e Enriqueça para Mulheres e o medo da pobreza

Pense e Enriqueça para Mulheres

Se você quer de fato comemorar o sucesso e conquistar sua independência financeira, vença o medo da pobreza. E o caminho para isso é a educação. Mas a autora dá outras dicas que valem ouro. Veja:

  • Estabeleça objetivos financeiros;
  • Obtenha educação financeira;
  • Confie apenas em si mesma;
  • Gaste menos do que ganha;
  • Crie um fundo para emergências;
  • Invista no mercado financeiro;
  • Fique atenta à gestão diária do seu dinheiro;
  • Deixar sua pontuação de crédito tão alta quanto possível;
  • Não use o dinheiro para sentir-se bem consigo mesma;
  • Aprenda sempre com os seus erros.

11 frases de Sharon Lechter

Aprendendo todos os dias

Então, você gostou dos ensinamentos Pense e Enriqueca para Mulheres, Sharon Lechter? Deixe aqui os seus comentários!

E se você quer seguir o caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados.

A plataforma 12min disponibiliza para você microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores. Tem, inclusive, uma categoria inteirinha sobre Investimentos e Finanças.

Toneladas de conhecimento

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Assim, você consegue absorver toneladas de conhecimento sobre empreendedorismo e negócios, carreira e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

E como o assunto hoje enriquecimento, nós do blog 12min selecionamos outro microbook imperdível para você. Anote aí:

Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, Gustavo Cerbasi

livro Casais Inteligentes Enriquecem Juntos - Gustavo Cerbasi

O dinheiro é um dos principais motivos de brigas entre casais. Se falta grana, um costuma culpar o outro pelo saldo negativo no final do mês. E, se sobra, ambos podem não entrar em acordo sobre a melhor maneira de gastar ou investir a quantia.

A raiz dessas desavenças familiares está, principalmente, na falta de planejamento financeiro, o que pode até transformar o parceiro em um empecilho para as conquistas do cônjuge. Outra causa significativa, segundo Cerbasi, é o fato do casal apenas conversar sobre dinheiro quando o conflito já tomou conta da situação. 

Mas a boa notícia é que você não está fadado a viver mergulhado em problemas e crises financeiras. Pelo contrário, todo mundo pode promover uma reviravolta e “nadar” em dinheiro. Como? Isso é o que o Cerbasi nos ensina.

Outras sugestões

Na plataforma 12min, você encontra o que tem de melhor no mercado editorial sobre dinheiro, finanças e investimentos, Mas, aqui, no Blog 12min, temos também vários posts que você certamente irá gostar. Veja algumas dicas:

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo de Pense e Enriqueça para Mulheres e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo de O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler, em PDF

Prepare-se para aprender lições valiosas com a história de quem já esteve no fundo do poço, mas acreditou, lutou e alcançou o topo. Em O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler, o autor Paulo Maranhão dá uma aula de resiliência e superação de obstáculos para atingir os objetivos. Ele fala ainda sobre engajamento de equipes e a crença nas pessoas para o sucesso de todo empreendimento.

livro O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler

Hoje, além de escritor, Paulo Maranhão é consultor e especialista em empreendedorismo. Um profissional bem-sucedido. Mas não foi sempre assim. Natural de Salvador, ele mudou-se ainda criança para São Paulo. Era mais uma família pobre em busca de oportunidades.

A primeira queda

Quando a internet começou a se popularizar, Paulo Maranhão entrou nessa onda e começou a vender equipamentos. Mas a sua empresa faliu. E junto, veio a prisão, porque, no processo de falência, ele não relacionou um carro que antes era da empresa e, naquela época, estava com a família.

Foram três dias na prisão. O autor de O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler lembra que saiu de lá deprimido, sem amigos, sem empresa e nenhum dinheiro para se manter. Mas a esposa e filhos o ajudaram a se erguer. Um cenário desanimador, que poderia destruir o sonho de qualquer empreendedor.

Dando a volta por cima

Paulo Maranhão tinha razões de sobra pra ficar reclamando, deprimido, deixando a vida passar. Mas, com o apoio da família, coragem e muito trabalho, ele arriscou de novo e montou um empresa 3 vezes maior. 

Em O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler, Paulo Maranhão afirma que sozinho não vamos a lugar nenhum… e você não vai deixar de ter medo (de vender, ser rejeitado, se aliar a um novo sócio), mas tem que agir apesar disso. E o autor alerta, ainda, para a relevância de se manter os olhos abertos para as novas tecnologias.

Você ficou interessado em aprender com Paulo Maranhão como dar a volta por cima em situações de crise e ainda impulsionar o seu empreendimento? Então, continue com a gente!

O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler e as vendas

o unico livro que todo empresario precisa ler pdf gratis

Quando você vê o seu sonho de ter um próprio empreendimento indo por água abaixo, vem aquela angústia, não é mesmo! Um sentimento que Paulo Maranhão conhece muito bem. Mais do que isso, algo que ele sentiu na própria pele.

O desespero é ainda maior quando você não enxerga outra solução, a não ser fechar as portas. Afinal, não se sabe mais o que fazer para salvar a empresa. Já se tentou de tudo. Já conversou com “Deus e o povo”… e nada de sair da crise.

Para o autor de O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler, ao analisar o que está acontecendo com essas empresas, acaba-se chegando no mesmo problema. Ou seja, a ineficiência em entender o papel das vendas em todos os departamentos e, em especial, na cabeça de seu fundador. 

Em outras palavras, vários empreendedores têm produtos ou serviços excelentes, mas encontram dificuldade para vender aquilo que produzem. Então, afirma o autor, é preciso ser sincero: sem vendas, nada acontece. Absolutamente nada, uma vez que não entra dinheiro algum. 

A história de repete

Ter um talento grande e sonhar empreender, mas as coisas não acontecem, dá tudo errado e bate aquela culpa pela crise. Essa não é uma realidade da minoria. Pelo contrário, isso acontece a todo instante, garante o autor de O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler.

E é por isso que você deve ouvir os ensinamentos de Paulo Maranhão. Afinal, ele é especialista em sobreviver a momentos difíceis, cheios de obstáculos e pouca luz. Mas o autor não se faz de vítima, pelo contrário, ele compartilha com você tudo o que aprendeu na sua trajetória rumo ao sucesso.

Por exemplo, o pai dele abandonou a esposa com quatro crianças. Sem condições de cuidar de todos sozinha, a mãe foi obrigada a separar os filhos. Mais tarde, Paulo Maranhão foi morar com o avô, em Diadema, Grande São Paulo. Lá, não faltavam roupas e nem comida. Mas ele precisava se virar, se quisesse alguma coisa diferente. 

Foi por isso que, aos 10 anos de idade, ele começou a procurar ferro-velho para vender. Com o tempo, viu oportunidade com a venda de produtos do Paraguai, e, então, entrou de cara nesse negócio. Assim, toda sexta-feira à noite, pegava um ônibus para ir até o país vizinho comprar os produtos mais desejados pelos brasileiros: walkman, relógios, tênis e perfumes de grife. Voltava para São Paulo, carregado, no domingo. 

O negócio era muito organizado e os clientes podiam lhe pagar em até três parcelas no cheque. Com essa estratégia, fez uma clientela fiel. Ele intuía que aquilo era só o começo.

A saúde e bem-estar como aliados do crescimento

livro o unico livro que todo empresario precisa ler

Num momento de crise, o autor de O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler revela que ficava em casa, deprimido. Segundo ele, chegou a pesar 140 kg e fumava três maços de cigarros por dia. Ou seja, não tinha energia para nada.

Paulo Maranhão sabia que precisa dar uma reviravolta em sua vida. Caso contrário, provavelmente, não viveria muito. E ficar parado, também não o ajudaria a sair da crise. Ou seja, ele precisava buscar energia para dar a volta por cima e seguir adiante.

E foi exatamente o sonho de uma vida melhor que o levou a parar de fumar e buscar por uma vida mais saudável. Ou seja, iniciou um regime alimentar e atividade física.

Em 2006, traçou a meta de participar e terminar a Corrida de São Silvestre. Trata-se de uma prova de 15 quilômetros. Depois disso, virou corredor amador profissional, como gosta de se classificar. 

Hoje, Paulo Maranhão valoriza uma alimentação balanceada e a atividade física regular. Ele acredita que essa é a chave para ter mais energia e prazer de viver. Segundo ele, todo empresário se beneficia muito ao manter um estilo de vida saudável. Afinal, isso melhora suas habilidades, exige menos esforço para lidar com o estresse do dia a dia e mantém a mente limpa e funcionando melhor.

Sonhos versus medos

O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler

Você já pensou em ter o próprio empreendimento? Muita gente tem esse sonho. São pessoas que buscam por melhores remunerações e, principalmente, satisfação pessoal.

De acordo com O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler, uma pesquisa da Firjan revelou que dois em cada três jovens querem ser empreendedores. Para o autor, é um sonho muito bonito, mas a realidade nem sempre é fácil. 

Afinal, outras pesquisas mostram que, embora 85,2% dos entrevistados tenham expectativa de atingir suas metas financeiras, apenas 67,1% realmente conseguem fazer isso. E quando as coisas não saem como o esperado, as pessoas se desesperam e não sabem onde procurar apoio. 

A realidade para muitos é assim: a cada dia sem atingir metas, o faturamento despenca. E a motivação da equipe também… O empreendedor fica sem saber para onde ir e começa a tomar decisões equivocadas, de curto prazo, como empréstimos, na tentativa de impulsionar os resultados. 

Mas os resultados de tudo é negativo e só piora a situação financeira da empresa. Então, se nada de concreto for feito para reverter esse quadro, a empresa desaparecerá. E esse é um cenário que os empreendedores e empresários estão enfrentando há algum tempo – desde supermercados até lojas de informática. 

Assim, afirma o autor, descobrir o motivo pelo qual você fica trava­do é importantíssimo para lidar com o problema. E é o primeiro passo para sair de uma situação de desespero. 

Do sucesso ao fracasso

De acordo com O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler, existem três principais razões pelas quais os negócios param de ir bem: 

  1. não absorção das transformações tecnológicas de determinado setor,
  2. crises econômicas,
  3. má administração.

Segundo o autor, o momento atual é de crise séria no país que, provavelmente, não será resolvida em curto prazo, Além disso, vivemos uma era em que as transformações tecnológicas não param. Já a má administração, depende mais do próprio empreendedor. No entanto, juntos, os três fatores levam a um quadro terrível de perda de dinheiro, difícil de contornar. 

A importância da resiliência

o unico livro que todo empresario precisa ler pdf gratis

O dicionário define resiliência assim: “propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original, após terem sido submetidos a uma deformação elástica”. 

Por exemplo, uma esponja tem resiliência, pois, depois que você a aperta, ela volta à sua forma original. Um papel amassado, por outro lado, nunca mais será o mesmo. 

No mundo dos negócios, temos de ser como as esponjas e sempre retomarmos a nossa forma, após as intempéries, não importa quais sejam, alerta O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler.

Quem não vende, não ganha dinheiro

O empreendedor precisa ter consciência de que as vendas sempre são a resposta para o sucesso. No entanto, afirma o autor, ainda é comum o preconceito contra as vendas em nossa cultura. 

O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler afirma que não é raro ouvir relatos de empreendedores que se sentem bem falando das estratégias de seu negócio, das funcionalidades de seus produtos, da importância do que estão produzindo para a sociedade, desde que não estejam tentando fazer uma venda. 

Essa atitude, é terrível para os negócios, assegura o autor. Afinal, quem não vende, não ganha dinheiro. E quem não ganha dinheiro, não consegue empreender. 

Em razão de cultura de muita amizade e pouco “negócio fechado”, o brasileiro tem receio de vender, ressalta Paulo Maranhão. Em sociedades de mercado com o capitalismo mais desenvolvido, esse preconceito não existe.

Afinal, as coisas só funcionam nas nossas vidas se o dinheiro circula.

Para ter novos resultados, é preciso ter novas atitudes

 O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler

Uma das atitudes mais importantes é estar sempre atento às tendências. Afinal, nos dias de hoje, tudo muda muito rápido e o seu negócio pode ficar obsoleto na mesma velocidade. Aí você se verá sem faturamento.

Por isso, mantenha os olhos abertos, alerta o autor de O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler. É verdade que isso nem sempre é tarefa fácil. Afinal, temos que nos preocupar com os números que não fecham e com dívida que não para de crescer. Ou seja, questões que sugam a nossa energia e, muitas vezes, não permitem que prestemos atenção ao que está acontecendo ao redor. 

As dificuldades, embora minem as nossas energias, poderiam servir para que comecemos a pensar no novo.

O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler e a arte do desapego

O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler

Em muitos momentos, precisamos tomar algumas decisões difíceis. Uma delas, e que pode ser bastante dolorosa, é reconhecer que alguma coisa está dando errado e, então, desistir. 

Mas, o que ocorre é que gastamos muito tempo e dinheiro em algo que simplesmente não vinga. Ficamos lá, tentando ajustar, torcendo para que, dessa vez, a coisa funcione. Até que, um dia, acabam-se o dinheiro e o ânimo. E estamos, de novo, presos no círculo do fracasso.

O valor das pessoas e o engajamento das equipes

Para conquistar o sucesso, você precisa de pessoas. Sempre. São os funcionários, clientes e parceiros. Por isso, aprenda a se relacionar bem, goste das pessoas e aprenda a ouvir e entender os problemas delas. Tente ajudá-las. 

Paulo Maranhão lembra: “se eu não tivesse olhado os outros de frente e me interessado pelas histórias deles, não teria começado a vender produtos importados, não teria percebido que a internet era um mundo enorme de oportunidades e não teria chegado até aqui”.

Invista no engajamento das equipes.

o unico livro que todo empresario precisa ler download

Todos sabemos que motivar equipes não é tão fácil assim. Pesquisas comprovam isso. Por exemplo, um levantamento feito pela consultoria Deloitte, em 2015, com 2.500 líderes de RH, de 94 países, apontou que apenas 13% dos funcionários estão engajados. 

O número pode ser um pouco desanimador. No entanto, realça O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler, como empreendedor, sua função é garantir que as pessoas que trabalham com você estejam motivadas para entregar o que for necessário.

Esse comportamento é ainda mais valioso no time de vendas, que está na linha de frente, garantindo que os produtos sejam comercializados e que a empresa conquiste lucros.

Acredite no potencial das vendas

Vender é distribuir amor. Quando um cliente compra algo que faz sentido para ele e que melhora a vida dele, está se tornando em uma pessoa muito mais feliz e, consequentemente, espalhará mais amor e felicidade pelo seu caminho. 

Assim, O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler garante que, para conectar com os clientes nesse nível de amor, é preciso primeiro compreender quais são os desejos dessas pessoas, entender o que elas amam e o que detestam. Exatamente assim.

Aprendizado contínuo

Então, você gostou dos ensinamentos de o único livro que todo empresário precisa ler, Paulo Maranhão? Deixe aqui os seus comentários.

E se você quer seguir o caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. 

A plataforma 12min disponibiliza para você microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores. Inclusive, tem uma categoria inteirinha sobre Empreendedorismo.

Toneladas de conhecimento

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Isso lhe permitirá absorver toneladas de conhecimento sobre empreendedorismo e negócios, carreira e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

E como o assunto hoje é empreendedorismo, nós do blog 12min selecionamos um microbook imperdível para você. Anote aí:

O Mito do Empreendedor – Michael Gerber

livro O Mito do Empreendedor, de Michael Gerber

A todo instante, novos negócios são iniciados no mundo inteiro. No entanto, muitos não sobrevivem à infância. Mas onde está o problema? Segundo Michael Gerber, a principal causa dessa morte imatura das empresas está na falta de conhecimento dos proprietários.

No Brasil, por exemplo, somente no primeiro semestre de 2018, foram criados 1.262.935 negócios. No entanto, segundo levantamento do Sebrae, um terço dos empreendimento no país fecham em dois anos.

Então, se você é empresário ou está pensando em iniciar um negócio novo, aprenda com O Mito do Empreendedor como aumentar as suas chances de sucesso. O autor revela, também, quais são os erros mais comuns e aborda as diferentes fases de uma empresa até a maturidade, dando dicas de posicionamento para cada momento.

Outras sugestões:

Na plataforma 12min, você encontra do bom e do melhor para impulsionar o seu empreendimento. Mas, aqui, no Blog 12min, temos também vários posts que você certamente irá gostar. Veja algumas dicas:

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo de O Único Livro que Todo Empresário Precisa Ler e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Como Ter Um Dia Ideal, de Caroline Webb, em PDF

Você certamente já teve dias ruins. Todo mundo tem. A diferença é que algumas pessoas conseguem diminuir ou até mesmo superar o estresse e as dificuldades que nos levam a essa situação. Quer saber como? Isso é o que nos ensina a escritora Caroline Webb, em seu livro Como Ter Um Dia Ideal.

livro Como Ter Um Dia Ideal

Ela se apoia na Ciência Comportamental, Psicologia e Neurociência para entender melhor o funcionamento do nosso cérebro e o nosso processo de decisões. Afinal, garante, esse é um passo fundamental para aprendermos a lidar com os desafios do nosso cotidiano – os pequenos e os grandes também.

Em outras palavras, trata-se do caminho certo para você transformar um dia ruim em um dia bom. Então, você ficou interessado em saber mais sobre o assunto, ter dias melhores e maior produtividade? Fique com a gente!

Sobre a autora

Caroline Webb é a CEO da Sevenshift, uma empresa que ensina as pessoas como usar insights de ciência comportamental para melhorar a sua vida no trabalho. Ela é também consultora, economista e coach de liderança, com passagem por várias empresas, ajudando os funcionários a serem mais produtivos, enérgicos e bem-sucedidos. 

O livro Como Ter Um Dia Ideal

Essa é uma obra fascinante, com linguagem de fácil entendimento. Assim, ninguém precisa ser um especialista para entender os ensinamentos de Caroline Webb. Como Ter Um Dia Ideal foi classificado pela Forbes como um “livro de negócios de leitura obrigatória”. Segundo a Fortune, Trata-se de um dos principais livros de “auto-aperfeiçoamento por meio de dados”. Já a Inc incluiu a obra de Caroline Webb entre os melhores livros de desenvolvimento.

O livro recebeu outros reconhecimentos de peso. Por exemplo, foi elogiado pelos escritores Susan Cain como “extraordinário” e Cass Sunstein como “sábio e humano”. Já Tom Peters se referiu a ele como “magisterial” e Dan Pink como “inteligente, completo e eminentemente prático”.

Como Ter Um Dia Ideal foi publicado em 14 idiomas e em mais de 60 países. Então, deu pra perceber que trata-se de uma obra, realmente, imperdível, não é mesmo!

Os avanços científicos 

livro como ter um dia ideal

A autora de Como Ter Um Dia Ideal explica que alguns avanços na Ciência nos deram percepções importantes sobre como criar dias melhores. Alguns desses avanços são:

O nosso cérebro é baseado em dois sistemas opositores

O sistema deliberado é nosso pensamento consciente, lento e racional. Já o sistema automático é o subconsciente, rápido e instintivo. Por exemplo, o sistema deliberado calcula uma gorjeta de 15%, enquanto o sistema automático nos faz correr, antes que um carro nos atropele na rua.

Nossa mente e corpo estão interconectados 

Por exemplo, sabíamos que a felicidade nos leva a sorrir, mas não sabíamos que sorrir nos deixa mais felizes.

O eixo de descoberta-defesa

Estamos sempre nos movendo em um eixo, ancorados em uma ponta por uma perspectiva defensiva, esperando um ataque a qualquer momento. Ao mesmo tempo, na outra ponta, estamos ancorados por um estado de descoberta, procurando experiências recompensadoras.

7 conceitos importantes para que você tenha um dia bom

Além das descobertas científicas mencionada anteriormente, o livro Como Ter Um Dia Ideal garante que para ter um dia bom, você precisa estar atento aos seguintes conceitos:

  • Prioridades: definindo a direção intencional do seu dia.
  • Produtividade: utilizando suas horas do dia da melhor maneira.
  • Relacionamentos: mantendo interações produtivas e positivas.
  • Pensamento: fazendo boas escolhas, sendo criativo e esperto.
  • Influência: maximizando o impacto do que você fala ou faz.
  • Resiliência: superando obstáculos e aborrecimentos.
  • Energia: gerando entusiasmo e satisfação.

Objetivos, organização e planejamento

como ter um dia ideal pdf

É muito ruim chegar no final do dia com a sensação de ter desperdiçado longas horas com trabalhos improdutivos. Mas o livro Como Ter Um Dia Ideal ajuda você a minimizar esse sentimento. Veja as dicas da autora:

  1. Saiba claramente o que você quer alcançar ao final do dia. Depois, elimine todas as atividades que estiverem entre você e seus objetivos. Trata-se de hábitos de distração, como por exemplo, checar emails e mensagens a todo instante, visitar sites etc. Ou seja, foque em suas metas diárias.
  2. Organize os seus objetivos, utilizando linguagens positivas, também chamadas de metas de abordagens. Elas afirmam o resultado positivo que você quer conquistar, como por exemplo “tornar meu produto irresistível”. De acordo com o livro Como Ter Um Dia Ideal, o contrário disso seriam as metas evitáveis, como “parar de perder clientes”.
  3. Faça um plano “então, quando..” para se preparar para obstáculos que podem aparecer no caminho para seus objetivos.

Organizando o caos

como ter um dia ideal caroline webb

Agenda superlotada e desorganização consomem a energia de qualquer um e, é claro, afeta a produtividade. Então, o livro Como Ter Um Dia Ideal dá dicas de como fazer um plano e decidir por onde começar o combate ao caos. Veja:

  1. Pare e sente em algum lugar para se concentrar no seu objetivo. Coloque o foco em sua respiração para se acalmar e, assim, pensar com clareza.
  2. Comece o seu planejamento. Ou seja, escreva tudo que você precisa fazer nos próximos dias ou semanas, em vez de apostar na memória. Afinal, o cérebro tem uma capacidade de armazenamento limitada e ele precisa de energia sempre que precisamos buscar por uma informação, mesmo que seja uma coisa simples.
  3. Marque as tarefas mais importantes e tome uma atitude para completá-las no prazo estabelecido – não importa o tamanho delas.
  4. Você pode separar as tarefas maiores em passos menores e gerenciáveis, evitando assim ansiedades e, consequentemente, a procrastinação.
  5. Programe pausas para cada uma hora e meia, para recolocar o foco na direção certa. Afinal, a autora de Como Ter Um Dia Ideal explica que, no curso de 90 minutos, nosso cérebro passa de altamente focado para desatento. É por isso que, nos momentos que exigem concentração por mais tempo, acabamos nos distraindo com o celular ou uma rede social, por exemplo.

Invista nos relacionamentos

como ter um dia perfeito

Você não terá um dia bom se estiver cercado de pessoas chatas, com as quais você não consegue conviver. Então, a outra dica do livro Como Ter Um Dia Ideal é: ponha foco também nos relacionamentos. Veja o que você pode fazer, na prática:

  1. Construa relacionamento ao interagir com alguém do trabalho. Em outras palavras, não apenas esbarre em alguém na cozinha do escritório e se limite a um “bom dia”. Envolva-se em conversas e faça perguntas sinceras, como por exemplo, “o que você vai fazer no feriado”?
  2. Busque por interesses comuns, demonstre curiosidade genuína pelas pessoas. Afinal, desenvolver esse senso de conexão cria uma cultura de confiança e colaboração. Nesse caso, a autora destaca outras vantagens, ou seja, segundo ela, os empregadores são mais propensos a contratar alguém que seja semelhante a eles.
  3. Resolva qualquer tensão com seus colegas de trabalho, caso contrário, o seu entusiasmo e até mesmo a produtividade podem ir ladeira abaixo. A melhor maneira de lidar com isso é ser aberto. Explique a seu colega o que você está sentindo e o porquê. Seja firme, mas educado.

Utilize uma árvore de problemas, para ajudar na resolução

como ter um dia ideal download

Sempre que você se sentir muito sobrecarregado, a ponto de interferir na tomada de decisões importantes, siga os conselhos do livro Como Ter Um Dia Ideal e quebre um problema complexo em uma “árvore de problemas”. 

Essa árvore funciona assim: 

  • Anote o problema central – que será o tronco da árvore. 
  • Escreva as duas opções possíveis, que formarão os ramos da árvore.
  • Pense em ações concretas que ajudarão a realizar essas opções. 

Essas sugestões podem gerar mais ramos na árvore de problemas, até que eventualmente você terá mapeado muitas ações possíveis para resolver seu problema.

Outra dica de Caroline Webb é criar uma rotina versátil, válida em todas as situações. Não se trata de nada complexo, pelo contrário, essa rotina pode ser algo simples, como por exemplo, perguntar-se “quais são as alternativas e as desvantagens potenciais dessa escolha?”

Outra opção pode ser a rotina de buscar por feedbacks de pessoas próximas a você. Lembre-se que bons conselhos podem vir de qualquer um, não só de especialistas. 

Leve as pessoas a escutarem você

como ter um dia ideal pdf gratis

Alguma vez você fez uma apresentação e percebeu que tinha gente “viajando”, enquanto você falava? Isso certamente pode acabar com o seu dia. Mas, nesse caso, você também pode adotar técnicas simples para envolver o seu público nas próximas vezes. Conheça as dicas do livro Como Ter Um Dia Ideal!

  1. Faça seu público saber que ele tem algo valioso a aprender com a sua apresentação. 
  2. Enriqueça a sua apresentação com vídeos ou pôsteres que prendam a atenção do público. Procure ter sempre um quadro branco à disposição. Afinal, garante a autora, as pessoas vão internalizar melhor a sua mensagem, se você desenhar e escrever em tempo real, ao invés de só usar slides preparados.
  3. Use frases simples e curtas, de maneira fluida para prender a atenção do público. Além disso, enfatize porque o público deve se importar com o que você tem a dizer.

Fique motivado

livro como ter um dia ideal

Imagine que no dia seguinte você terá uma reunião com um cliente insatisfeito. O que fazer?

  1. Mantenha a calma e a distância da situação. Imagine que não é você, mas um amigo que precisa enfrentar o cliente. Qual conselho você daria a ele? Você pode também falar com você mesmo em segunda pessoa para ganhar alguma perspectiva distante.
  2. Pense em uma situação passada, em que você resolveu bem e se pergunte quais recursos o ajudaram a obter o resultado esperado. Talvez tenha sido sua destreza, temor ou amigos que o apoiaram. Tudo isso, provavelmente, pode ajudá-lo de novo.
  3. Transforme a situação em pensamentos positivos

Tente alguns desses truques quando estiver em uma situação complicada: 

  1. Identifique os padrões mentais, físicos e temporais e como eles afetam a sua energia. Por exemplo, é possível que você sempre se sinta letárgico depois do almoço.
  2. Descubra como aumentar sua energia nessas fases. Pode ser, por exemplo, dar uma volta rápida na rua.
  3. Tentar um exercício de gratidão. Pense em três coisas que aconteceram no seu dia para agradecer. Faça isso mesmo que sejam coisas pequenas.

Desenvolver rotinas positivas e aprender com o passado pode ajudar você a ter um dia melhor. O autoconhecimento também é uma opção para você recarregar suas energias e transformar um dia ruim em um dia bom.

Enfim…

Dias bons e dias ruins sempre vão existir. Você não tem como fugir totalmente dessa realidade. Mas é possível controlar a mente e o corpo e, assim, assegurar um dia melhor, mesmo em circunstâncias ruins. 

Ou seja, “mesmo com o pior que a vida pode nos causar, temos uma capacidade notável de nos adaptar às novas circunstâncias e voltar aos nossos níveis anteriores de felicidade.”

Em Como Ter Um Dia Ideal, Caroline Webb dá dicas simples para você promover transformações em sua vida. O livro, inclusive, é recheado de exemplos que podem ajudá-lo a entender melhor cada situação. Confirma no microbook, no 12min.

Frases do livro Como Ter Um Dia Ideal

Aprendizado contínuo

Então, você gostou dos ensinamentos de Caroline Webb, em Como Ter Um Dia Ideal? Deixe aqui os seus comentários.

E se você quer seguir o caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. 

Mas você pode está pensando que não tem tempo de ler tudo o que gostaria, não é mesmo? Se esse é o seu caso, a plataforma 12min disponibiliza para você os microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores.

Toneladas de conhecimento

Como Ter Um Dia Ideal

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Isso lhe permitirá absorver toneladas de conhecimento sobre carreira, negócios e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Agora, vai aí a sugestão de leitura que selecionamos hoje pra você! 

Mais Esperto que o Diabo – Napoleon Hill

livro Mais Esperto que o Diabo - Napoleon Hill

Se você quer vencer os seus medos e limitações, então, esse livro é uma indicação perfeita. Escrito em 1938, continua atual e inspirador. Nele, o autor Napoleon Hill destaca a importância de amarmos a nós mesmos e vivermos em harmonia com a nossa consciência.

A premissa inicial desta obra consiste em um interessante diálogo com o diabo, o mais terrível e maligno espírito que o mundo conhece. No entanto, segundo Hill, ele não tem chifres e nem uma cauda longa. Mas trata-se, na realidade, de uma presença malévola… em sua mente.

Outras sugestões:

Você deve gostar de ler também um post recente em nosso blog: “Resoluções de Ano Novo? 8 Livros Para Garantir o Hábito de Leitura em 2020“. E, ainda, o resumo do Livro Você Pode Curar sua Vida, de Louise Hay.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Como Ter um Dia Ideal pdf, e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Inteligência Multifocal, de Augusto Cury, em PDF

Alguém é capaz de explicar a mente humana? Em Inteligência Multifocal, Augusto Cury prova que nosso intelecto não é um sistema binário ou simples. Pelo contrário, é algo muito mais amplo.

livro Inteligência Multifocal

Segundo o autor, a partir do momento em que nos dispomos a expandir o mundo das ideias sobre a mente humana, a construção de pensamentos e sobre a formação de pensadores, nós nos transformamos. Isso porque repensamos nossas posturas intelectuais, verdades e paradigmas, de acordo com a bagagem adquirida. 

Começamos a compreender e a apreciar a teoria da igualdade, a partir da construção da inteligência. Por exemplo, mesmo quem vive na miséria possui a mesma complexidade nos processos de construção da inteligência que os intelectuais mais brilhantes das universidades.

Enfim, existe um mundo rico, sofisticado e interessante a ser descoberto nos bastidores da mente humana. Algo que vai além da massificação da cultura, do consumismo, da cotação do dólar, da tecnologia, da moda, do estereótipo da estética. 

Você ficou interessado em saber mais sobre o que é a Inteligência Multifocal – essa teoria sobre a construção dos pensamentos, para explicar como eles se formam? Então, fique com a gente! Mas, antes, vamos falar um pouquinho sobre o autor.

Quem é Augusto Cury?

Augusto Cury escreveu vários livros, entre eles, o best-seller sobre a teoria da Inteligência Multifocal. Suas obras foram publicadas em mais de 70 países, com 25 milhões de unidades vendidas, somente no Brasil. 

Cury foi considerado o autor brasileiro mais lido da última década, pela revista ISTOÉ e pelo jornal Folha de S. Paulo. Além disso, ele recebeu o prêmio de melhor ficção de 2009, pela Academia Chinesa de Literatura, com o livro O Vendedor de Sonhos, que foi adaptado para o cinema em 2016.

O homem e a exploração de si mesmo

inteligencia multifocal augusto cury

A maior e uma das mais importantes explorações do homem é a exploração do seu próprio mundo intrapsíquico. E o livro Inteligência Multifocal enumera os direitos fundamentais do homem que, segundo o autor, inclui aprender a:

  • interiorizar-se; 
  • criar raízes mais profundas dentro de si mesmo; 
  • explorar a história intrapsíquica arquivada na memória;
  • questionar os paradigmas socioculturais;
  • trabalhar com maturidade as dores, perdas e frustrações psicossociais;
  • desenvolver consciência crítica, conhecer os processos básicos que constroem os pensamentos e que constituem a consciência existencial. 

Porém, frequentemente, esses direitos são exercidos com superficialidade, principalmente, porque o homem moderno tem vivido uma crise de interiorização. 

A tendência intelectual natural do Homo sapiens é seguir uma trajetória de construção intelectual superficial. Em outras palavras, ele pouco se interioriza, pouco procura por si mesmo e pouco conhece a si mesmo. 

A mente humana e a inteligência

A mente

No livro Inteligência Multifocal, a mente é usada como o ambiente onde se processa as faculdades intelectuais, onde se desenvolve a inteligência. 

A inteligência 

É um conjunto de estruturas psicodinâmicas derivadas do amplo funcionamento da mente. É a capacidade de pensar, se emocionar, ter consciência. Ela é constituída de quatro grandes processos:

  1. Construção de pensamentos
  2. Transformação da energia emocional
  3. Formação da consciência existencial
  4. Formação da história existencial arquivada na memória 

Esses processos estão em atividade o tempo todo. Eles não param de evoluir, mas sua evolução tende a diminuir na vida adulta.

A arte da observação e da análise multifocal

teoria da inteligencia multifocal

Até um mendigo é uma pessoa complexa, rica intelectualmente e interessante de ser observada e analisada. Muitos deles, quando se aproximam uns dos outros, logo estabelecem uma relação interpessoal e trocam diálogos, pois, não têm preconceitos socioculturais, não precisam ostentar status ou provar qualquer coisa para estabelecer confiabilidade.

A mercadoria de troca interpessoal entre os mendigos, de acordo com o livro Inteligência Multifocal, é o que eles são e não o que eles têm, diferentemente de grande parte das relações nas sociedades modernas. 

Ou seja, até entre as pessoas que vivem em condições miseráveis é possível apreciar o espetáculo da construção de pensamentos e contemplar lições existenciais. 

Por outro lado, os computadores jamais passarão de escravos de estímulos programados, ainda que incorporem um processo de autoaprendizagem e levem em consideração a “lógica paraconsistente”. 

Para o autor, é cientificamente ingênuo dizer que os computadores produzem uma realidade virtual, pois, eles não têm consciência existencial de si mesmos, eles não existem para si mesmos e, portanto, não têm consciência da organização das informações que expressam nas telas de vídeo.

Os 7 procedimentos multifocais 

Os procedimentos utilizados na pesquisa acadêmica normalmente são bem conhecidos no mundo todo, tais como: seletividade de dados, análise de dados, levantamento bibliográfico, uso de uma teoria como suporte da interpretação. Porém, os os 3 primeiros procedimentos multifocais são a arte de: 

  1. Formular perguntas; 
  2. Duvidar; 
  3. Criticar.

Os outros 4 procedimentos multificais são:

  1. A busca do caos intelectual, para se processar a descontaminação da interpretação;
  2. A busca do caos intelectual, para expandir as possibilidades de construção do conhecimento; 
  3. A análise das causalidades históricas e das circunstancialidades biopsicossociais; 
  4. A análise dos processos de construção das variáveis de interpretação na mente. 

A Inteligência Multifocal e as 5 cinco mesclagens de contrapontos intelectuais

Trata-se das mesclagens entre:

  1. a liberdade contemplativa de observar os fenômenos com a disciplina empírica no processo de observação e seleção dos mesmos.
  2. a liberdade de interpretar os fenômenos com a reorganização e reorientação contínua do processo de interpretação.
  3. a utilização do caos intelectual para esvaziar, tanto quanto possível, as distorções preconceituosas e os referenciais históricos contidos no processo de formação da personalidade com a utilização desse caos para expandir as possibilidades de compreensão dos fenômenos e de construção do conhecimento.
  4. a liberdade da produção do conhecimento com a reciclagem crítica e contínua da mesma.
  5. a análise das variáveis da interpretação (fenômenos) com a análise dos sistemas de co-interferências que elas organizam para gerar o funcionamento da mente e a construção das cadeias de pensamentos.

A arte de perguntar é mais importante do que a arte de responder

o que e inteligencia multifocal

De acordo com a teoria da Inteligência Multifocal, a maneira como se pergunta pode produzir um autoritarismo das ideias, pois, estabelece as diretrizes das respostas. Assim, antes da busca das respostas e da produção de conhecimento, devemos formular perguntas multifocais sobre os fenômenos e suas micro e macrorrelações, além de perguntas sobre as próprias perguntas, suas dimensões, seus limites e alcance.

Vacina intelectual

É mais fácil desenvolver o autoritarismo do que a democracia das ideias, do que redirecionar o processo de observação, interpretação e produção de conhecimentos por meio do exercício da “consciência crítica do eu”, afirma o autor de Inteligência Multifocal.

Os “antídotos” intelectuais contra o autoritarismo nas relações humanas são multifocais: 

  1. compreender que a democracia das ideias é uma inevitabi­lidade;
  2. respeitar o ser humano na sua integralidade;
  3. considerá-lo capaz de pensar e escolher seus próprios caminhos;
  4. estimular a revolução das ideias que ocorre na sua mente e procurar contribuir para que ela seja redirecionada para desenvolver a revolução do humanismo, da cidadania e da capacidade crítica de pensar.

O homo interpres e o intelligens

Homo interpres

É o homem inconsciente, representado pelos territórios da memória e pelo conjunto de fenômenos inconscientes que produzem o funcionamento da mente humana, da psicoadaptação, da autochecagem, da âncora da memória, do autofluxo. 

Eles são responsáveis pelo registro das informações na memória, pela leitura da mesma e pela construção das cadeias de pensamentos e das reações emocionais. 

Homo intelligens 

É o homem consciente, representado pelo “eu”, o grande fenômeno consciente da inteligência. Por meio do “eu”, temos a consciência existencial, ou seja, a consciência de que existimos e de que há um mundo que existe e pulsa ao nosso redor. 

Além disso, ressalta o livro Inteligência Multifocal, temos a consciência de que pensamos e nos emocionamos e podemos administrar os pensamentos e as emoções. 

O Homo intelligens é resultado do Homo interpres, pois, todos os fenômenos que produzem a nossa consciência são inconscientes. 

Memória e inteligência

É comum a confusão entre memória e inteligência, quando se diz que a pessoa que tem melhor memória ou melhor capacidade de lembrança é mais inteligente. No entanto, para Augusto Cury, esse conceito é desprovido de fundamento.

No livro Inteligência Multifocal, ele explica que não existe lembrança. Não há lembrança das informações contidas na memória, mas reconstrução das mesmas. 

Os 2 tipos de memórias

inteligencia multifocal augusto cury pdf

A Memória Existencial (ME) e a Memória de Uso Contínuo (MUC) formam a totalidade da história intrapsíquica de um ser humano, contendo, portanto, todos os segredos de sua vida, explica Cury, em Inteligência Multifocal.

A Memória Existencial representa as experiências que vão sendo registradas ao longo da vida e a Memória de Uso Contínuo representa as informações que vão sendo usadas e rearquivadas continuamente. Por exemplo, os endereços e e-mails, os números telefônicos, as fórmulas matemáticas, as palavras que compõem uma língua. 

O passado não é lembrado, mas reconstruído

Os processos de construção da inteligência desencadeados pela leitura da história intrapsíquica, principalmente, pela memória existencial, são tão complexos que, ao estudá-los, compreendemos que não existe a “recordação” ou “lembrança” original das experiências do passado, mas uma interpretação em que reconstruímos essas experiências no palco de nossas mentes.

Os pensamentos dialéticos

Os pensamentos dialéticos são conscientes, lógicos, bem organizados em cadeias psicodinâmicas, bem definidos psicolinguisticamente, gerenciados com facilidade pelo “eu”. Por isso, são utilizados com frequência na análise, na síntese das ideias, nos discursos teóricos, na produção científica, na produção tecnológica, nas relações sociais. 

O livro Inteligência Multifocal explica que esses pensamentos são expressos com facilidade na comunicação social e interpessoal. Afinal, eles são facilmente codificados pelo sistema nervoso central e pelo aparelho fonador. 

No entanto, os pensamentos dialéticos têm dimensões muito maiores do que a expressa pela comunicação social e interpessoal por meio da verbalização. Por isso, frequentemente, temos a sensação de que as palavras não conseguem expressar o conteúdo dos nossos pensamento. Ou seja, a dimensão das ideias é maior do que a dimensão das palavras.

Gerenciamento do “eu” sobre a construção de pensamentos

Embora ocorra nos palcos conscientes da inteligência, o “eu” vive um paradoxo intelectual indescritível, pois, organiza “inconscientemente” a construção de pensamentos, a racionalidade humana. Ou seja, ele lê a memória, organiza as RPSs e produz as cadeias de pensamentos conscientes, destaca o livro Inteligência Multifocal.

A construtividade do mundo das ideias, que promove toda racionalidade dialética, toda ciência, toda produção de arte, toda comunicação social, enfim, toda “consciência existencial do eu” sobre o mundo que somos e em que estamos é produzida por processos inconscientes que são operacionalizados nos bastidores da psique.

Os mordomos da mente educando silenciosamente o “eu”

Não deveríamos considerar a rica construção de pensamentos produzidos pelos mordomos da psique humana como um problema. Pelo contrário, o autor de Inteligência Multifocal garante que, sem essa rica e inevitável construção de pensamentos, a vida humana se tornaria um tédio insuportável, uma solidão indescritível, pois, ela é a mais importante fonte de entretenimento humano. Além disso, a história intrapsíquica e o “eu” não se desenvolveriam.

A autochecagem da memória

A autochecagem é o fenômeno que lê automaticamente a memória. Ele é o primeiro fenômeno que atua na inteligência. Ou seja, diante de um estímulo qualquer, seja um pensamento ou um estímulo físico, ele é acionado e em milésimos de segundos lê a memória, assimila seu conteúdo e, consequentemente, produz as primeiras reações no cerne da inteligência.

Ninguém pode se livrar da ansiedade vital

A ansiedade vital é diferente da ansiedade patológica, da tensão emocional doentia, que normalmente é angustiante e, frequentemente, é acompanhada de sintomas psicossomáticos. 

A ansiedade vital é fundamental no processo de leitura da história intrapsíquica e de construção da inteligência. De acordo com o livro Inteligência Multifocal, ela anima e provoca psicodinamicamente os processos de construção dos pensamentos, da consciência existencial e as transformações da energia emocional e motivacional.

A teoria da Inteligência Multifocal e a âncora da memória 

A âncora da memória é um fenômeno intrapsíquico inconsciente que desloca e é deslocado psicodinamicamente pelos três outros fenômenos que fazem a leitura da história intrapsíquica: 

  • a autochecagem da memória;
  • o autofluxo;
  • o “eu”. 

Nem toda memória está disponível para ser lida. A âncora da memória é difícil de ser definida, mas, em síntese, ela se refere a um foco ou “território” de leitura da memória, num determinado momento da existência. 

A âncora da memória fornece um grupo de informações psicossociais que ficam disponíveis para serem utilizadas pelos fenômenos que lêem a memória e constroem pensamentos.

A liberdade de pensamento 

livro inteligencia multifocal

Liberdade plena de pensamento nem sempre é conquistada pelo “eu”. Pelo contrário, segundo a Inteligência Multifocal, ela é dirigida inconscientemente pelos deslocamentos da âncora da memória, que restringe o território de leitura da memória. 

Quando produzimos pensamentos, nós nem sempre temos uma livre escolha das informações e das ideias, devido à restrição da “disponibilidade histórica” imposta pela âncora da memória.

Assim, afirma Cury, grande parte dos pensamentos gerenciada e produzida pelo “eu” não foi, na realidade, gerenciada e produzida com plena liberdade de escolha. Pelo contrário,  ocorreu dentro dos limites da âncora da memória. 

Inteligência multifocal difícil de ser gerenciada

O “eu” é o fenômeno que expressa a vontade consciente do homem. Ou seja, sem esta, o homem é um ser que vaga irracionalmente como os demais seres da natureza. Se fôssemos capazes de destruir o “eu”, estaríamos encerrados na mais terrível solidão e existiríamos sem ter consciência de que existimos. 

As psicoses esquizofrênicas comprometem a estrutura e a lógica do “eu”, por isso, elas são graves. Todavia, quando ajudamos os pacientes em surto psicótico a desacelerar seus pensamentos, eles organizam o processo de leitura da memória, constroem pensamentos dentro dos parâmetros da realidade e rompem com seus delírios e alucinações. 

Assim, desacelerar o fluxo dos pensamentos e alargar os territórios de leitura da memória são fundamentais para que o “eu” possa administrar a produção dos pensamentos com lógica.

A terapia multifocal 

Por que tratar de um paciente deprimido, com Síndrome do Pânico ou Transtorno Obsessivo é um processo lento e complicado? Se o mundo das ideias e das emoções é tão criativo, por que temos dificuldade em subjugá-lo? 

Em horas, os cirurgiões extraem um tumor, mas os terapeutas demoram semanas, meses ou até anos para levar um paciente à resolução de uma doença psíquica. 

Há muitas causas que explicam os entraves do gerenciamento do funcionamento da mente, e uma delas é que a produção de pensamentos é multifocal. Ou seja, produzida por múltiplos fenômenos. Todavia, afirma o livro Inteligência Multifocal, a principal causa é o pensamento dialético.

TMC: Teoria Multifocal do Conhecimento

Em Inteligência Multifocal, Cury explica que TMC é um conjunto de teorias que se inter-relacionam. Por exemplo, as teorias da construção dos pensamentos; da interpretação; crítica do conhecimento (lógica); transformação da energia psíquica; formação e utilização da história intrapsíquica arquivada na memória; formação da personalidade; construção das relações interpessoais etc. 

Assim, a abordagem da inteligência, expressa por Cury, é apenas parte da teoria multifocal do conhecimento. Como ela investiga a inteligência a partir dos fenômenos e variáveis universais que estão na base da produção dos pensamentos, pode contribuir para explicá-las, revisá-las e abrir novas avenidas de pesquisa para elas.

A Cidadania da Ciência

O livro Inteligência Multifocal destaca a preocupação que todo pensador ou cientista deveria ter em relação à sua produção de conhecimentos, que é socializá-la. Assim, “Cidadania da Ciência” é, portanto, a humanização da teoria que se expressa por meio de procurar torná-la assimilável, aplicável e, portanto, psicossocialmente útil.

Os bastidores da mente

inteligencia multifocal pdf

Todas as teorias, ideologias sociopolíticas, produções artísticas, poesias, discursos literários, diálogos interpessoais etc., são “peças intelectuais”. Elas são construídas nos bastidores inconscientes da inteligência e expressas na “crosta” ou “palcos conscientes da mesma”.

Temos consciência da produção intelectual que geramos, mas não temos consciência dos processos que geram essa produção intelectual nos bastidores inconscientes.

Portanto, o livro Inteligência Multifocal salienta que há um mundo a ser descoberto no âmago intrapsíquico de cada ser humano. Ou seja, um mundo que possui fenômenos tão complexos e sofisticados que são capazes de organizar as ideias, produzir as análises, confeccionar os paradigmas socioculturais, formatar os discursos teóricos das ciências, produzir os pensamentos antecipatórios, resgatar as experiências passadas, construir a consciência existencial do mundo que somos e em que estamos, transformar a energia emocional e motivacional etc.

Continue aprendendo

Inteligência Multifocal

Então, você gostou dos ensinamentos de Augusto Cury? Deixe aqui os seus comentários!

E se você quer seguir no caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. 

Ah, mas você não tem tempo de ler tudo o que gostaria? Não se preocupe! Se esse é o seu caso, a plataforma 12min disponibiliza para você os microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores.

Inclusive, além de Inteligência Multifocal, temos outros microbooks de Augusto Cury. Veja:

Toneladas de conhecimento

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Isso lhe permitirá absorver toneladas de conhecimento, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

E, é claro que nós, do 12min, selecionamos hoje uma preciosidade para você. Anote aí!

O Segredo – Rhonda Byrne

Você já parou pra pensar no quanto suas palavras e pensamentos influenciam diretamente nos acontecimentos da sua vida? Segundo Rhonda Byrne, nós somos como imãs e atraímos exatamente tudo o que pensamos e acreditamos, sem exceções.

Ou seja, isso é a lei da atração e o livro O Segredo mostra como são significativas as mudanças, quando passamos a acreditar que somos os donos do nosso próprio destino e que podemos conseguir dinheiro, saúde, amor etc. Tudo isso, apenas com a ajuda da nossa mente.

Após lançar o livro O Segredo, Rhonda Byrne foi considerada pela Time Magazine, em 2007, uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. O seu best-seller foi traduzido em 47 idiomas, com mais de 21 milhões de exemplares impressos. Imperdível!

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Inteligência Multifocal, pdf, e a nossa dica de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro Produtividade Máxima, em PDF

Nos dias de hoje, cada segundo vale ouro. Assim, quem consegue controlar corretamente o seu tempo, tem uma grande vantagem competitiva em relação aos demais. Mas, se você ainda está fora desse seleto grupo, o livro Produtividade Máxima é uma leitura obrigatória, para ajudá-lo a organizar a sua vida pessoal e profissional e ser mais eficiente.

Livro Produtividade Máxima

Na verdade, existem muitos livros que tratam do tema “produtividade”. No entanto, a autora Tamara Schwambach Kano Myles apresenta uma abordagem diferente. Ou seja, ela ensina métodos simples e de fácil aplicação, para você impulsionar os seus resultados, seja no trabalho ou em casa também. 

Você ficou interessado em aprender a ser mais produtivo? Então, fique com a gente! Vamos lá!

Sobre a autora

A brasileira Tamara Schwambach Kano Myles mudou-se para os Estados Unidos, onde formou -se em Comunicação e Publicidade, pela Southern Illinois University, com altas honras. Além de escritora, ela é organizadora profissional certificada, palestrante profissional e coach em produtividade. Myles conduz seminários online e treinamento individual ou para empresas, entre elas, Best Buy e a Anytime Fitness

Uma busca constante

baixar livro produtividade maxima

De acordo com a autora do livro Produtividade Máxima, cerca de 90% das pessoas que procuram por sua consultoria sentem-se sufocadas pela desordem. Ou seja, vão à loucura com ambientes sujos e bagunçadas, papelada em excesso e por todos os lados, enfim, uma verdadeira desorganização.

Uns buscam por um “curativo rápido” para os sintomas. Outros, no entanto, preferem trabalhar na raiz do problema e, dessa forma, desenvolverem soluções definitivas para a sua baixa produtividade.

Mas, para Myles, uma coisa é certa: é preciso primeiro arranjar a bagunça espacial para, depois, partir para outras questões, como a desorganização eletrônica e a má administração do tempo

A Pirâmide de Maslow

Livro Produtividade Máxima

Grande parte das pessoas conhece apenas superficialmente a Pirâmide de Maslow, segundo a autora do livro Produtividade Máxima. Essa pirâmide foi desenhada com cinco níveis de necessidades, começando pelas mais essenciais. As pessoas precisam satisfazer cada uma delas, antes de se sentirem motivadas a pensar nas necessidades do próximo nível.

Os níveis da Pirâmide de Maslow são:

1. Necessidades biológicas e fisiológicas

Essas são as necessidades essenciais para a sobrevivência, como ar, comida, água, abrigo, sexo, sono e excreção.

2. Segurança

Aqui estão incluídas a segurança pessoal e financeira, saúde e bem-estar. Por exemplo, proteção contra acidentes e lesões, assistência à saúde, lei, estabilidade financeira (emprego estável). Trata-se da necessidade de “colocar ordem na casa”, evitando o caos. 

3. Afeto/Convívio social

Essa é necessidade de pertencer. Ou seja, refere-se às necessidades sociais. Fazer amigos, participar de grupos comunitários e/ou religiosos, relacionar-se com os colegas de trabalho ou se envolver em relacionamentos amorosos. 

4. Autoestima

Trata-se de reconhecimento da nossa capacidade pessoal por nós mesmos e pelos outros, dignidade, status, prestígio, respeito. Ao satisfazer essas necessidades, a pessoa aumenta a autoconfiança e a confiança dos outros em relação a ela.

5. Realização pessoal

É a busca pelo crescimento pessoal, com liberdade para criar e agir. Em outras palavras, é a necessidade da realização plena de seu potencial individual. Mas não deve ser encarada como o “fim da linha”, porque sempre haverá espaço para crescer ainda mais.

A Pirâmide da Produtividade Máxima

Agora, o livro Produtividade Máxima apresenta o sistema da Pirâmide da Produtividade Máxima. Trata-se de uma abordagem holística e ampla, que começa com a otimização dos sistemas organizacionais básicos e avança para o desenvolvimento de metas para diferentes possibilidades na sua vida. Veja:

1. Organização espacial

blog produtividade maxima

O processo começa organizando a papelada, que inclui documentos, revistas, correspondências, enfim, papéis em geral e livros. Nas empresas, essa é a necessidade básica para impulsionar a produtividade.

2. Organização eletrônica

Livro Produtividade Máxima

É indispensável que você disponha de sistemas para ordenar seus emails e demais informações online, ou seja, todos os recursos de comunicação, armazenamento e recuperação de informações em meio eletrônico.

3. Gerenciamento do tempo

Livro Produtividade Máxima

Esta é a necessidade mais comum associada à produtividade, segundo o livro Produtividade Máxima. Ou seja, envolve a administração de tarefas e compromissos, listas de afazeres, agendas e tudo o que se faz no cotidiano.

4. Alinhamento entre atividades e objetivos

Livro Produtividade Máxima

Isso significa definir metas profissionais e pessoais e adequar as atividades do seu dia a dia à realização desses objetivos.

5. Possibilidade

Livro Produtividade Máxima

Esse nível  não é algo a ser alcançado ou um lugar onde permanecer. Mas é o processo contínuo de questionamento e definição de metas em busca da realização plena de seu potencial individual.

O livro Produtividade Máxima e o desafio da mudança

A pergunta aqui é: por onde começar a reorganização? Myles sugere refletir sobre as perguntas abaixo:

  • Você se sente sufocado pela desorganização espacial?
  • Está sobrecarregado com uma caixa de entrada de e-mails lotada?
  • Ao fim do dia, você tem a sensação de que poderia ter feito mais coisas?
  • Seus objetivos profissionais e pessoais lhe parecem inalcançáveis?
  • Existe alguma meta que você sabe que seria capaz de atingir, se tivesse um controle melhor da sua vida?
  • Você está em busca de inovações que seriam o diferencial para ajudá-lo a melhorar ainda mais suas habilidades?

As suas respostas lhe indicarão os seus pontos fortes e aqueles que precisam ser melhorados.

Investindo na arrumação espacial

Livrar-se da desorganização é fundamental para elevar os seus resultados. De acordo com o livro Produtividade Máxima, se a pessoa não for capaz de organizar seu espaço, todos os demais esforços para se tornar mais eficiente e produtiva serão em vão.

A autora lembra um dos princípios de Maslow, ou seja, é difícil pensar em amor quando se está faminto e com frio. Pessoas que trabalham num escritório desorganizado tendem a ficar mais estressadas, quando entram no ambiente de trabalho.

Organizando a papelada

Livro Produtividade Máxima

Os primeiros três objetivos na busca pela organização espacial são simples:

  1. Livrar-se da maior quantidade possível de papel, minimizando assim as necessidades de espaço.
  2. Armazenar os papéis importantes com eficiência, para ser capaz de encontrá-los facilmente, quando for necessário.
  3. Desenvolver um método para lidar com os papéis, à medida que eles chegam.

Tendemos a enxergar a tarefa de organização espacial como perda de tempo. No entanto, o livro Produtividade Máxima garante que, na verdade, trata-se de um investimento, com economia de tempo.

Mas, para ter resultado, é importante iniciar o processo com um sistema de organização de papéis útil e prático. A ideia é manter a papelada organizada, antes que a desordem e o caos se instale.

Os 3R’s: reciclar, resolver e reter

A autora do livro Produtividade Máxima sugere que sua reorganização deve ser baseada nos chamados 3R’s. Ou seja:

  1. Recicle aquilo que é mais antigo e ainda tem utilidade;
  2. Resolva todos os problemas;
  3. Retenha as informações necessárias para reorganizar o ambiente.

7 sinais de alerta da desorganização eletrônica

Livro Produtividade Máxima
  1. Exceder o espaço de armazenamento de e-mails determinado pela empresa ou pelo seu sistema online.
  2. Ter medo de deletar arquivos e e-mails.
  3. Não ter certeza se salvou alguma coisa.
  4. Perder muito tempo procurando arquivos, por não saber onde os salvou ou como os nomeou.
  5. Ter muitos ícones na área de trabalho.
  6. Armazenar milhares de fotos digitais, até as antigas, irrelevantes ou de má qualidade, sem qualquer sistema de organização, além da data.
  7. Manter e-mails não lidos ou antigos na sua caixa de entrada.

Organizando os arquivos eletrônicos

De acordo com o livro Produtividade Máxima, você deve criar uma estrutura básica para arquivar os itens, à medida que eles chegam. Isso vale para e-mails, anexos, imagens, documentos ou arquivos de áudio e vídeo. Nessa tarefa, você terá que decidir duas coisas:

  1. Como estruturar as pastas.
  2. Como nomear os arquivos.

A principal coisa a se pensar, ao criar e manter sua estrutura de arquivos, é como você vai encontrar as informações quando precisar delas. Você pode usar os seguintes métodos:

  • Pastas identificadas com os nomes dos clientes, que seu computador organiza, automaticamente, por ordem alfabética.
  • Arquivos de projetos organizados por ordem numérica ou pelo nome de cada projeto.
  • Pastas cronológicas nomeadas com datas, já que muitas empresas monitoram suas tarefas pela data.
  • Categorias de acordo com as operações da sua empresa (por exemplo, Pessoal, Impostos etc.).

Os seis A’s do processamento de e-mails

  1. Acessar os e-mails pendentes;
  2. Agrupar por categorias;
  3. Analisar os que são importantes;
  4. Apagar os descartáveis;
  5. Agir para responder os que estão pendentes;
  6. Arquivar os que não podem ser excluídos.

O livro Produtividade Máxima e o gerenciamento das suas escolhas

livro Produtividade Máxima pdf

Na verdade, Myles afirma que não temos o controle sobre o tempo propriamente dito. Ele simplesmente passa. E todos temos a mesma quantidade de tempo à nossa disposição. O que de fato podemos fazer é gerenciar nossas escolhas, ou seja, decidir o que fazer com o tempo. 

Todos temos mais itens em nossa lista de tarefas do que tempo para realizá-los. Assim, ter clareza sobre o que não deveríamos fazer e quando dizer “não” é tão importante quanto saber o que fazer. 

Os três P’s do gerenciamento do tempo são:

1. Planejar

Você precisa identificar quais tarefas precisa executar em um dia, um mês, um ano ou num prazo mais longo. Ou seja, você não começaria um grande projeto de trabalho sem um mínimo de planejamento, nem abriria uma empresa sem um plano de negócios, defende o livro Produtividade Máxima. 

2. Priorizar

No livro Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, Stephen Covey diz que “o segredo não é priorizar seu planejamento, mas planejar suas prioridades”. Ao estabelecer prioridades para suas tarefas, você perceberá com mais nitidez que atividades da vida o estão empurrando para a frente, em direção às coisas importantes e à realização de seus objetivos, de forma que as coisas importantes não se tornem de repente urgentes.

A matriz de urgência e importância – Matriz de Eisenhower – nos ajuda a priorizar, de forma ordenada, as tarefas pendentes. 

3. Produzir

Há muitos fatores que nos impedem de atingir o nível ideal de produção. Eles são chamados de fatores dispersores. O perfeccionismo, o costume de executar mais de uma tarefa ao mesmo tempo, a procrastinação, as interrupções, a dificuldade de encontrar as coisas, alguns tipos de reuniões e a demora nas tomadas de decisão são bons exemplos. 

Esses são os maus hábitos que nos desviam do trabalho, ressalta a autora do livro Produtividade Máxima. A única maneira de evitar esses fatores dispersores é reconhecê-los e desenvolver estratégias para lidar com eles.

Veja um pouquinho mais sobre dois desses fatores que emperram a nossa produtividade.

Perfeccionismo

Fazer a coisa certa não significa ser perfeito. Afinal, a perfeição é assunto para divindades, não para nós, humanos, afirma a autora do livro Produtividade Máxima.

Procrastinação

Procrastinação significa “deixar para amanhã”. Ou seja, demorar para começar ou terminar uma tarefa que deveria ser prioritária. Então, esforce-se para vencer esse hábito nada bom.

Por que os objetivos são importantes?

livro produtividade maxima pdf download

Ao trabalhar para gerenciar melhor o seu tempo, você começa a produzir com mais eficiência. Porém, quando define objetivos e alinha suas atividades diárias com eles é que você começa a promover grandes mudanças e passa a viver com determinação, fazendo todos os dias as escolhas que transformam a sua vida.

Uma vida com propósito significa viver cada dia com sua mente voltada para o resultado que procura atingir. Para isso, o livro Produtividade Máxima ressalta que é preciso se afastar um pouco do caos cotidiano e olhar a perspectiva mais ampla.

O desafio da autodisciplina

Esse desafio, segundo o livro Produtividade Máxima, significa ter respeito suficiente por nós mesmos e pelos nossos objetivos, a ponto de trabalharmos neles mesmo quando não estamos com disposição. 

Atitude de gratidão para se tornar mais feliz

Um dos métodos sugeridos pelo livro Produtividade Máxima é anotar em um diário as situações do dia a dia que lhe suscitam o sentimento de gratidão. Isso porque essa é uma maneira simples de parar de se concentrar naquilo que o deixa infeliz e começar a valorizar o que o faz feliz, substituindo a sensação de que falta alguma coisa por um senso de realização.

Saúde e bem-estar

Você não deve negligenciar a sua saúde, na correria do cotidiano. Valorize um estilo de vida mais saudável, afinal se você não estiver se sentindo bem, como irá alcançar altos índices de produtividade?

O livro Produtividade Máxima e dicas valiosas para alcançar o máximo desempenho

livro produtividade maxima pdf
  • Vá além das mudanças no seu ambiente e em seus processos. Afinal, os fatores abstratos também são essenciais.
  • Tenha a disciplina para implementar as mudanças, adotar os métodos e melhorar seu desempenho.
  • Assuma uma atitude positiva que aumente sua confiança.
  • Adote um estilo de vida saudável, diminua seu nível de estresse e se certifique de dormir o suficiente.

Os 5 E’s para desenvolver possibilidades

  1. Empolgue-se – Volte a fazer algo de que gostava, mas que ficou para trás.
  2. Envolva-se – Passe mais tempo cercado de pessoas, ou seja, amigos, família, comunidade espiritual ou praticando algum trabalho voluntário.
  3. Empodere-se – Crie poder, habilite-se, cuide mais da saúde, da casa e do seu bem-estar.
  4. Evolua – Dedique mais tempo e esforço a fazer aquilo que gosta e leve suas habilidades a um novo patamar.
  5. Explore – Busque novos desafios, algo que você nunca ousou tentar, que exija uma grande mudança de perspectiva.

Continue aprendendo

Livro Produtividade Máxima

Você gostou dos ensinamentos do livro Produtividade Máxima? Deixe os seus comentários!

Aqui, no Blog 12min, nós temos outros posts bem legais sobre produtividade, que você certamente irá gostar. Por exemplo:

E se você quer seguir o caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte também nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. 

Mas você pode estar pensando que não tem tempo de ler tudo o que gostaria. Nesse caso, não se preocupe! Isso porque a plataforma 12min disponibiliza para você os microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores.

Existe, inclusive, uma categoria inteirinha sobre Produtividade e Gerenciamento de Tempo. Vale a pena pesquisar todas as opções disponíveis!

Toneladas de conhecimento

Todos os microbooks do 12mim podem ser lidos no prazo de 12 minutos. Isso lhe permitirá absorver toneladas de conhecimento sobre carreira, negócios e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Agora, que tal anotar aí uma outra sugestão de leitura que selecionamos especialmente para você!

Trabalhe 4 Horas Por Semana – Tim Ferriss

Livro Trabalhe 4h por Semana

Com este livro, Tim Ferriss pretende mudar a forma como o leitor olha para o trabalho. Assim, com base em experimentos próprios, ele afirma que existem formas de fazer exclusivamente o que se gosta e ainda ter uma vida confortável – o que contraria o modelo de “trabalhar a vida toda até aposentar para começar a viver”.

Ferriss explica que sim, é possível trabalhar apenas 4 horas por semana. Mas o propósito do livro não é ensinar a fazer exclusivamente isso. A intenção é sempre fazer o que traz sentido para a sua vida.

Para conquistar esse feito, ser produtivo é essencial. Gastamos muito tempo de nossas vidas procrastinando e poderíamos utilizá-lo para ser mais livres. Ferriss criou o modelo DEAL:

  • Definição: substitua as premissas que o bloqueiam.
  • Eliminação: ignore o que não importa, em vez de tentar encaixar tudo com gestão do tempo.
  • Automação: aprenda a ganhar dinheiro no piloto automático.
  • Libertação: torne-se independente de localização, trabalhando de qualquer lugar.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro Produtividade Máxima, pdf, e as nossas dicas de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resumo do Livro O Jeito Harvard de Ser Feliz, de Shawn Achor, em PDF

A fórmula mágica para a felicidade vem sendo procurada há séculos. Mas as pesquisas mostram que o segredo tão perseguido não está em magias. Então, o que fazer? É isso que você vai aprender com o livro O Jeito Harvard de Ser Feliz.

livro O Jeito Harvard de Ser Feliz

Segundo o autor, Shawn Achor, a sabedoria popular diz que, se nos empenharmos, teremos sucesso. E, se tivermos sucesso, então, podemos ser felizes. No entanto, mais de uma década de pesquisas nos campos da Psicologia Positiva e da Neurociência comprovam que a relação entre sucesso e felicidade, na verdade, funciona de maneira inversa. Ou seja, é a felicidade que impulsiona o sucesso.

Para escrever esse livro, Shawn Achor pesquisou mais de 1.600 alunos de Harvard e inúmeras empresas da lista Fortune 500, em todo mundo. O que ele encontrou, nós veremos a seguir. Está pronto? Vamos lá!

Sobre o autor

Antes de entrarmos de vez no resumo do livro O Jeito Harvard de Ser Feliz, vamos conhecer um pouco mais sobre Shawn Achor.  Ele é pesquisador americano, autor e palestrante. 

Após concluir o curso superior, Achor trabalhou como assistente de ensino no curso “Felicidade”, de Tal Ben-Shahar, na Universidade de Harvard. Em 2007, ele fundou o GoodThinkInc e, depois, co-fundou o Institute for Applied Positive Research, com sua esposa Michelle Gielan. A empresa oferece serviços de consultoria, seminários e apresentações sobre Psicologia Positiva destinadas a melhorar o desempenho no trabalho. 

A palestra TED de Achor, O Segredo Feliz para Melhorar o Trabalho, tem cerca de 22 milhões de visualizações, com tradução para 48 idiomas, inclusive, o Português.

O Jeito Harvard de Ser Feliz e a Psicologia Positiva

Em O Jeito Harvard de Ser Feliz, o autor conta que saiu do interior do Texas e vislumbrava estudar em Harvard como um enorme privilégio, talvez inalcançável para alguém de origens não muito abastadas. 

Assim que conseguiu pôr os pés pela primeira vez em Harvard, lembra, foi como uma paixão à primeira vista. Achor ficou lá por 12 anos, depois de concluir a pós-graduação. Ele morava em um quarto pequeno e dava aulas em mais de 16 disciplinas.

Achor explica que esse foi o começo para ele notar os padrões geradores de estresse para os estudantes, que foi o princípio de seus estudos sobre a busca por ser feliz. 

O paraíso perdido e encontrado

John Milton escreveu em Paraíso Perdido: “A mente é um lugar em si mesma, e em si mesma pode fazer do céu um inferno, e do inferno, um céu”.

Achor refletiu sobre isso ao se deparar com diversos alunos seus que esqueciam o privilégio que era estar em Harvard e preocupavam-se demais com as notas, estudos e carreiras. Isso os colocava em permanente estado de estresse, com a competição e a carga de trabalho tomando todo seu tempo e impedindo-os de pensar em outra coisa.

Durante uma palestra na África do Sul, o autor viu-se diante de uma realidade em que ter lição de casa era considerado um privilégio para estudantes de guetos. Então, ressalta o autor de O Jeito Harvard de Ser Feliz: por que não focarmos no que é melhor para sermos mais felizes?

Pesquisa da felicidade em Hogwarts

O Jeito Harvard de Ser Feliz

Após 12 anos em Harvard, Achor voltou ao Texas. Lá, eram constantes as perguntas de seus alunos, que comparavam o antigo local de trabalho e sonho de tantos estudantes ao redor do mundo a Hogwarts, a escola mágica dos filmes de Harry Potter. 

No entanto, um levantamento do Harvard Crimson revelou que quatro em cada cinco alunos de Harvard sofrem de depressão, pelo menos uma vez durante o ano letivo e, aproximadamente, metade de todos os alunos sofre de uma depressão tão debilitante que não consegue exercer suas atividades. 

Essa epidemia de infelicidade não se restringe a Harvard. O Jeito Harvard de Ser Feliz cita um levantamento do Conference Board, instituto de pesquisas sem fins lucrativos, realizado em janeiro de 2010. Ele mostrou que apenas 45% dos trabalhadores entrevistados estavam felizes com os seus empregos. 

Os índices atuais de depressão ao redor do mundo são dez vezes mais altos do que em 1960. Os números não mentem: os métodos que usamos para sermos felizes não estão sendo os mais adequados.

Foco excessivo no negativo

O Jeito Harvard de Ser Feliz

Aqueles que não conseguem se firmar entre os melhores tendem a focar em dados negativos. Mas a dica do autor de O Jeito Harvard de Ser Feliz é que, ao perceber que algo não está indo bem, procure usar os números a seu favor, em vez de colocá-los como algo imutável, ou uma notícia negativa sem chances de ser revertida.

Atenção aos valores discrepantes positivos

Estudos realizados por Achor concluíram que o caminho mais rápido para a realização não é apenas se concentrar no trabalho, e que a melhor maneira de motivar os colaboradores não é dar ordens aos gritos e criar uma força de trabalho estressada e temerosa. 

Em lugar disso, o autor de O Jeito Harvard de Ser Feliz aponta o otimismo como premissa básica para um melhor rendimento em todos os campos. Assim, dar mais valor às atitudes referentes à positividade virou um mantra nas pesquisas de Achor.

Os sete princípios de sucesso e realização pessoal e profissional

  1. O benefício da felicidade;
  2. O ponto de apoio e a alavanca;
  3. O efeito Tetris, 
  4. Encontro de oportunidades nas adversidades;
  5. O círculo do zorro;
  6. A regra dos 20 segundos;
  7. O investimento social.

Os 7 princípios colocados em prática

É fundamental entender profundamente os sete princípios, antes de partir para sua aplicação no dia a dia. 

As pessoas de sucesso não consideram a felicidade como recompensa distante pelo empenho, nem passam os dias com uma postura neutra ou negativa. Pelo contrário, elas capitalizam os aspectos positivos e seguem colhendo as recompensas. 

E é crucial entender como isso pode ser feito, por que funciona para, assim, se beneficiar da situação. E, de acordo com o livro O Jeito Harvard de Ser Feliz, é preciso sempre tem em mente que o sucesso é que gira ao redor da felicidade e não o contrário.

Vamos, então, entender um pouco mais sobre cada um dos 7 princípios do sucesso.

Princípio # 1 – O benefício da felicidade

O Jeito Harvard de Ser Feliz

A felicidade não possui um único significado. Pelo contrário, ela depende da pessoa que a vivencia. É por isso que os cientistas referem-se à felicidade em termos de “bem-estar subjetivo”. Ou seja, somente a pessoa pode saber, individualmente, até que ponto ela é feliz. 

Em O Jeito Harvard de Ser Feliz, Achor explica que a Ciência define a felicidade como a experiência de emoções positivas – prazer combinado com um senso mais profundo de sentido e propósito

A felicidade implica um estado de espírito positivo no presente e uma perspectiva positiva para o futuro, afirma. Ela é a alegria que sentimos quando buscamos atingir nosso pleno potencial. 

Assim, o principal propulsor da felicidade são as emoções positivas, já que a felicidade é, acima de tudo, um sentimento, emoções positivas ou positividade. Ou seja, felicidade é um termo vago e impreciso.

Uma análise de pesquisas sobre o tema, que reuniu os resultados de mais de 200 estudos científicos, envolvendo 275 mil participantes, revelou que a felicidade causa o sucesso, quando as emoções positivas afetam o funcionamento do cérebro e alteram o comportamento. Por outro lado, as emoções negativas limitam a amplitude de ações. 

Princípio # 2 – O ponto de apoio e a alavanca

O princípio de Arquimedes diz: “Dê-me uma alavanca longa o suficiente, um ponto de apoio e moverei o mundo”. Tal proposição também pode se aplicar em nossas atitudes, afirma o livro O Jeito Harvard de Ser Feliz. 

Quando positivas, as atitudes tendem a ser a alavanca apoiada em nosso cérebro, como um ponto de apoio, que nos levará a mover o mundo em prol de nossos objetivos ou metas. 

Princípio # 3 – O efeito Tetris

o jeito harvard de ser feliz resumo

Tétris é uma distração com bloquinhos, que vão se amontoando até construirem um grande cenário que vai baixando, enquanto pontuamos o máximo possível e a velocidade aumenta. 

Pois, para nós, o efeito Tetris funciona de forma semelhante. Ou seja, nós criamos um determinado padrão para ir construindo nosso castelo da felicidade. Deve ser sempre usado de forma positiva para pontuar mais e mais. 

Alguém incapaz de romper um padrão de pensamento ou comportamento negativo, por exemplo, tende a virar o efeito Tetris do avesso e nunca sair do marasmo da infelicidade, alerta o autor de O Jeito Harvard de Ser Feliz.

Princípio # 4 – Encontre oportunidades na adversidade

Quando as coisas não vão bem, o jeito é capitalizar as quedas, para ganhar mais impulso e voltar a subir. 

Mas muita gente tende a pensar que as atitudes positivas não servem para nada e que o melhor seria manter as antigas ações de negatividade. No entanto, elas não percebem que isso é um grande erro. Afinal, todos nós passamos por maus momentos.

O crescimento pós-traumático é uma etapa importante de nossas trajetórias, ressalta O Jeito Harvard de Ser Feliz. São nesses momentos que identificamos os nossos erros e quais as rotas a serem corrigidas no caminho. 

Enfim, e na adversidade que encontramos as oportunidades-chave para um recomeço.

Princípio # 5 – Círculo de Zorro

Um dos maiores propulsores do sucesso é a crença de que o nosso comportamento faz a diferença e que temos controle sobre o nosso futuro. No entanto, quando o estresse e a carga de trabalho começam a pesar demais, perdemos a nossa capacidade de suportá-los e perdemos também o sentimento de controle. 

No entanto, o livro O Jeito Harvard de Ser Feliz aconselha-nos a concentrarmos nossos esforços primeiro em pequenas metas exequíveis. Isso nos ajudará a recuperar o sentimento de controle tão crucial para o desempenho. 

Agindo assim, nós acumulamos os recursos, o conhecimento e a confiança necessários para expandir o círculo, conquistando aos poucos uma área cada vez maior.

Princípio # 6 – A Regra dos 20 segundos

o jeito harvard de ser feliz sinopse

Essa regra nos leva pra perto das atitudes que devem ser tomadas, para alcançarmos nossos objetivos e a felicidade. Mas, muitas vezes, ocorre que desistimos do nosso sonho, quando falta bem pouco para se chegar lá. Assim, os 20 segundos funcionam como um empurrãozinho.

A Regra dos 20 Segundos tem esse nome, pois, basta reduzir em apenas 20 segundos a barreira à mudança para ajudar a formar um novo hábito. O autor de O Jeito Harvard de Ser Feliz explica que, muitas vezes, isso leva mais de 20 segundos para fazer a diferença, mas a estratégia em si pode ser aplicada a qualquer coisa. 

Enfim, em outras palavras, reduza a energia de ativação para os hábitos que deseja adotar e aumente-a para hábitos que deseja evitar. 

Princípio # 7 – Investimento social

O capital social é o nosso maior ativo. Boas pessoas ao nosso redor nos ajudam a trilhar um caminho mais fácil para terem atitudes positivas e sermos felizes. Porém, muitos esquecem de interagir socialmente e acabam se fechando em um mundo próprio, apenas se preocupando com números e metas. 

Esse é um grande erro. Assim, O Jeito Harvard de Ser Feliz recomenda que pensar no lado humano das pessoas ao nosso redor deve ser um de nossos primeiros passos rumo às conquistas de felicidade. 

Espalhe o benefício da felicidade 

O Jeito Harvard de Ser Feliz

Se você colocar em prática os setes passos do autor, o efeito das atitudes positivas será notório em seu desenvolvimento pessoal e profissional. Ou seja, enxergar o que se pode e deve fazer de forma positiva lhe fará mais feliz.

No entanto, não basta apenas praticar O Jeito Harvard de Ser Feliz sem espalhar os métodos para o sucesso. O benefício da felicidade merece ser conhecido por todos, em todos os setores. 

Então, conte para sua família e colegas de trabalho o quanto as atitudes positivas lhe trouxeram melhores resultados do que antes. Enfim, a dica de ouro do autor de O Jeito Harvard de Ser Feliz é: contamine os ambientes por onde passa e ajude a tornar a vida das pessoas à sua volta mais positiva!

Citações de Shawn Achor

Continue aprendendo

Então, você gostou dos ensinamentos de Shawn Achor? Deixe aqui os seus comentários.

E se você quer seguir o caminho do crescimento e do desenvolvimento pessoal e profissional, aposte nos livros. Eles serão sempre seus fortes aliados. 

Ah, mas você não tem tempo de ler tudo o que gostaria? Não se preocupe! Se esse é o seu caso, a plataforma 12min disponibiliza para você os microbooks das mais fascinantes obras e renomados autores.

Inclusive, temos 2 outros microbooks fantásticos sobre felicidade, que você certamente vai gostar. Veja:

O Caminho Para a Felicidade Suprema – Deepak Chopra

livro O Caminho Para a Felicidade Suprema - Deepak Chopra

A Arte da Felicidade – Dalai Lama

livro A Arte da Felicidade - Dalai Lama

Toneladas de conhecimento

Todos os microbooks podem ser lidos em até 12 minutos. Isso lhe permitirá absorver toneladas de conhecimento sobre carreira, negócios e desenvolvimento pessoal, entre outras categorias, na velocidade que o mundo atual exige.

Se você preferir, pode optar pela versão audiobook, para ouvir os resumos dos livros no carro, na academia, enquanto faz a sua caminhada, isso é, onde e quando quiser.

Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Enfim, como sempre fazemos, ao final do nossos posts, preparamos para você uma indicação de leitura. Anote aí!

Livro Propósito, Sri Prem Baba

livro Propósito - Sri Prem Baba

Você já se questionou sobre o que veio fazer no mundo? Com o livro Propósito, a Coragem de Ser Quem Somos, você vai aprender a pensar sobre esse assunto e sobre os fatos da sua vida que podem estar impedindo-o de seguir o seu caminho. 

Propósito foi escrito pelo mestre espiritual brasileiro, Sri Prem Baba. Segundo ele, toda criança nasce sabendo qual é o seu propósito e continua com ele até a juventude. Aos poucos, porém, passamos a acreditar nas vozes externas que insistem em colocar dúvidas em nossos sonhos.

Em um certo momento, nos damos por vencidos, até nos esquecermos de vez do que alimenta o nosso coração e passamos a viver os sonhos dos outros.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu o resumo do livro O Jeito Harvard de Ser Feliz, pdf, e a nossa dica de leitura, compartilhe esse post em sua rede social!




Resoluções de Ano Novo? 8 Livros Para Garantir o Hábito de Leitura em 2020

Levanta a mão quem já fez alguma promessa de mudança de hábito na virada do Ano! Você, certamente, está nessa lista ou conhece alguém, não é mesmo? Agora, pense bem: você realizou os seus desejos ou eles se perderam na correria do cotidiano? É por isso que preparamos esse post sobre como cumprir as resoluções de Ano Novo. 

resolução de ano novo

A proposta aqui é ajudar você a levar 2020 muito a sério e, assim, comemorar conquistas e mais conquistas. Ou seja, ano novo, vida nova de verdade. E, para isso, a dica de ouro é investir no hábito de leitura. Sabe por que? Porque os livros são ricos em informações e ensinamentos que podem ajudar você a dar uma reviravolta em sua vida.

Você pode estar pensando: mas por onde começar? Não se preocupe, porque a equipe 12min vasculhou a nossa biblioteca para selecionar as obras mais fascinantes e que lhe darão uma mãozinha rumo aos seus objetivos.

Ou seja, preparamos uma lista de livros reconhecidas pelo público, de autores renomados. São obras que já venderam milhões de exemplares pelo mundo afora e, com certeza, serão valiosas para você também.

Todos os livros selecionados estão no formato microbook e fazem parte da Playlist “Ano Novo, Novo Eu – Coloque suas resoluções de ano novo em prática”, que está disponível no app 12min.

Levando 2020 muito a sério

Habito de leitura

Todas as pessoas de sucesso apresentam algumas características comuns. Por exemplo, elas têm metas bem definidas e elas lêem muito – e leem de tudo. Você também pode lançar mão dessa receita e entrar para o time dos vencedores.

Ao fazer as suas resoluções de Ano Novo, você está indicando as mudanças que pretende implementar em sua vida e, ao mesmo tempo, apontando para onde quer seguir. A etapa seguinte é fazer acontecer. Ou seja, partir para a ação.

Os livros da playlist “Ano Novo, Novo Eu” serão seus fortes aliados nessa caminhada. Use-os a seu favor. Nós vamos falar um pouquinho sobre cada um deles, para que você tenha uma ideia da relevância dessas obras para todos nós, no nosso cotidiano.

Então, você está preparado para dar a largada rumo às suas metas? Vamos lá, conhecer os 8 livros que o ajudarão a cumprir as resoluções de ano novo 2020!

Resoluções de Ano Novo e Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker

livro Os Segredos da Mente Milionária

Provavelmente, você ouviu dos seus pais frase do tipo “dinheiro não nasce no fundo do quintal”. Se ouviu e concordou, provavelmente você se programou para ser pobre. Outros não aceitaram, rebelaram-se e foram atrás de acumular fortuna.

Esse é um dos exemplos que o autor do livro Os segredos da Mente Milionária usa para explicar porque algumas pessoas juntam dinheiro com facilidade e outras estão sempre no vermelho. T. Harv Eker garante que as causas estão no passado.

Segundo Eker, ser rico ou pobre não tem nada a ver com educação, inteligência, habilidades, hábitos ou carreira… O que faz a diferença é o modelo mental que usamos para pensar sobre dinheiro, que tem origem em nossas experiências de infância.

Esse modelo mental determina os nossos comportamentos e influencia na quantidade de dinheiro que conseguimos acumular ao longo da vida. E, segundo Eker, a pessoa dificilmente se desvia desses níveis automaticamente.

Isso significa que pobre está fadado a viver na pobreza para o resto da vida? Claro que não. A boa notícia é que as pessoas podem se reprogramar para avançarem de nível e se juntarem à galera do andar de cima. O caminho das pedras está no livro Os Segredos da Mente Milionária.

O livro começa abordando o condicionamento das pessoas em relação ao dinheiro – o nosso modelo mental. Em seguida, o autor apresenta relatos sobre como pessoas ricas pensam, agem e tocam a vida, que é exatamente o que devemos fazer, se quisermos acumlar riquezas.

Resoluções de Ano Novo e O Poder do Hábito, de Charles Duhigg

livro o poder do hábito

Você não vai usufruir do “Ano Novo, Novo Eu” se não mexer nos seus hábitos. E não caia na armadilha de pensar que tem o controle sobre a sua vida. Na verdade, na maior parte do tempo, você está apenas repetindo hábitos preestabelecidos.

Os seus hábitos ditam suas ações. Entendê-los é o primeiro e grande passo para tomar as rédeas do seu cotidiano, promovendo transformações significativas, seja no trabalho ou em sua vida pessoal.

No trabalho, os principais ganhos são na produtividade e, consequentemente, nos resultados.

De acordo com o autor, o nosso cérebro funciona como uma máquina e a todo instante busca maneiras de reduzir os esforços e automatizar as rotinas. Tudo isso para economizar energia.

O funcionamento de um hábito segue um fluxo de três etapas, que são:

  • Gatilho: alguma coisa que acontece e o cérebro entende como um chamado para entrar no modo automático e escolher qual a rotina usar;
  • Rotina: é uma ação física, emocional ou mental, que é automaticamente acionada pelo gatilho;
  • Recompensa: um estímulo positivo que ocorre e diz ao seu cérebro que aquela rotina funciona e por isso deve ser armazenada.

Se você quer ter o controle sobre você mesmo, é imprescindível entender como os gatilhos dos hábitos são acionados e como funcionam as recompensas. Ao desenvolver essa habilidade, você estará apto a alterar, adaptar e criar novas rotinas. Ou seja, você estará pronto para fazer valer as suas resoluções de Ano Novo.

Resoluções de Ano Novo e A Sutil Arte de Ligar o F*da-se, de Mark Manson

livro A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

Se você quer realmente melhorar a sua vida, aprenda a aceitar os seus limites e falhas. Afinal, nem todas as pessoas são excepcionais em tudo o que fazem. E o mais importante: não existe problema algum em não ser 100% perfeito.

Para o autor, ao assumir as suas imperfeições e medos, você encontra coragem e perseverança. E o que vale mesmo para todo mundo é descobrir o que realmente interessa e quais são os seus valores.

É claro que, de vez em quando, as coisa saem dos trilhos, mas você pode usar as falhas a seu favor. E, principalmente, não se sinta culpado, pelo contrário, orienta Manson, aprenda a se sentir confortável com essa situação.

Mas ele explica que não se trata de ficar “nem aí” para tudo e todos, levando uma vida apática. Não é nada disso. A recomendação é, em vez de ser indiferente, aprenda a se sentir bem com a diferença.

Em outras palavras, para seguir adiante com as suas resoluções de Ano Novo, pare de se importar com o que os outros pensam sobre a sua roupa ou a sua carreira, por exemplo, Defenda as suas escolhas frente às adversidades!

Para vencer a adversidade, você deve primeiro aprender a se importar com coisas maiores que a adversidade. Afinal, nós temos o controle sobre o que nos importa e é preciso escolher com o que queremos nos importar.

Em 2018, essa obra liderou o ranking do mercado editorial, na categoria de autoajuda, com 400 mil exemplares vendidos. E o livro se manteve no topo do pódio também no ano passado.

Resoluções de Ano Novo e O Milagre da Manhã, de Hal Elrod

livro O Milagre da Manhã

Felicidade, saúde, dinheiro, liberdade, sucesso, amor… Parece um sonho? O autor do livro O Milagre da Manhã, garante que você pode ter tudo sim. E suas conquistas não têm nada a ver com sorte.

Segundo Elrod, tornou-se um hábito para a maioria das pessoas contentar-se passivamente com o que a vida lhes oferece. Elas acreditam que ter uma vida mediana é aceitável e esperado.

No entanto, alerta, almejar o nível máximo de saúde, trabalho e relacionamentos deveria ser o desejo de todos nós. Ou seja, essa precisa ser a força que nos move a cada manhã.

Mas, na realidade, grande parte das pessoas (95%, segundo o autor) contenta-se com menos do que um dia sonhou. Por isso, elas sentem-se fisicamente exaustas, solitárias, deprimidas ou ansiosas.

Essas pessoas ganham menos do que gostariam, gastam mais do que deveriam e não conseguem manter as finanças e a vida em ordem.

Integrar o seleto grupo dos 5% restantes que maximizam o próprio potencial é uma escolha que só depende de você. Então, mãos à obra para comemorar o sucesso das suas resoluções de Ano Novo 2020.

Resoluções de Ano Novo e O Poder da Ação, de Paulo Vieira

livro O Poder da Ação - Paulo Vieira

Essa é uma leitura obrigatória para quem se sente acomodado ou vem culpando o azar, os contratempos e as outras pessoas por não ter chegado ao ponto que almeja. O livro O poder da Ação, destaca a importância do foco na autorresponsabilização por tudo o que acontece ao nosso redor.

Segundo Paulo Vieira, fomos criados para ter o que há de melhor no mundo. Para isso, foque no que realmente importa, olhe para frente e siga adiante. Afinal, é a capacidade de tomar as decisões corretas, de crer no nosso potencial, de realizá-las e de trabalhar intensamente até conquistar as metas é o que define a vida de todos nós.

E a principal intenção do livro O poder da Ação é levá-lo a provocar mudanças, para realizar aquilo que o move rumo aos seus objetivos, nesse caso, as suas resoluções de Ano Novo. E, para isso, o autor foge dos tradicionais conselhos e exemplos e parte para uma metodologia diferenciada, que estimula a ação.

Em síntese, se você ficar parado, vai assistir o tempo passar e ver as suas metas se distanciarem cada vez mais. Para evitar tudo isso, aprenda com o livro O Poder da Ação a tomar atitudes em prol do seu desenvolvimento.

Resoluções de Ano Novo e Seja Foda, de Caio Carneiro

livro Seja Foda

Nesse caso, FODA é um acrônimo com adjetivos que o autor considera indispensáveis para se ter sucesso. São eles:

  • Feliz;
  • Otimista;
  • Determinado e
  • Abundante.

Desenvolver essas características requer um tipo especial de inspiração e você deve estar disposto a sair do padrão, recusar as obviedades, superar expectativas, questionar as próprias crenças, sair da zona de conforto e fazer mais do que o necessário para chegar lá.

Deu para perceber, então, que você não será um FODA em 2020 se ficar de braços cruzados. O sucesso exige trabalho, iniciativa, persistência… exige visão e coragem para assumir riscos…

Você deve ter em mente que mudanças sempre vão existir em sua vida, seja no âmbito pessoal ou profissional. E elas são valiosas para o seu crescimento, mesmo quando as coisas parecem estar indo bem, ressalta Caio Carneiro.

Enfim, nessa obra, o autor – investidor e palestrante – aplica uma boa injeção de confiança e ânimo que vão ajudá-lo a  se focar em suas resoluções de Ano Novo e se tornar uma pessoa realmente FODA.

Resoluções de Ano Novo e O Poder da Autorresponsabilidade, de Paulo Vieira

livro O Poder da Autorresponsabilidade

Essa é mais uma obra do renomada autor Paulo Vieira que vai ajudar você a levar as suas resoluções de ano novo a sério. Aqui, ele nos convida a assumir o controle de tudo o que acontece em nossas vidas, lançando mão de uma ferramenta poderosíssima: a autorresponsabilidade. 

O autor garante que a autorresponsabilidade gera alta performance e resultados em pouco tempo. Mas isso não acontece em um passe de mágica. Pelo contrário, você precisa agir, e principalmente, agir de maneira certa.

Segundo ele, pessoas com muita inteligência emocional têm maior capacidade para realizar sonhos, sejam eles pessoais ou profissionais. Tendem a ser mais felizes, já que a felicidade exige maior controle emocional.

Mas todos nós podemos aprender a praticar a autorresponsabilidade. E para guiar o leitor, Paulo Vieira criou uma metodologia específica. Com ela, você poderá sair de um estado não satisfatório para uma vida de muito sucesso e abundância, aprendendo a calar-se em vez de criticar, dar sugestões em vez de reclamar, buscar a solução em vez de buscar culpados, fazer-se de vencedor em vez de vitimizar-se, aprender com os erros em vez de justificá-los e julgar atitudes sem julgar pessoas. 

Enfim, para o autor, o objetivo maior do ensino do controle da autorresponsabilidade é fazer com que todos possam descortinar suas fragilidades e ineficiências, tendo capacidade de assumir tudo o que é de sua alçada. Imperdível!

Resoluções de Ano Novo e Mindset, de Carol Dweck

livro Mindset

E, agora, vai uma última sugestão de leitura que deve ter lugar garantido na biblioteca de todas as pessoas que apostam nos livros como parceiros em suas resoluções de ano novo. A autora, que é professora de Psicologia, afirma que a sua atitude mental determina o seu sucesso em todas as áreas, inclusive, nos relacionamentos. 

A psicóloga explica como isso funciona na prática, de uma forma simples e didática. Assim, você vai entender a diferença entre as duas atitudes mentais – a fixa e a progressiva. Elas são mais decisivas para o sucesso do que as suas habilidades ou talento, segundo a autora.

Atitude mental fixa pode destruir você

Pessoas crescem e mudam todos os dias, mas uma pessoa com uma atitude mental fixa prefere acreditar que seus traços e talentos são fixos. Basicamente, ela pensa que não tem habilidade para promover mudanças. Como a perfeição é o objetivo da atitude mental fixa, elas tendem a se prender àquilo que já sabem para alcançar o sucesso

A atitude mental progressiva

Uma atitude mental progressiva pode fazer você mais feliz e capaz de controlar sua vida, alcançando o sucesso. Ela permite que as pessoas aceitem os fatos e se concentrem em como crescer, desenvolver e melhorar o seu “eu” constantemente. Ao contrário, uma atitude mental fixa faz com que elas foquem nas coisas negativas. 

Enfim,  escolher entre as duas atitudes mentais pode fazer toda a diferença em sua vida.

Ano Novo, Novo Eu

Agora, você tem em mãos a playlist com uma rica coleção de livros que vão guiá-lo rumo às suas resoluções de ano novo. Ou seja, autores renomados e experientes vão ajudá-lo a promover as transformações necessárias no seu próprio Eu, para mudar também a sua vida como um todo.

Mas as notícias boas não param por aqui. Baixe o App 12min em seu smartphone e ganhe um desconto de 44% em sua assinatura anual. E aí, gostou da novidade? Aproveite a oportunidade para explorar todos os títulos que lhe interessam e, assim, investir em seu desenvolvimento pessoal!

Resoluções de Ano Novo

Clique aqui para saber mais sobre o desconto de 44% que o 12min preparou para você!

E lembre-se: o 12min tem centenas de títulos de não-ficção, com novidades todas as semanas. Escolha os assuntos que mais lhe interessam e boa leitura! Os microbooks do 12min estão disponíveis para leitura nos nossos aplicativos móveis para iPhone/Android e envio em PDF/EPUB/MOBI para o Amazon Kindle.

Boa leitura e ótimos aprendizados!

Se você curtiu as nossas dicas de leitura para cumprir as suas resoluções de ano novo, deixe aqui os seus comentários. E, se você tiver outras sugestões valiosas, que possam enriquecer a nossa lista, compartilhe-as conosco! 

Enfim, se essas informações foram relevantes para você, certamente serão importantes para os seus amigos também. Então, compartilhe esse post em sua rede social!